Pesquisar

30 de mai de 2012

Por que só as magras vestem trapos e se tornam divinas?


O mundo é das magras, pois qualquer pano lhes cai bem e até pano nenhum. Estão aí as publicações a provar que a redondura das lentes prefere a longilinidade da magreza. O mercado não quer carnes, nem mentes e muito menos prima pela consistência de caráter. Não, ele quer roupas diáfanas e esvoaçantes que caiam do jeito próprio aos cabides.

O nosso próprio olhar se anexorizou quando se trata de ver através das lentes fotográficas. Não admitimos mais recheios e curvaturas e nos acalmamos com a suave angulosidade impúbere. Será que as nossas musas têm que se resumir a adolescentes franzinas que não podem jamais sonhar em chegar a mulherão?
Só sei que mulheres cheinhas curvilíneas fotografam mal e têm corpos que não favorecem o esvoaçamento das roupas. Pois, afinal, os estilistas detestam enxergar qualquer densidade em baixo das suas roupas e nós, por tabela, terminamos vendo o mundo através dos olhos deles.

Está certo, na parte do mundo em que se come – e se come muito – a palavra de ordem é emagrecimento, é cuidar da dieta, se bem que mais da metade das mulheres está enchendo os pandulhos nas praças de alimentação e nas steak houses, ou seja, entumecendo uma bruta densidade por debaixo das roupas, que longe de esvoaçantes, se parecem sacos.

Por isso o nosso imaginário não tem pudor em cortejar Auschwitz, enquanto as mulheres reais viram tribufus rotundos, em consequência da comilança insaciável deflagrada pela geração fast-food, nossos olhares se comprazem com as figuras ossudas das revistas, que nos mostram um mundo quimérico habitado por mulheres-cabide que renunciam aos excessos gastronômicos por um pé de alface. Quando vejo a beleza desses panos ao vento, confesso que cofio as minhas dúvidas...

28 de mai de 2012

Como conquistar as mulheres e ganhá-las para os mais diversos fins


Conhecer as mulheres é possuir o mapa da mina, pois além de adquirirmos o poder de adentrar aos seus corações, as chaves desse conhecimento abrem outras portas, tais como a da existência tranquila, do conforto, das oportunidades, etc. Pois, nascemos e mamamos numa, somos criados por mulheres, aprendemos com mulheres, nos tornamos um só corpo e carne (completitude) com uma mulher e possivelmente (desejável) morreremos nos braços de uma.

Indubitavelmente, tão pacífico quanto as mulheres não terem saco, é a ação de conquistá-las não ter uma conotação exclusivamente sexual, pois dependemos umbilicalmente dos seus favores para a nossa manutenção, desde as coisas mais comezinhas (cama, mesa e banho), até o lançamento das bases daquilo que se costuma chamar de “homem de sucesso”.

Então, indo direto ao ponto G, a posse da chave da arca do tesouro se baseia em 3 pilares:
- atenção: desenvolver este poder é condição sine qua non para exercer a próxima aptidão. No caso específico dos relacionamentos, a falta de atenção é uma das maiores causas de separação, quando o homem, demasiadamente preocupado com assuntos mundanos, deixa a vida levar como se contrato do amor não precisasse ser selado todos os dias.
Nas outras circunstâncias, perceber como a mulher que nos afeta de alguma maneira se veste, penteia os cabelos, o padrão das unhas, e inúmeros outros detalhes para nós sordidamente insignificantes, pode ser essencial para ganhar a confiança, conquistar alianças e fazer a diferença no mundo cão que vivemos.

- elogio: dominar a técnica do elogio pode ser considerada a magnus opus da arte da galanteria e não só dela, pois presumo que você não queira arrastar a sua pobre faxineira sessentona, que já teve 7 filhos, para a cama - mas, deseja ser muito bem tratado por ela. 
Entretanto, como as mulheres não são burras quando no tocante ao assunto da bajulação barata, você já deverá ter no seu background a arte da atenção, para entender que o elogio deve ser verdadeiro, simples e sincero, ou seja, uma arte que jamais será aprendido pelos babacas (esperamos que você não seja um).

- aceitação: aceitar as mulheres como elas são, com suas imperfeições anatômicas, sua futilidade, seus problemas com a idade e a sua colossal insegurança é uma tarefa reservada aos mestres! 
Se é certo dizer que os homens são como diamantes brutos, que ao longo do tempo são polidos por zelosas mãos femininas, também é válido afirmar que os homens são responsáveis pelo estofo que as mantém firmes aparando as vicissitudes da vida. Parece uma inversão de valores, mas não é, pois tudo aquilo em que os homens se transformam (para o bem e para o mal) é fruto verdadeiramente da intensa cooperação de inúmeras mulheres, cuja força criadora foi despertada pelo exercício da virtude da aceitação.

Posso falar a mesma coisa ao inverso; os andarilhos e bêbados, almas penadas e abandonadas que perambulam sem rumo pelas cidades e estradas, certamente lá foram jogados sob os auspícios da desistência feminina... pois a sorte que não lhes sorri se consubstancia numa mulher ou mulheres que lhes fecharam definitivamente as portas.

21 de mai de 2012

Método para acabar com o vício da masturbação


Os padecedores de compulsão masturbatória ganham um novo aliado na forma de conselhos práticos publicados aqui no Blogpaedia pelo leitor Reinaldo Alencar de Vasconcellos através do comentário aposto ao artigo:

Apesar de gente que vê no hábito solitário um fato normal e inofensivo, outro contingente de pessoas sentem na pele os efeitos nefastos da compulsividade sob a forma da progressiva perda das faculdades essenciais garantidoras da qualidade de vida. Pelos desabafos desesperados recebidos aqui no blogue, podemos perceber o quanto o assunto é sério, mas, infelizmente, numa sociedade dominada pela ideologia pornográfica, pouca importância se dá aos malefícios da auto-estimulação erótica, que é vista com bons olhos e até é incentivada.

Portanto, vamos à contribuição do leitor, cuja lógica simples e objetiva se justifica por ser resultante, provavelmente, da própria experiência:

“Tentarei ajudá-los. Como o assunto é complexo, tentarei ser o mais objetivo possível. Para que o tratamento seja eficaz é de suma importância seguir ao pé da letra as recomendações.
1) Tome uma decisão! Quer parar de se masturbar? Então pare!

2) A nossa mente se condiciona através da DOR e do prazer. Diante destes dois sentimentos, o cérebro cria uma ramificação neural que irá te lembrar de tudo o que você deve fazer para evitar a dor e obter o prazer.

Então o que devemos fazer é justamente dissipar esta ramificação neural que você considera negativo e substituí-la por outra ramificação de caráter positivo para a sua saúde. Como se faz isso? Bom, pelos relatos publicados no post, percebe-se que já existe muita dor no ato da masturbação como perda da força física, relacionamentos acabados, baixo desempenho profissional, baixa autoestima etc.

Assim, você sabe exatamente por que deve parar. Então toda vez que lhe der uma vontade de se masturbar imagine-se a sua mão no órgão sexual e com a força da vontade faça esta imagem mental desaparecer gradualmente. Veja-a ficando transparente, depois translúcida, até sumir por completo. Perceba que a sua vontade de se masturbar irá desaparecer. ESTE MOMENTO É MUITO IMPORTANTE. É AQUI QUE VOCÊ DEVERÁ SUBSTITUIR ESTA SUA VONTADE POR OUTRA.

Quando a imagem desaparecer por completo, preencha com outra imagem de você mesmo sorrindo por ter o controle dos seus sentimentos e emoções. Veja você nesta imagem com mais autoestima conversando com mulheres, ou com homens, como eles realmente são: seres humanos. Depois se olhe no espelho e diga para si mesmo que está no controle e saia para tomar um ar, ver os amigos, conversar, ir ao cinema, sei lá, invente!

O objetivo é mudar sua rotina para esquecer a vontade, afinal saiba que a vontade dá e passa e, na medida em que vamos controlando este caminho neural criado pelo seu cérebro, ele vai se atrofiando e você vai perdendo aquela vontade antiga.

AGORA LEMBRE-SE: É DE SUMA IMPORTÂNCIA EVITAR QUALQUER ATIVIDADE QUE REFORCE O HÁBITO ANTIGO: Se for tomar banho seja RÁPIDO! No máximo 2 minutos. Se for possível, evite usar o computador por uma semana. Quando for sair e conversar com alguém, evite ficar olhando as partes intimas do sexo oposto, ou do mesmo sexo. FORÇA! VOCÊ CONSEGUE!”

O autor afirma que pode compartilhar mais dicas, que poderá passá-las diretamente através do email divulgado no seu comentário publicado no dia 22/01/2012.

14 de mai de 2012

7 maneiras simples de se livrar dos seus amigos chatos do Facebook


O Facebook é a maior Rede Social do planeta e já se tornou disparadamente a rede preferencial do internauta brasileiro. Devido a essa incrível audiência, é necessário tomar algumas precauções para driblar problemas de privacidade, bicões inconvenientes, stalkers, ex-namorados(as), ex-colegas, ex-amigos, excesso de poluição no mural, conteúdo pornográfico, racista, violência ou escatológico, etc.

1) Bloquear aplicativos
Sabe aqueles amigos chatos que publicam tudo através do aplicativo do Twitter?
Sabe aqueles amigos chatos que enviam convites de jogos, calendário, aplicativos de aniversário, “escolha a melhor foto”?
Isto soa quase como uma volta dos mortos vivos do Orkut com suas GIFs animadas cheias de estrelinhas piscando. Porém, você não precisa se preocupar mais com as pessoas que assinam mil aplicativos e enchem as suas notificações de convites automatizados.
Basta acessar “Aplicativos e jogos” na lateral da página principal do Facebook e apertar no “X” de cada convite e escolher “Bloquear aplicativo tal”. Pronto, você nunca mais será incomodado, pelo menos por mensagem daquele aplicativo.

2) Conhecidos
Sabe aqueles amigos viciados em Facebook que atualizam centenas de vezes por dia o seu mural? Digamos que você não quer desfazer a amizade, mas não quer continuar recebendo aquela enxurrada de coisas inúteis. Então, basta cadastrar o amigo na lista “Conhecidos” e pronto! O Facebook selecionará automaticamente somente as atualizações mais importantes para publicar no seu mural.

3) Restritos
Há um tipo de amigo que configura o disparo automático de notificações para TODOS os amigos no momento em que ele publica qualquer coisa. Tive um caso assim que foi bastante desgastante, pois os números de notificações em vermelho se referiam quase todos às publicações desse chato. A solução foi cadastrá-lo na lista de amigos “Restritos”. A partir de então estancaram as notificações incomodativas. Como consequência, quando você inclui um amigo na lista “Restritos”, ele passa a ter acesso somente às suas atualizações públicas.
Para colocar um amigo na lista "Restritos" basta entrar no perfil dele, posicionar o cursor do mouse em cima do botão "Amigos", apertar em "Mostrar todas as listas" e escolher "Restritos" no final da janela.

4) Denúncia
Eventualmente alguns amigos se passam na jogada e publicam conteúdo impróprio para menores de 18 anos. Sabendo que o Facebook aceita usuários a partir de 13 anos (e sabendo-se que a rede está cheia de crianças) é conveniente denunciar fotos que extrapolem os limites do que possa ser visto por crianças. Neste particular, o Facebook mantém um controle bastante efetivo sobre as publicações, tanto que tem deletado sistematicamente todas as imagens picantes e ofensiva para menores que são denunciadas pelos próprios usuários.
Às vezes, em face ao volume de denúncias, os perfis de alguns usuários são suspensos e em alguns casos, excluídos definitivamente.
Para denunciar, aperte na flecha no lado direito da publicação e escolha "Denunciar história ou SPAM". Depois disso, aparece no lugar da mensagem os dizeres "Esta história foi marcada como SPAM" e abaixo o link "Se esta história for ofensiva, denuncie". Aperte no link "denuncie" e escolha um dos motivos. Depois de apertar no botão "Continuar", serão oferecidas várias opções. A melhor é apertar somente na última: "Denunciar ao Facebook", se você não quer excluir notificar o autor, ou excluí-lo, ou bloqueá-lo.

5) Cancelamento da assinatura
Eventualmente, se você não quer mais acompanhar as publicações de determinada pessoa, mas também não quer excluí-la da sua lista de amigos, há a opção de cancelar a assinatura.
Para tanto, aperte na flechinha esquerda em qualquer publicação da pessoa no seu perfil e escolha uma das duas últimas opções da janela:
- “Cancelar a assinatura de Fulano de Tal”;
- “Cancelar assinatura de atualizações de status de Fulano de Tal”.

6) Exclusão
Quando você que não quer mais uma pessoa ou empresa na sua lista de amigos, basta excluir a amizade. Para tanto, você deve entrar no perfil da pessoa e posicionar o mouse no botão “Amigos”. Quando aparece a janela, você clica em “Desfazer amizade”. Neste caso, se a pessoa entrar o seu perfil, ainda poderá ler as suas atualizações públicas.

7) Bloqueio
A simples exclusão tem um porém, pois no caso de EX que você não quer nem que acompanhe as suas publicações, a solução mais drástica é bloquear o ex-amigo. Depois disso, ele não poderá entrar no seu perfil usando o perfil bloqueado. Contudo, se ele usar o perfil de uma outra pessoa ou um fake, ainda poderá continuar a fuçar nas suas publicações.
Se ele entrar no Facebook como anônimo (sem perfil cadastrado), mesmo assim poderá ler as suas atualizações definidas com o status “público”.

Dica final: cheque imediatamente o status das publicações de marcações feitas por amigos.
De uma hora para outra você pode ser marcado em numa fria:
- numa imagem, que apesar de inocente, nada tem a ver com a sua pessoa;
- numa imagem que você detesta, gordo(a), numa situação embaraçosa, bêbado(a), flagrante vergonhoso, situação íntima, etc.;
- numa foto pornográfica;
- numa imagem de conteúdo racista, nazista, ou ofensora de minorias;
- num SPAM;
- numa imagem escatológica, tortura, pessoas ou animais trucidados, etc.

Infelizmente, a configuração padrão do Facebook para as marcações é deixá-las livres. Ou seja, qualquer amigo seu pode marcá-lo numa foto, o que significa que todos os amigos deles verão aquilo, assim como todos os seus amigos, amigos dos amigos e assim por diante.

A solução para estancar essa possibilidade é bastante simples. Basta ir no painel do Facebook em “Configurações de privacidade” e entrar em “Linha do tempo e marcações”. Mude para “Ativado” o status dos seguintes itens:
- “Analisar publicações em que você foi marcado antes de serem exibidas na sua linha do tempo”;
- “Analisar marcações feitas por seus amigos em suas próprias publicações no Facebook”.

Dessa maneira, daí para frente todas as marcações que alguém fizer na sua linha de tempo, ou no próprio perfil do amigo citando o seu nome deverão ser submetidas à sua prévia aprovação.

4 de mai de 2012

O pior alimento do mundo, a gordura vegetal solidificada, e como ela arrasa a saúde


Os motivos da obesidade são de notório conhecimento público, que vão desde os maus hábitos alimentares ao sedentarismo.

Por isso, não precisando me ater aqui a questões óbvias, posso me concentrar num ingrediente alimentar matador, que de ação tão sutil que passa desapercebido