Pesquisar

27 de fev de 2013

Dica definitiva de saúde: conseguir contrair a barriga

por
Desde que foi comprovado cientificamente que é preferível ser magro a ser gordo e sabedores de que deixamos de enfrentar a escassez crônica que tanto aterrorizou os nossos ancestrais, milhares de dietas de emagrecimento tem sido escritas, paparicadas, seguidas e abandonadas sem a menor cerimônia.

Na sanha da perda de peso tenho visto muita gente conseguir emagrecimentos espetaculares com um porém, sem perder totalmente a famigerada barriguinha herança de outros carnavais. Tal fato leva a crer que, assim como não se vê amiúde ex-gordo, um ex-barrigudo é estatisticamente mais improvável.

Explico; a "memória" da gordura só pode ser perdida depois de 5 anos de esforços continuados, quesito olimpicamente desprezado pelos comilões. Então, o único sinal facilmente mensurável de alguém que triunfou no processo de redução de peso é a reconquista da sua capacidade de encolher a barriga e torna-la negativa através da contração dos músculos abdominais.

E a habilidade de contenção das vísceras é uma das funções mais nobres na vida das pessoas, considerando que somos um organismo vivo construído e evoluído ao redor do tubo digestivo. A retomada do nosso direito de encolher significa que voltamos a controlar efetivamente as nossas vísceras, um sinal inequívoco de saúde saudado por todos os médicos.

Concluindo, mais importante do que você faz para reduzir o peso, a continuidade de propósitos é a grande responsável pelo sucesso da empreitada, que deve resultar necessariamente na restauração da capacidade contrativa do abdômen.

25 de fev de 2013

O que um Blu-Ray Player deve ter para tocar filmes baixados da internet?

Escolher uma marca/modelo de BD-Player não chega a ser uma tarefa fácil pois nenhum projeto reúne o melhor dos mundos num único aparelho. Logo, você encontrará ao lado de recursos interessantes, deficiências irritantes. Assim, a melhor coisa a fazer é se informar bastante sobre o equipamento desejado e verificar previamente se ele realmente atende às suas necessidades, que aqui não serão todas discutidas, só a questão da tocabilidade de arquivos baixados.


1) BD-Player ou Media Player?
Se a sua onda é somente tocar arquivos digitais e não discos, cogite comprar um Media Player, que é um dispositivo destinado a tocar exclusivamente arquivos digitais, tanto locais quanto em rede. Só certifique-se que o modelo escolhido não tem o CINAVIA (veja o item 7). O problema dos boxes de media player em relação aos BD-Players é o preço, mais ainda os modelos equipados com HD interno.

2) Consulte o seu clube
Antes de se decidir por um modelo, acesse o HTFORUM e consulte o clube específico da marca/modelo pretendido. Aposto que se fizer isso, você reduzirá as chances de comprar um aparelho errado.

3) Formatos de vídeo e áudio aceitos
A maioria dos vídeos disponíveis nos sistemas de compartilhamento de arquivos vem com terminação MKV, que significa Matroska. No entanto, esse formato apenas o envelopa o conjunto de trilhas de vídeo, áudio, legenda, etc. O encoder mais usado atualmente é o AVCHD. Por isso aparece nos nomes dos arquivos a sigla (x264). Arquivos mais antigos usam o codec XVID e os mais antigos ainda o DivX.
É recomendável que você confira os formatos de áudio que o BD-Player aceita: DTS-HD, AC3, AAC, etc.
Mesmo que o seu BD-Player não aceite um determinado formato de áudio, é possível extraí-lo, convertê-lo e reenvelopá-lo com o programa MKVMERGE.
De toda a maneira, por causa dessa sopa de letrinhas é importante que você consulte o seu clube antes de comprar um equipamento que não atenderá às suas necessidades.

4) Aceita Legendas separadas ou embutidas?
O bom mesmo é você tentar saber antecipadamente com que tipos de legendas o aparelho desejado trabalha. O melhor dos mundos é que o aparelho aceite legendas separadas. Se não aceitar, é possível integrá-las num único arquivo através do programa MKVMERGE (no caso de arquivos matroska).

5) Entrada USB e de cartão de memória
Mais importante do que os tipos de mídias aceitos, é saber se o BD-Player aceita partições estendidas tais como extFAT ou NTFS (a maioria dos BDP Sony só aceitam FAT32 por razões de proteção contra cópia). Para fins de compatibilidade, é melhor trabalhar com NTFS. Este tipo de partição permite a gravação no dispositivo de arquivos maiores do que 4 Gb, ou seja, se o se BD-Player só aceita FAT32, então não poderá rodar vídeos de alta definição.
A solução para rodar filmes grandes em pendrive com FAT32 é desmembrar o arquivo em várias partes através de um programa de SPLIT.

6) Suporta HD externo?
Muitos modelos de BD-Players básicos não fornecem energia suficiente para acionar um HD-portable pela porta USB. A solução é usar um pendrive com 16 Gb ou maior, ou uma fonte externa para alimentar o HD.

7) Tem a proteção contra cópias CINAVIA habilitada?
O CINAVIA é uma nova forma de proteção contra pirataria inventada pela poderosa indústria do entretenimento que grava uma espécie de marca d'água inaudível nas trilhas de áudio. Assim, os equipamentos que reconhecem esse sinal, suspendem depois de alguns minutos a execução do vídeo pirateado e exibem uma mensagem de conteúdo não autorizado.
Atenção: alguns modelos antigos de BD-Ps lançados no mercado (antes de 2012), quando submetidos a upgrade de firmware têm o CINAVA habilitado. É impossível em muitos equipamentos a realização de downgrade de firmware (retorno à versão anterior).

21 de fev de 2013

A quem denunciar os falsos Likes dados em seu nome no Facebook?

por
Fatos recorrentes que irritam os usuários do Facebook:
- Você já se viu curtindo a página de um político que você detesta?
Este fato aconteceu com a minha esposa e com militantes da campanha de Obama, que se viram involuntariamente curtindo a página do adversário republicano Mitt Romney;

- seus amigos e parentes mortos com perfil no Facebook continuam enviando lhe enviando recomendações e curtindo páginas, supostamente atuando do "além"? Embaraçosamente isso acontece sim, e os usuários prejudicados ficam "xingando muito no Twitter";

- frequentemente me vejo curtindo páginas que jamais curtiria, aliás, normalmente são páginas de fotinhos engraçadas, memes, menes e mais memes;

- eventualmente, me vejo assinando perfis completamente despropositais aos meus interesses.

Como o Facebook explica?
O Facebook se defende dizendo que são as pessoas que saem apertando botões por aí sem medir as consequências e acabam curtindo coisas que não queriam curtir. Ou seja, a rede social toma os usuários indistintamente como débeis mentais. Como eles explicam a "fala" dos mortos"?

A quem denunciar? Só se for ao Papa...
Como não dá para denunciar o Facebook contra ele mesmo, eu me resigno a esquadrinhar regularmente a minha timeline para descobrir coisas estranhas tais como páginas que nunca curti e pessoas que nunca seguiria em sã consciência. Quando descubro uma atualização estranha no ninho, desfaço na hora a pegadinha.

Para você não pensar que é uma voz que clama sozinha no deserto, dê uma olhada nesses links abaixo de artigos que abordam os problemas que começaram depois que o Facebook decidiu dar um tom agressivo aos seus negócios, afinal pensam eles, se você concorda em usar um serviço gratuito, não vai se importar muito se a sua conta for um pouco animada por manifestações fantasmas em seu nome.

20 de fev de 2013

Travestização feminina finaliza o ideal grego do corpo perfeito

por
Num dia desses, eu e minha mulher atravessávamos o centro de carro e avistamos uma loira de parar o trânsito caminhando bamboleando toda bombada. Logo falei que "ela" tinha um "abacaxi" entre as pernas, entretanto, minha esposa entendeu que eu me referia aos músculos hipertrofiados que a obrigavam a andar de pernas abertas, crente que contemplava uma criatura originada das costelas de Adão.
- Não, minha querida, ela não é bem "ela" porque tem até um fio de cavanhaque.
Então a querida retrucou:
- É que agora as mulheres do carnaval estão exatamente assim, bombadas e siliconadas, impossíveis de distinguir dos seus ancestrais travestis.

Então meu bem a conclusão é que, se por um lado ao longo dos anos os travestis gastaram fortunas para parecerem mulheres, as mulheres hoje investem mundos e fundos para se tornarem cada vez mais parecidas com travestis.

Destarte, a moça saudável da foto, por mais condizente que seja com o ideal grego, jamais seria convidada para o posto de rainha de bateria de escola de samba.

Não me interessa o destino das rainhas de bateria, mas interessa muitíssimo o rumo da espécie humana, que está trilhando a passos largos o caminho da inversão sexual. Será que algum profeta predisse que nos tempos do fim as mulheres se masculinizariam e os homens pareceriam cada vez mais com mulheres (depilados, meigos e pilotando cuecas justíssimas que mais parecem calcinhas)?

Quando o estado da arte estético somente é alcançável via operações plásticas, próteses, anabolizantes e anfetaminas e horas intermináveis de maromba, conclui-se que a energia sexual das pessoas está no ponto de esgotamento, quando a tendência à inversão se transforma em imperativo categórico.

8 de fev de 2013

O desgosto de Darwin pela degradação humana dos escravos no Brasil.

por
Escravo com máscara, Debret - 1835

 A viagem do Beagle prevista para durar 2 anos levou 4 anos e 9 meses para ser concluída, desse tempo 19 dias foram passados na Bahia e 3 meses no Rio de Janeiro, onde Darwin teve um contato mais direto com a escravidão negra, no trajeto de ida. Posteriormente, na volta para Inglaterra o Beagle voltou à Bahia no dia 1º de agosto de 1836, onde ficou por seis dias, partindo daí com destino a Cabo Verde, mas teve ainda que permanecer no Recife entre os dias 12 e 19 de agosto, em função de ventos contrários.

Foi no Recife que ouviu os gritos de um escravo sendo trucidado e expressou seu desejo de nunca mais voltar a esta terra de escravos.

 Influenciado por seu avô Erasmus Darwin que era partidário da Society for Effecting the Abolition of the Slave Trade, ou seja um abolicionista, Charles Darwin expressa seu profundo desgosto pelos maus tratos infligidos por alguns escravagistas aos seus escravos, levando-os a “suportar degradação mais aviltante que a da escravidão do mais indefenso animal”.

 Para ler o texto completo acesse o Teliga.net

Acredita nas revoluções de teclado do Facebook?

Em tempos de Redes Sociais e manifestações desbragadas, as pessoas, pressupondo que detém o poder de Grayskull, se insurgem, protestam, xingam, tentando provocar tsunamis, quando no mundo real não chegam a levantar marolas. Então, as revoluções nos teclados acontecem todos os dias – antes revolucionávamos o mundo na lábia duma mesa de bar, hoje nas telas dos dispositivos comunicacionais – se essa lengalenga rende boa diversão, melhor ainda, porque de coisas práticas temos visto quase nada.

Feicebuquianos acreditam que podem promover o impeachment do presidente do Congresso Nacional V.Exa. Renan Calheiros pela via de assinaturas virtuais.
NOTA1: só alienados conseguem acreditar que um senador da república legitimamente eleito irá perder o seu cargo ou mandato só porque alguns cidadãos voluntariosos assinam uma petição para tanto. Convenhamos, enquanto não houver o devido processo, com acusações, defesa, prazos, e julgamento não será um "assinaço" que irá derrubar um dos líderes dos 3 poderes, pois de outra forma isso não seria democracia, mas democratismo – quando o "não vou com a tua cara" serve para deflagrar um impeachment.
NOTA2: a maneira mais prática de derrubar políticos é não votar neles.

Feicebuquianos, que costumam se declarar ateus, questionam onde Deus estava na tragédia da boate Kiss de Santa Maria.
NOTA1: Deus esteve onde sempre esteve, julgando os pecados dos homens. Ademais, recuso-me a entrar em discussões sobre Deus.
NOTA2: Só falta os haters de Deus promoverem um assinaço contra o bom velhinho.

Feicebuquianos odeiam Silas Malafaia e seguem os "ensinamentos" do deputado ex-BBB Jean Willys.
NOTA1: não posso esquecer de deletar esse tipo de panfletagem.
NOTA2: tomar o Willys como referência chega a ser surrealista.

Feicebuquianos odeiam a lei da "moral e dos bons costumes" de autoria da também odiada deputada Miriam Rios e sancionada pelo governo fluminense.
NOTA: não consigo entender porque as pessoas rechaçam a moral e os bons costumes.

Feicebuquianos defendem incondicionalmente os animais domésticos, mesmo que uma espécie deles já represente um dos grandes desastres ecológicos dos EUA. Idem na Austrália, onde os gatos domésticos se tornaram selvagens e estão devastando a fauna nativa.
NOTA: sinceramente, eu gostaria que houvesse um filtro que banisse da minha timeline todas as atualizações concernentes à faceanimalmania.

Feicebuquianos odeiam tanto o Lula, que 1.800 deles confirmaram participação num protesto, mas tão somente 20 gatos pingados e encabulados apareceram.
NOTA: o molusco só não ganhou o prêmio Nobel porque somos um povo mesquinho que joga contra os nossos notáveis. E olha que há poucos exemplos no mundo de estadistas que tiraram milhões de pessoas da linha da miséria. Não sou fã deste fanfarrão, mas pensando friamente, reconheço que ele foi merecedor do Nobel da Paz. Enquanto isso, os feicebuquianos agendam manifestações de brinquedo contra o maior fenômeno político da história desse país.