Pesquisar

25 de jan de 2013

Inseguranças da "segurança" das películas automotivas

por
Quando trafegamos nas ruas sentimos que somos uma verdadeira mosca branca, isso porque o nosso carro jamais recebeu o batismo das famigeradas películas escurecedoras de vidros e não pretendemos jamais adotar essa modinha.

Contrariando o senso comum, já reverberei contra os inseguríssimos alarmes de carro e agora assumo mais essa polêmica na tentativa de demonstrar que nem sempre o que todo mundo prefere traz os melhores benefícios.

Ouço os argumentos de quem adora andar nas ruas no escurinho, mas agora vamos aos meus:
- dirigir à noite, no lusco-fusco ou em dias nublados é um verdadeiro porre, você praticamente perde a sua visão lateral e traseira, se é que você não é um daqueles idiotas que colocam película também no vidro dianteiro;

- se você esquecer a sua criança no carro, NINGUÉM passando nas redondezas descobrirá que algo de muito mal está se passando no interior daquele veículo. Por causa das malditas películas, vemos na imprensa casos de crianças esquecidas dentro de carros que morrem por asfixia, queimadura e desidratação;

- quando você sofre um sequestro relâmpago, o seu maior desejo no momento é que as pessoas olhem para dentro do seu carro e percebam que algo vai muito mal... se é que você não tapou os vidros do seu carro com os insidiosos insulfim negros como uma noite de lua nova. Nesse caso, diga adeus a qualquer ajuda externa e reze para que os bandidos sejam "bonzinhos";

- saiba que a sua visão lateral estará irremediavelmente comprometida pelas películas, portanto, é como alguém transformasse propositalmente o próprio veículo em tanque de guerra;

- a transparência natural dos vidros automotivos não chega a ser grande coisa. Se em cima disso você ainda cola um plástico com péssimas propriedades óticas, o resultado fica realmente terrível. Daqui a pouco, o Brasil terá que começar a liberar habilitações para cegos, que é o que estamos nos convertendo.

Se essas argumentações não lhe tocaram, desde as criancinhas mortas à cegueira voluntária, então você um daqueles motoristas que não querem de jeito nenhum que olhos indiscretos vasculhem o interior do seu veículo para que não descubram que você está falando no celular, enviando mensagens de texto, bebendo álcool, sem as mãos na direção e outras atitudes condenáveis. Então, realmente as películas foram criadas sob medida para a bandidagem da sua laia, porque essa mania começou entre os gangsters que não queriam ser incomodados pela polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário