Pesquisar

14 de jan de 2015

Meus resultados milagrosos da dieta sem glúten



Em agosto de 2013 decidi eliminar o glúten da alimentação principalmente devido aos gases que me ocorriam o dia inteiro e à barriga permanentemente inchada.

Depois de mais de um ano de abstenção praticamente total de glúten, já posso relatar os milagres operados e a certeza de não querer jamais voltar a comer esta proteína perniciosa.

1 – Inchaço e dor nas pernas
A grande unanimidade das boas experiências manifestadas pelos adeptos da alimentação livre de glúten é a resolução dos problemas de inchaços em diversas partes do corpo. Eu tinha a perna direita permanentemente inchada e eventualmente sentia dor por dentro, tipo latejamento. Tudo isso sumiu!

2- Gases, flatulência
Quem tem problemas de gases, certamente manifesta sintomas de digestão incompleta, ou seja, os alimentos entram em estado de putrefação por permanecerem nos intestinos parcialmente digeridos. Hoje me considero livre deste grave problema.

3 – Pneus
Sabe aquelas gorduras localizadas que nenhuma dieta tira e muito menos exercício físico? A privação do glúten acaba terminando com elas no longo prazo, sem ter que se submeter aos riscos da lipoaspiração.

4 – Mau cheiro corporal
O meu consumo de desodorante desabou porque o meu corpo não dá mais tanto alimento às bactérias oportunistas que se alojam nas axilas e outros recônditos anatômicos tipicamente produtores de maus odores.

5 – Caspas
Antigamente, na hora de aparar a barba eu normalmente arrancava cascões de caspa do queixo, além da “chuva” de caspas que despencava cada vez que agitava os cabelos. Hoje me declaro livre dessa praga.

6 – Pigarro
Pode parecer uma coisa sem importância, mas o pigarro frequente é um fenômeno que diminui a qualidade de vida. A abstenção de glúten diminui drasticamente a produção de muco, logo, o pigarro vai pro espaço!

7 – Inchaço na barriga
Há anos que mantemos uma alimentação saudável, com produtos integrais e de preferência orgânicos. No entanto, nada disso diminuía a minha barriga inchada. Depois de muitos anos fui compreender que não adianta só comer pão integral se ele tem o maldito glúten. Hoje perdi a protuberância na barriga.

8 – Manchas na pele
Os principais efeitos benéficos da eliminação do glúten são sobre a pele. A minha esposa constatou melhoras impressionantes na questão das manchas que lhe atordoavam.

9 – Pele cascurrenta
Minha esposa gastava rios de dinheiro em cremes hidratantes para combater a secura das pernas e a escamação constante, contudo, com resultados pífios. Atualmente a abstenção do glúten tanto potencializa os efeitos dos hidratantes, quanto reduz a necessidade de usá-los.

10 – Queda de cabelo
Logicamente que o efeito colateral da eliminação da seborreia é a redução da queda de cabelo.

11 – Qualidade do sono
Dorme melhor quem tem menos pigarro, vias aéreas menos ressequidas, barriga sem inchaço e sem flatulências.

12 – Inflamação nos cílios
Este sempre foi o meu problema particular, é uma coisa terrível pois acarreta também secura dos olhos. Certamente que isso foi resolvido, já que a eliminação do glúten traz consigo a cura para vários processos inflamatórios crônicos.

13 – Alergias
Impressiona o efeito da falta do glúten nos problemas alergênicos! Minha esposa se queixava constantemente da ocorrência de “bolotas” de coceira que apareciam em várias partes do corpo. Naturalmente, tais coceiras têm a ver com processos alérgicos, que são sanados com a simples interrupção de ingestão de glúten.

14 – Alterações de humor
Relatos na internet dão conta da diminuição ou cessação de sintomas de depressão quando o paciente se abstém do glúten. No meu caso, tais benefícios não foram só notórios, quanto milagrosos!

15 – Perda de peso
Há pessoas que só engordam com glúten, são as que desenvolvem (pela ação dessa proteína assassina) permeabilidade nos intestinos, enquanto outras só emagrecem, porque o glúten causa impermeabilidade que as impede de absorver os nutrientes dos alimentos.
Na qualidade de portador de permeabilidade intestinal, notei neste ano e meio sem glúten que os meus esforços para reduzir e me manter perto do peso ideal ficaram muito menores.

2 comentários: