Pesquisar

3 de mar de 2015

Celular é risco de vida! A ostentação que sai caro!


Não falaremos aqui dos ainda não devidamente comprovados prejuízos a saúde causados pelas radiações eletromagnéticas, nem da obsessão ou dependência psicológica que já se tornou vício. Falaremos dos riscos representados por portar publicamente um objeto de cobiça, que chega a custar mais de quatro mil reais!

Ninguém em sã consciência sai na rua exibindo joias e relógios caríssimos, no entanto as pessoas não levam em conta que o aparelho celular é “dinheiro na mão” para ladrões e viciados que perambulam pelas cidades. Aliás, aparecer com o último modelo do iPhone é afirmação de status e a sua ostentação é usada como elemento chave de reconhecimento social.

Talvez a solução seja a mesma que se toma com joias e adereços de valor, sair para a rua só com bijuterias, relógios xing-ling e "burrofone" e deixar para portar objetos cobiçados em ambientes reconhecidamente seguros.

As muitas ocorrências de adolescentes sendo agredidos no ato do roubo dos seus celulares devem fazer pais e responsáveis repensarem que dar objetos de grande valor aos seus filhos pode ser a assinatura de uma sentença de morte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário