Pesquisar

3 de mai de 2015

Teste a sua visão e entenda a Tabela de Snellen



É difícil achar na internet testes precisos que abranjam vários aspectos da visão. Entre os disponíveis, achei este linkado no fim deste texto.

A bem da verdade, os oculistas não deveriam submeter seus pacientes àquele tedioso procedimento do tira/bota lente e da pergunta se “assim está melhor ou pior”. Naturalmente, os oftalmologistas deveriam ter os equipamentos adequados que diagnosticassem com acuidade os problemas. Então, caberia ao médico discutir posteriormente com o paciente qual é o melhor prognóstico, se óculos, lentes de contato, ou cirurgia de correção.

Quando você começa a se interessar por assuntos relacionados à sua visão, alguns números passam a ser citados com certa frequência: 20/40, 20/20, 20/15. Pois saiba que a visão 20/15 é de uma acuidade acima da média. Quando a pessoa não tem problemas de visão, normalmente ela se enquadra na acuidade 20/20. Leia mais aqui sobre a definição da Tabela de Snellen

Uma explicação rápida sobre os números da Tabela de Snellen: Alguém com visão 20/20 é considerado com 100% de acuidade. Significa que estando a seis metros de distância de um objeto, a pessoa o enxerga como capacidade considerada normal

Os portadores de alguma deficiência visual têm o segundo número maior que 20. Uma pessoa com visão 20/40 tem 85% de acuidade visual e precisa de seis metros de distância para enxergar o que uma pessoa de visão normal enxergaria a 12 metros de distância. Visão 20/40 em pelo menos um olho é exigida para a obtenção de carteira de motorista. Visão 20/150 é o início da baixa visão profunda.

Os que possuem o segundo número menor têm uma visão melhor que a média. O máximo de acuidade visual chega a 20/15. Isto significa que a seis metros de distância, a pessoa pode ver o que outros precisam de uma aproximação de 4,5 metros para enxergar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário