Pesquisar

6 de jul de 2012

A arte de comprar (ou não) um piano através de fotos


Dificilmente um estudante de piano consegue um modelo disponível que atenda às necessidades na sua cidade. Então, ele vai para a internet pesquisar modelos e preços e fica embananado diante das milhares de oportunidades, o que é um ledo engano, pois a maioria delas pode ser descartada somente analisando-se criteriosamente as fotos do piano e também do ambiente onde eles estão armazenados. Os tipos de roubadas serão detalhadas abaixo através de fotos ilustrativas de pianos que são oferecidos no Mercado Livre e outros sites de vendas de produtos usados.

Piano armário
Se você se depara com uma foto de um piano atulhado de coisas em cima, provavelmente ele tem sido usado muito mais como armário do que como instrumento musical. No assunto do uso de pianos, o melhor dos mundos é aquele onde o instrumento foi usado continuamente, mas sem exageros.

Piano de área de serviço
Definitivamente não é um local minimamente adequado para receber um piano. A foto significa que a pessoa não nutre nenhum apreço pelo instrumento, logo, o seu estado pode ser qualificado de altamente duvidoso.

Piano de Garagem
Fuja como o diabo foge da cruz de piano armazenado em garagem! Apesar de razoável para alojar automóveis, uma garagem é um ambiente úmido demais para receber um piano. Em vista disso, que tal dispender 65 mil dólares neste Steinway morador de garagem?

Piano de Rua
Uma vez em 2003 eu fui a Porto Alegre para comprar um piano. Na primeira loja, depois de ver vários pianos verticais, o rapaz disse que me mostraria no outro recinto um piano Essenfelder de ¼ de cauda impecável. Para chegar lá, tivemos que cruzar um pátio, com um detalhe, driblando as poças d'água até chegarmos... numa garagem. O piano quase estava instalado na rua, pois a porta (se é que tinha, não lembro) ficava todo o tempo aberta. Claro que o negócio não rolou, pois apesar da minha tremenda inexperiência com pianos, achei tudo aquilo muito suspeito. Logicamente o piano ilustrativo abaixo está numa situação muito pior, fustigado por sol, chuva e vento.

Piano de cozinha churrasqueira
Há algo a falar da atmosfera vaporosa e gordurosa gerada numa cozinha? Pois bizarramente aparecem pianos à venda morando em tal ambiente "acolhedor".

Piano de dispensa
A moça tratou de se arrumar toda, colocando o seu melhor vestido (de acordo com a minha mulher). Apesar disso, o seu Essenfelder não pode gozar de boa reputação porque o entorno do piano é simplesmente úmido, sujo e deprimente. Note a mesa com sacos de alimentos empilhados, o cesto de lixo esturricado de verduras e as manchas de umidade no chão do canto da parede. O curioso é que alguém pagou por este piano umedecido a quantia de 4.200 reais.

Piano arruinado
Às vezes você se depara com anúncios de pianos que advertem: "necessita manutenção", "piano para reforma", "precisa de reparos", etc. Os preços, que normalmente são de barbada, não provam que o negócio tem alguma chance futura de se tornar bom. 
Há muita gente que pensa que quanto mais velho, melhor é o piano. Cuidado, pois a máxima não se aplica nem a vinhos! Pianos velhos necessitam no mínimo de uma boa reforma, principalmente da mecânica, e pianos muito antigos não escapam da restauração, que implica na troca das cravelhas, substituição do cepo, novo encordoamento, reparos ou substituição da tábua harmônica, etc. Ora, os custos envolvidos nesses processos certamente tornam muito mais compensatória a compra de um instrumento novo, ainda mais quando o custo dos pianos novos baixou incrivelmente, depois que os fabricantes chineses entraram com toda a força nesse mercado.

Piano sujo
Penso que se um sujeito não consegue se dar ao luxo de mandar limpar o piano antes de bater as fotos, com certeza ele está entregue há anos à deriva do pó e ao acúmulo das sujeiras.

Piano enferrujado
Dificilmente vale a pena investir num instrumento de marca duvidosa, desses que pululam por aí, peças herdadas de antigos familiares e que ficaram anos entregues às traças, brocas, cupins, baratas, ratos e, principalmente, à implacável ação da umidade. Note que normalmente os pianos bastante enferrujados também possuem cordas partidas, como este da foto.

Piano de depósito
Piano jogado num lugar entulhado de bugigangas sempre me passa uma péssima impressão, mais ainda quando se trata de um Steinway Modelo B de 120 mil reais.

8 comentários:

  1. Cara! Eu já disse! Você tem problemas! Vá se tratar, só fala em pianos!

    ResponderExcluir
  2. Que nada o blog é maneiro, me amarro muito!

    ResponderExcluir
  3. Pelo menos alguém se interessa por este belíssimo instrumento.Acho FANTÁSTICO, VÁ EM FRENTE!!

    ResponderExcluir
  4. é interessante mas qual é a marca do primeiro piano lá em cim que é um misto de pianoo com um armário de sala com coisas em cima.

    ResponderExcluir
  5. é interessante mas qual é a marca do primeiro piano lá em cim que é um misto de pianoo com um armário de sala com coisas em cima.

    ResponderExcluir
  6. é interessante mas qual é a marca do primeiro piano lá em cim que é um misto de pianoo com um armário de sala com coisas em cima.

    ResponderExcluir
  7. é interessante mas qual é a marca do primeiro piano lá em cim que é um misto de pianoo com um armário de sala com coisas em cima.

    ResponderExcluir