Pesquisar

20 de ago de 2014

O sucesso é não sonhar com o sucesso

Frustrando a eterna expectativa, hoje não aconteceu nada. Não sonhei com ninguém, não ganhei, não perdi, não fiz novas amizades, não me tornei mais alegre ou triste. Às vezes é bom dar umas férias a expectativa, que mina as nossas energias e nos força a prosseguirmos inflados de vãs esperanças.

Não, hoje não, ela não prosperou. Talvez se eu tivesse tido a expectativa de não ter expectativa, talvez tivesse falhado, não sei, mas ela é a melhor terapia do fracasso que conheço. Também não posso eleger tal sensação ao status de modus vivendi, pois outrossim seria cair na negativa da expectativa, o que seria a perpetuação da aporia.

Esperar sexta-feira, dinheiro, verão, emprego, loteria, aumento de salário, sexo, viagem, amizades, tudo isso são vanidades perto da força motriz gerada pelo ato de alcançar a imobilidade num determinado ponto do universo. Talvez os suicidas persigam justamente o estado de ente imóvel, sem expectativa, só desfrutando desse instante, mesmo que efêmero de nada ser.

Ser ou não ser É a questão permeante à dor do viver e a expectativa se agudiza de tal maneira, que só nos resta o confortável caminho do embrutecimento pela via do sonho. Sonhei muitas coisas, entre elas ser astronauta, mas estou aqui apenasmente soterrado pelo Ser, sobressaltado pelo tique-taque do relógio que não dá conta das horas, mas das batidas do coração avançando noite a dentro as vãs expectativas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário