Pesquisar

19 de mar de 2013

A verdadeira origem dos pianos Suzuki

por
Nos anúncios de novos e usados por aí, nas lojas e no Mercado Livre se encontra uma marca bastante curiosa que se confunde com o consagrado método de ensino musical Suzuki. Até talvez por causa da associação imediata, os chineses não perderam tempo e lançaram uma marca de piano com o mesmo nome do famoso método. Para laçar incautos? Talvez, é o que vamos ver.

Pode-se dizer que a verdadeira origem dos pianos Suzuki é um desses mistérios dignos dos Maias ou das profecias de Nostradamus. O que o peso da marca não consegue esconder é a precariedade dos produtos, que a olhos mais conhecedores, revelam toda a sua baixa qualidade. E não é para menos, tais instrumentos novos são campeões de preços baixos (e de problemas pós-venda) no mundo inteiro.

Depois de muito procurar na internet, consegui levantar umas parcas informações que desvendam parte do mistério. E o pior é que não existe apenas uma origem do Suzuki, pois longe de ser fabricado no Japão, mais precisamente em Hamamatsu, cidade sede do grupo Suzuki, os pianos Suzuki nada têm a ver com a Suzuki Motor Corporation.

Pesquisando nos fóruns de piano, tais como o Piano World, descobri que existem duas prováveis origens principais: Yingkou Dongbei Piano Co. Ltd. situada na cidade de Yingkou província de Liaoning, e Shanghai Artfield Piano Co. Ltd. situada no distrito de Qingpu, Shanghai, ambas as fábricas localizadas na China.

Segundo o Piano Buyer:
"A Suzuki Corporation, na qualidade de maior produtor mundial de instrumentos voltados para a educação musical, entrou para o ramo dos pianos acústicos verticais e de cauda feitos na China. Os pianos são vendidos online no site suzukipianos.com ou através do site Costco, assim como em lojas físicas. A companhia tem a política de não especificar a origem dos seus pianos".

Ora, esta informação do guia é de 2011 e se formos consultar hoje o site da Suzuki internacional, veremos que eles não mencionam mais os modelos acústicos, só os digitais.

E o mistério continua, pois apesar de não se poder acessar diretamente da página principal a seção de pianos acústicos, ela existe num subdomínio meio oculto chamado edealer.

Agora vem a parte mais intrigante: todos os modelos acústicos verticais e de cauda listados ostentam a seguinte advertência: this model is available only as factory refurbished piano. Ou seja, TODOS os modelos de pianos acústicos são recondicionados de fábrica, que só Deus onde fica precisamente.

Ah... mais uma coisinha, os códigos dos modelos ostentados no site internacional não são os mesmos códigos exibidos no site Suzuki brasileiro. Contudo, se formos comparar as características de ambos os portfólios, elas batem. Portanto, aquela propaganda na página de que os pianos Suzuki são "construídos à mão", só se for na base da mão boba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário