Pesquisar

16 de fev de 2015

Antes de comprar conheça o Glossário dos Aspiradores



Filtro do tipo HEPA (alta eficiência):
filtro de alta eficiência reutilizável e lavável. Pode até parecer que é a solução final dos aspiradores, mas não é, pois no decorrer dos meses a sua eficiência aspiradora decai consideravelmente e as fábricas não costumam disponibilizar a reposição de filtros desse tipo no mercado. Quando existem, são bastante caros, fato que desencoraja a sua troca. Além da questão dos consumíveis, estes equipamentos costumam custar praticamente o dobro dos modelos convencionais. No entanto, para os alérgicos parece ser a única solução, pois este tipo de equipamento se gaba de remover 99,9 % das impurezas e germes presentes no ambiente.

Filtro descartável/reutilizável:
antigamente eram encontrados modelos de aspiradores domésticos com filtro de pano, atualmente só modelos profissionais vêm equipados com filtros de poliéster lavável. No momento da decisão sobre uma marca/modelo, deve pesar muito o preço e a disponibilidade no mercado do saco descartável, o melhor mesmo é optar por um modelo que tenha este consumível à venda em supermercados.

Aspiração Pó/Líquidos:
você até pode pensar que é melhor ter logo um aparelho que faça as duas coisas. Entretanto, um equipamento assim, por ser mais complexo, exige manutenções mais minuciosas. Se você de fato não precisa de aspiração de líquidos, o melhor mesmo é optar por um modelo que aspira somente partículas secas.

Filtros auxiliares de entrada do motor e saída:
a maioria das queixas de piora do rendimento do aspirador se deve ao fato dos usuários desconhecerem a existência desses sub-filtros. Pesquise o manual do seu modelo para localizá-los e proceder a limpeza. Alguns tipos de filtros auxiliares, por não poderem ser lavados, devem ser periodicamente substituídos.

Ciclônico:
alguns modelos se gabam de possuírem separação ciclônica, que nada mais é uma configuração física que aumenta a eficiência de separação dos sólidos mais pesados. Não há grandes vantagens desse recurso em pequenos aparelhos dimensionados para a tarefa trivial de aspirar pó.

Aspiração de partículas pesadas:
aspirar fragmentos diversos tais como pó resultante de lixamento de paredes, metais, assim como cimento, pó de tijolo, caliça, bicarbonato de sódio, pó de vidro, etc, normalmente resulta em ROMPIMENTO de filtros de papel usados isoladamente. Nestes casos, o aspirador deve necessariamente ser dotado de saco de pano ou poliéster. A melhor solução nestes casos é usar um robusto aspirador de pó/líquido equipado com tambor de decantação. Nos modelos equipados com filtro HEPA, é quase certo que haverá perfuração do filtro e sua irremediável perda.

Animal Care:
uma necessidade crescente no seio do lar moderno é lidar com a eliminação de cabelos e pelos, agravada pelo onda do momento de colocar animais morando dentro de casa. Entretanto, os aspiradores disponíveis no mercado não possuem acessórios eficientes para a limpeza de fios de cabelos e pelos. Os tipos de bocais mais apropriados para este fim são os dotados de velcro e os que têm escova giratória. Os modelos proclamados como “Animal Care” algum acessório deste tipo e, na realidade, é o único diferencial para os demais modelos, já que no aparelho em si não há qualquer diferenciação relevante. Uma solução para quem não quer gastar num aparelho novo é adquirir o acessório de remoção de pelos separadamente. Outra solução é partir para o faça-você-mesmo-em-casa.

Ruído:
não há nenhuma relação entre potência e ruído – o que muda de uma marca para outra é a qualidade do isolamento acústico do motor. Atente para o valor em decibéis na hora da compra, quanto menor, melhor para o seu conforto auditivo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário