Pesquisar

1 de fev de 2015

O maior símbolo dos tempos modernos segundo os filmes pós-apocalípticos



A dramaturgia cinematográfica tem produzido muitos filmes pós-apocalípticos e se podemos vislumbrar um elemento comum a todos eles é o onipresente carro, definidor da nossa época.

Podemos eleger entre muitas coisas; avanços tecnológicos, saneamento básico, crescimento exponencial das comunicações, etc, como símbolo visceral, no entanto, o mais paradigmático é certamente o transporte individual como conhecemos hoje, já que ele sintetiza toda a trajetória humana desde o advento da revolução industrial.

Então, em que parâmetro poderíamos desenhar a iminente decadência da civilização industrial? Como o carro é o produto mais refinado do atual sistema de produção, naturalmente ele sofrerá um revés dramático se todos os pontos da cadeia não se mantiverem intactos.

O futuro nos reserva algo como o visto nos filmes do tipo Mad Max ou o que já acontece em países à margem da sociedade industrial tais como Cuba e Coreia do Norte? Diante dos primeiros sinais de declínio das engrenagens do consumo, o carro certamente será a primeira vítima. Por ora, aproveitemos a maravilha dos nossos tempos, pois talvez esteja encerrando um belo ciclo belle époque de abundância muito além dos recursos limitados que a nossa pequena nave interestelar pode suportar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário