Pesquisar

10 de jun de 2012

A perfeição existe? Sim, desde que não possa ser alcançada

Dizem que a perfeição existe somente no seio de Deus, o que não nos impede de persegui-la incansavelmente ao longo das nossas vidas cheias de imperfeições. Assim, você ouve falar dela, mas nunca chega a entrar em contato diretamente, ou tem alguma convivência e logo ela é surrupiada.


O espião perfeito: você viu, não prestou atenção, e esqueceu em cinco minutos.

O juiz de futebol perfeito: não despertou a atenção de ninguém.

Faxineira perfeita: infelizmente, ela está concluindo a sua dissertação de mestrado e em breve encaixará num doutorado e te deixará na mão. Digamos que isso fica no plano das utopias.

Esposa perfeita: cozinha, lava, limpa, pinta, costura borda, cuida e ainda te faz feliz na cama. Isto EKZISTE? Com amor sim.

Férias perfeitas: a próxima.

Casa perfeita: na planta...

Mulher perfeita: a do vizinho.

Vida perfeita: as lembranças do "meu tempo".

Homem/mulher possuidor de beleza perfeita: celebridade inalcançável badalada na mídia. Aí você se pergunta: será que tal figura eletrônica realmente existe?

Vizinho perfeito: mora longe na distância mínima de 5 quilômetros.

Marido perfeito: a pesquisa desse termo no Google retorna 5.040.000 resultados. Das duas uma, ou isso existe realmente, ou tamanha profusão se dá em consequência da intensa procura de algo inatingível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário