Pesquisar

17 de jan de 2011

Fatos interessantes sobre o Ânus.

Tecnicamente falando, o orifício anal, ou ânus, ou cu, é o canal cuja parte posterior é constituído de esfíncteres (pregas), cuja pele é de cor ligeiramente escurecida. Apesar da sua função singela de reter e regular a saída de fezes; pelo fato de estar localizado em zona erógena, se por um lado suscita tabus e mistérios, por outro, acicata a imaginação

A nossa intenção ao abordar alguns aspectos relacionados ao famoso canal, não é a busca do rigorismo científico, que é disponibilizado nos atlas anatômicos, mas levantar alguns fatos interessantes sobre o orifício humano que dá mais prazer durante vida, através das fortíssimas ondas peristálticas* deflagradas durante o ato de defecar.

Ânus como metáfora de Olho.
Em plena ditadura militar nos idos de 1973, como os rigorosos censores deixaram passar um ânus estampado na capa de um disco? Isto prova que os militares não eram lá muito inteligentes.
Historia da polêmica capa do disco "Todos os Olhos" de Tom Zé.

Você ainda espalha o "chocolate" na bunda com papel higiênico?
Provavelmente este pastor pentecostal vai lhe dar bons motivos para rever seus conceitos. Eu, por exemplo, passei a lavar o meu.


Proctologia, o ramo mais popular da medicina.
(Tomar coca-cola na bunda, definitivamente não faz bem à saúde) 
Em qualquer congresso médico, as maiores rodinhas (com o perdão do trocadilho) se formam ao redor dos proctologistas, que são os especialistas com as histórias mais picantes versando sobre imensos corpos estranhos alojados caprichosamente nos corpos humanos. O ápice das histórias é quando o danado do proctologista fala a desculpa mais frequentemente dada em tais "acidentes": Dr. o senhor não vai acreditar, mas era uma chance em um milhão disto acontecer...
Histórias incríveis de Proctologistas envolvendo a introdução de corpos estranhos.

*Anatomia da defecação.

12 comentários:

  1. Isaias,

    Eu nunca ri tanto em toda minha vida!
    Onde é que vc acha essas coisas cara?
    Vou te contar uma, mas é verídica.
    Minha irmã era instrumentadora cirúrgica em Bragança Paulista, interior de SP. Certo dia, foi instrumentar a retirada de um... desodorante roll-on de um senhor de idade. Ela conta que o paciente contou exatamente uma história dessas. Estava a tomar seu banho, sossegado quando, de repente, escorregou e lá estava ele, o maldito e certeiro roll-on. A esposa dele, super constrangida. Ele mais ainda. Eram de uma cidadezinha vizinha. Foram até Bragança para não virar motivo de chacota. Sacumé, cidadezinha do interior, essas coisas se espalham.
    Inté.

    ResponderExcluir
  2. Luciene,
    as desculpas ouvidas neste tipo de evento são tão manjadas, que os argumentistas do seriado americano Seinfeld usaram-nas num dos episódios. Sempre homem, sempre no banheiro, sempre nu no banho, sempre escorregão, sempre caindo de cu numa coisa rombudamente arredondada. A pergunta que não quer calar, o que faz em pleno box um desodorante roll-on?

    ResponderExcluir
  3. Ah, mas certamente isso ocorreu quando o distinto já estava fora do box, buscando a toalha, por exemplo. Piso de porcelanato, escorregadio e o "miserárvi" do roll-on, de pé, "na chon", olhando pra "ele". Kkkkk

    O que me espanta é a solidariedade das mulheres. Será que um marido pagaria um mico desses? Digo, o de acompanhar e tals?

    ResponderExcluir
  4. Portugal, altamente conservador? Já pesquisou sobre a postura dele sobre drogas?
    No mínimo, o país está de fato a mudar.

    ResponderExcluir
  5. E é assim que se transformou o blogpaedia, um cu ou uma merda. Partiu pra esculhambação geral.

    O autor deve estar querendo se misturar ao povão. Precisa baixar o nível, senão não atrai publicidade.


    O que é bom dura pouco.

    ResponderExcluir
  6. Gostei do Post! Já pensou em divulgar também no www.plik.com.br ?

    ResponderExcluir
  7. Tema interessante e divertido. Ri-me com a conversa do Pastor.
    Quanto à questão sexual, para que não existam dúvidas, sou heterossexual.
    Por outro lado, não tenho preconceitos nem tabus porque tanto homossexualidade como a bissexualidade são orientações sexuais que na minha opinião devem ser respeitadas e vividas de uma forma conscienciosa e sem vergonhas, aliás na Grécia antiga não era incomum.
    Quanto a Portugal ser conservador, discordo. Não conheço pessoalmente o Orlando, já escrevi no blog dele, considero-o um homem com uma cultura acima da média e de fino trato.
    O que nos distância, (ideologicamente) é simples, ele é conservador e monárquico, nada de mal, só que eu sou republicano e não sou conservador. O pluralismo é dignificante.
    No caso em apreço, indignei-me porque não concordo que o dinheiro dos impostos sirva para subsidiar este artista (?). Só isso.
    Mais curioso, foi a exposição no Centro Cultural de Cascais, dos “Orgasmos de Clara Pinto Correia”. http://www.youtube.com/watch?v=hCl3QJdJz9o

    Para quem não a conhece: http://pt.wikipedia.org/wiki/Clara_Pinto_Correia

    Discordo do termo “ conservador “, independentemente da minha opinião sobre os factos mas, é legal a interrupção voluntária da gravidez, bem como o casamento homossexual.

    Se isto é ser um país conservador!

    ResponderExcluir
  8. A desculpa de escorregar está demais!! Até parece que ele inventou a pólvora rs
    Agora... para quem não tem precisão de inventar desculpa e é muito bem resolvido com o faz com o seu ânus eu recomendo vivamente uns brinquedos muito jeitosos como os que temos na Loversbox

    ResponderExcluir
  9. Sou assessora de imprensa da Fundação de Serralves e quero desmentir categoricamente que a exposição referida tenha estado alguma vez em Serralves. A informação referente a esta exposição (sem qualquer fundamento) anda a circular na net já há algum tempo, apesar dos nossos repetidos esforços para a desmentir.
    Cumprimentos,
    Marta Morais

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara assessora Marta, a informação foi apagada.

      Excluir