Pesquisar

12 de set de 2012

Por que o vício em pornografia online é pior do que drogas pesadas?


A principal diferença entre compulsão e vício é que a caracterização da primeira se dá por meio de um hábito repetitivo e danoso para o bem estar do indivíduo, enquanto o segundo, necessariamente está relacionado a um elemento externo estimulador do centro de recompensa do sistema límbico.

O elemento ativador do vício é normalmente associado a alguma substância química, o que dificulta a classificação da pornografia online como um vício. Contudo, ela apresenta os mesmos sintomas da dependência de drogas pesadas, inclusive a progressiva tolerância ao elemento desencadeador, fato que incita o viciado a buscar um estímulo cada vez mais potente.

- Os efeitos da pornografia sobre o cérebro têm toxidade comparável ao da cocaína, em termos de aumento da tolerância ao fator desencadeador. Um psicólogo propugna que "a exposição prolongada à pornografia deflagra o gosto por formas bizarras de sexo, tais como sexo grupal, práticas sadomasoquistas, fetichismo, pedofilia e contato sexual entre humanos e animais (zoofilia)".

- No momento em que a pornografia é colocada na categoria das drogas, é forçoso admitir-se que a internet é o meio mais otimizado de distribuição de todas elas, pois além de garantir o anonimato aos consumidores, os conteúdos pornográficos estão disponíveis gratuitamente no interior dos lares ao longo das 24 horas do dia durante 7 dias por semana. É o delivery perfeito! Além do mais, permite o acesso livre a crianças e adolescentes - que sabem usar a internet melhor do que os adultos. Assim, está se formando uma geração inteira de jovens viciados que nunca mais conseguirão expurgar tal droga dos seus cérebros.

- Ao contrário da cocaína, crack e heroína, que basta o paciente se submeter à desintoxicação para vislumbrar alguma esperança de remissão, o dano provocado pela pornografia ocorre de maneira muito mais sutil e profunda, tanto que ela é chamada de "a nova cocaína". Por que ela é tão poderosa? Os estímulos pornográficos afetam intensamente diversos tipos de conexões aos níveis emocional, biológico e químico. Assim, a exposição à pornografia libera hormônios do prazer que, apesar de serem secretados normalmente em pequenas doses, são liberados em quantidades muito maiores. Entre eles estão a dopamina, norepineferina, oxitocina, serotonina, etc.

- O grande problema causado pela pornografia é o mesmo das drogas pesadas: a hiperestimulação dos centros de recompensa. Uma vez danificadas, tais áreas cerebrais jamais voltarão à condição original, ou seja, praticamente não existem perspectivas de cura, só controle dia a dia visando evitar a recidiva.

- A doutora Mary Anne Layden, psicóloga da Universidade da Pensilvania-EUA, é uma das defensoras do enquadramento da pornografia na categoria de vício. Ela esclarece que os mesmos critérios usados para diagnosticar distúrbios, como dependência do jogo e dependência química, podem ser aplicados ao consumo abusivo de pornografia. Os terapeutas que tratam esses distúrbios relatam que o comportamento de viciados em pornografia é idêntico ao apesentado por dependentes químicos. Um dos mecanismos chave do vício é o desenvolvimento de tolerância à substância viciante. Em outras palavras, os drogados necessitam incrementar mais e mais as doses para alcançar o mesmo nível de prazer que obtiveram na primeira experiência – o mesmo fenômeno ocorre entre os viciados em pornografia, que buscam progressivamente gêneros cada vez mais pesados, mesmo ao custo de incorrerem em crimes de armazenamento e troca de material ilegal concernente à pedofilia.

- Infelizmente, esse é o caminho sem volta dos viciados que não se submetem à terapia; ou por negarem o problema, ou por vergonha, ou por medo de perderem as ligações afetivas com o mundo real, ou por já terem perdido os últimos laços familiares e sociais.


Referências:

9 comentários:

  1. Socorro, não suporto mais esse vício. Todas as noites entro em sites de sexo ao vivo, assisto masturbo, depois me arrependo e muitas vezes entro neste blog em busca de artigos valiosos como este.

    Obrigado pelos artigos, quero me curar.

    ResponderExcluir
  2. Jesus é o nosso libertador!

    ResponderExcluir
  3. Que lixo de artigo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tipica resposta de um viciado!

      Excluir
    2. Fapador detectado. Vá se tratar seu doente.

      Excluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei do artigo. Não fala de nada moralista ou cristão convencional. Estou descobrindo ou reconhecendo que sou viciado. Sou casado com um cara lindo que chama a atenção por onde passa e agora estou sem vontade de fazer sexo com ele porque me masturbo tanto durante o dia que não tenho vontade de transar com ele. Eu estou tentando me controlar. Estou desempregado e com várias dificuldades financeiras e acho que isto ajuda a intensificar o problema. Faz três dias que estou tentando me controlar. Nestes três dias só me masturbei uma vez e vi pouca pornografia. Hoje chorei muito e senti um sofrimento profundo. Estou feliz por reconhecer que tenho um problema e vou conseguir vence-lo. Quero deixar claro que não sou contra a pronografia só considero que ela não pode dominar a sua vida. Obrigado pelo texto. Ajudou muito

    ResponderExcluir
  6. Eu gostei do artigo. Não fala de nada moralista ou cristão convencional. Estou descobrindo ou reconhecendo que sou viciado. Sou casado com um cara lindo que chama a atenção por onde passa e agora estou sem vontade de fazer sexo com ele porque me masturbo tanto durante o dia que não tenho vontade de transar com ele. Eu estou tentando me controlar. Estou desempregado e com várias dificuldades financeiras e acho que isto ajuda a intensificar o problema. Faz três dias que estou tentando me controlar. Nestes três dias só me masturbei uma vez e vi pouca pornografia. Hoje chorei muito e senti um sofrimento profundo. Estou feliz por reconhecer que tenho um problema e vou conseguir vence-lo. Quero deixar claro que não sou contra a pronografia só considero que ela não pode dominar a sua vida. Obrigado pelo texto. Ajudou muito

    ResponderExcluir
  7. isso e coisa do dêmonio cara.

    ResponderExcluir