Pesquisar

27 de jun de 2011

A gambiarra é a mãe da invencionice, ou vice-versa

A gambiarra é a mãe da invencionice I
Pois eu fui punido pela intensidade do meu ímpeto com a quebra da haste da taça de vinho durante o almoço. Tão logo pronunciei as palavras “vamos destruir tudo” a propósito do fim do remédio do padre* na garrafa, posicionei rudemente a taça na mesa e a sua haste se partiu.
A minha esposa disparou o seguinte comentário sarcástico:
- parabéns Isaías, conseguiste afinal!

Então, não me deixei ficar de rogado e parti para a solução universal dos problemas dos desastrados habilidosos: a gambiarra. Na mesma hora, desci para a oficina e saquei da prateleira a mágica e magnificente Solda Plástica Poxipol 10 min, que promete soldar metal, vidro, borracha, madeira, cimento, louça, etc. Seu mote é deliciosamente tentador: “aplica-se como pasta, endurece como metal, só em 10 minutos”. É claro, que se você for consultar a “bula”, verá que o negócio só “empedra” dali há 12 horas, portanto, é melhor deixar a impaciência de testar para o dia seguinte.

A gambiarra é a mãe da invencionice II II

Depois de feito o serviço, que se não ficou um brinco, dá para o gasto pois continua cumprindo com a finalidade de uma taça, a mulher disparou outro comentário irônico-jocoso:
- agora ficou igualzinha ao Santo Graal.

Logicamente que a taça gambiarrada ficou semelhante àquela sagrada usada nos tempos da Távola Redonda do Rei Artur, cheia de incrustações e melismas. O que importa é que sou eu que vou usá-la e, adicionalmente, penso que ela adquiriu um efeito amortecedor proporcionado pelo epoxi, para aguentar o meu próximo arroubo verbal à mesa.

*Remédio do padre: trata-se de uma infusão medicinal alternativa feita com as folhas maceradas da Babosa (aloe vera) + mel + cachaça. A mistura, que leva mais de um mês para curtir, deve ser tomada diariamente como um xarope. Seus efeitos benéficos servem para todos os problemas inflamatórios, alergias, câncer, aumentam a potência do sistema imunológico, etc. Como receita foi desenvolvida pelo Frei Romano Zago, ficou conhecida como o “remédio do padre”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário