Pesquisar

22 de out de 2011

Descobertas de um compulsivo na luta contra o vício em sexo e pornografia


Aqui no Blog já abordamos que a compulsão é um transtorno psicológico que se carrega pela vida inteira, logo, devemos evitar o ufanismo apressado de se falar em ex-viciado. Contrário senso, quem se apresenta como “curado” de uma compulsão, certamente ainda não compreendeu a complexidade do processo, o que é a mesma coisa do que estar a um passo da reincidência.

Pois bem, ao ensejo da compilação dos 10 Depoimentos Reais de quem perdeu tudo para a pornografia, em que os mesmos dramas se repetem sistematicamente, a coroar o processo de informação ao público um leitor do blog me enviou este texto que lança algumas luzes sobre as causas das aberrações sexuais que causam tanto sofrimento psíquico e sentimento de culpa nos seus adeptos.

Autor: José Luis P. C. Rocha
Sou ex-viciado, mas quem é viciado em algo sempre tem de tomar muito cuidado [com a pornografia].

Devo dizer que estou estudando a sexualidade, fantasias sexuais, e o mecanismo por trás das fantasias, o jeito de pensar. E tenho concluído que o sexo natural, da penetração natural, é a expressão mais humilde e a única natural. A partir da abertura para outras possibilidades, as fantasias surgem aos montes, sobre o que servirá de substituto. Masturbação, vaginas artificiais, bonecas, boca, ânus (e não são coisas higiênicas essas duas), e aí acabam surgindo possibilidades de passar para boca de homens, ânus de homens, e até genitálias de outros animais.

Na mulher, quando ela substitui o pênis do homem por outras coisas, também é o que gera muitas possibilidades escandalosas, o que abre espaço para a mente imaginar diversas coisas escandalosas: pênis falsos de mulher, vibradores, mãos, e língua (tornando, portanto, o lesbianismo algo viável como meio de excitação), consolos, vibradores, etc., tudo agindo como substituto, pênis de outros animais como cavalos (e sexo com animais – zoofilia – o que pode acarretar muitas doenças).

Quando a mulher se dispõe a ser penetrada na boca e no ânus, surge a associação do sexo com coisas nojentas (e como surgem coisas nojentas, até fezes e vômito!) porque se abrem para beber até sêmen de ânus de outra ou delas mesmas. Logo vão associando sexo à imundície. O homossexualismo, tanto masculino quanto feminino, que gera infertilidade, só é viável por causa dessas coisas, e as orgias também perderiam muito do seu fôlego se não fosse por isso.

Dois princípios que aprendi:
1- no sexo a única coisa que deveria te excitar é a esposa, e nela o marido (negar isso implica em ter de experimentar um por um, zoofilia, pedofilia, homossexualismo, gente namorando, gente noiva, e sendo esses não noivos seus, gente casada, mas não com você, gente que você não conhece, e não sabe se é casada, noiva, menor de idade, etc.);

2- e no sexo a penetração deveria ser apenas pênis-vagina, evitando imundices, humilhações, o que acaba gerando desinteresse sexual e falta de libido.  Tal princípio afastaria a possibilidade da dupla penetração, do lesbianismo, do desejo de penetrar ânus e boca, e consequentemente, a aceitação do homossexualismo e masturbação como coisa normal.

Estou estudando muitas coisas. Gostaria de compartilhar com vocês, para ajudar-nos todos na nossa luta contra os vícios. É um trabalho conjunto. Quem não está certo, tenta os outros.
Que Deus os abençoe. Por favor, também ensinem que o sexo não é pecado em toda circunstância, pois precisamos ver a sexualidade santa de alguma maneira, precisamos ter na nossa mente bem claro que ela existe. Estou trabalhando isso.

Leia também:

Interessante estudo realizado na Itália estabelece conexões entre impotência precoce em jovens com idade aproximada de 20 anos e consumo compulsivo de pornografia na Internet:

17 comentários:

  1. "Homossexualismo"? Esse escritor deve ser um religioso de primeira, termo completamente em desuso. Faz parecer que homossexualidade é uma doença.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não creio que seja caso de religião ,mas de imoralidade ,Deus fez homem ,mulher ,não homosexuais,fez macho e femea ,não tinha nada imperfeito nem desastrozo nesse meio ,sinto amigo ,mas voce ja esta na outrabanda ,que pena ,não se fazem homens como antigamente ,jajajaja

      Excluir
  2. Muito bom o texto, concordo plenamente que a pornografia é um mal pra sociedade. Basta ver os resultados que tem trazido! Hoje eu abri o site do Terra e me deparei com "Confira imagens das belas estudantes do Enem 2011". Onde estamos?! Belas estudantes? Possíveis adolescentes com menos de 18 anos! Por que não colocaram OS estudantes? Estamos pornificando a nossa sociedade, e isso não vai terminar bem.

    ResponderExcluir
  3. Concordo com tudo escrito no post...e o comentário do leo muito sensato, já começa por isso. Quase sempre vejo matérias assim : "veja a beleza das frequentadoras do show tal", "da formula 1" e etc tudo que é evento, show, festa eles querem fazer flagantes de meninas assim e assado, se tiver de roupinha pseudo "sexy" então , saí de baixo. Deviam levar as pessoas mais a serio, paí da bagunça...república dos "bananas" realmente.
    Parabéns pelo blog

    ResponderExcluir
  4. Estamos "pornificando" a sociedade, a observação é muito boa!

    ResponderExcluir
  5. Discordo de muitas coisas (senão de quase tudo) que o autor traz nesse artigo.
    Pode ser válido do ponto de vista dele, mas esse artigo não serve de nada para a maioria das pessoas que sabem usar sua sexualidade de inúmeras formas prazerosas e não aditivas(acredito que ele exagera muito em vários aspectos justamente por ser ex-viciado como diz...).
    Enfim, cada um sabe o que faz e do que gosta... só uma opinião.

    ResponderExcluir
  6. Paula Tejano24/10/2011 13:13

    Sexo é bom e eu quero fazer mais vezes !

    ResponderExcluir
  7. Imagino que os adeptos do princípio de que "toda a forma de amor é válida" devem ter ficado muito mordidos com essas verdades.

    ResponderExcluir
  8. concordo com udo isso,o sexo foi um presente que Deus deu para os casados,nao uma forma de "selvageria"como tem sido mostrado pela midia,cinema,internet etc...

    ResponderExcluir
  9. nossa cara vai se fuder!!!! como vc posta um texto desses de um fanatico religioso? q merda

    ResponderExcluir
  10. é meu filho vc precisa pesquisar um pouquinho mais viu?! procure saber sobre as dsts mais ocorridas,e verá que sao as transmitidas pelo sexo oral e anal
    logo as que desobecem completamente as leis naturais do corpo humano já que só exite uma regiao apropriada para o sexo!

    ResponderExcluir
  11. acho muito válido tudo que foi aqui exposto. eu estava quase visitando sites pornôs quando me deparei com essa página e vi que devo parar com essas práticas e me dedicar somente ao contato com uma parceira fixa e de confiança. sexo é vida, então trate sua vida com carinho!

    ResponderExcluir
  12. concordo com q diz, pq sei que eu sou uma viciada em sexo virtual. e sei que vou me libertar em nome de jesus, pq o diabo não vai ficar rindo de mim e me atormentando...

    ResponderExcluir
  13. quanto preconceito

    ResponderExcluir
  14. Voltando no tempo eu não faria duas coisas: Beber e f... Nunca mais.

    ResponderExcluir
  15. Adorei essa materia!! Comcordo que o sexo seguro e muito bom,e da forma normal...Pra mim a palavra transar nao existe...FAZER AMOR E TUDO DE BOM...Se um homem ou uma mulher se apaixona de verdade pelo sexo oposto,quem somos nos para julgar?Somos todos espiritos livres,mais que seja com Amor. O sexo que se mostra na internet,nos filmes...Apenas visa prazer,e detona o verdadeiro ato sexual entre pessoas que se amam.Tem que ser um conjunto de amor e prazer,nao a putaria que existe por ai...

    ResponderExcluir
  16. Caros,
    Concordo com tudo que está ai, e vou mais adiante, pode parecer besteira, mas até o fato de ver a pornografia aqui, me faz sentir mais seguro, perdi meu casamento, convivência familiar e o pior é que você acha realmente que tem algo tão errado com sua personalidade que sai a busca de outras coisas no mundo real, mesmo o homossexualismo, para tentar se situar em algum ponto, até que você descobre, que o sexo carnal já não é mais prazeiroso e a masturbação passa a ser o ponto de equilibrio de tudo e você vê as coisas bizarras, normais, homossexuais na net com normalidade porque você não precisa mais do contato fisico e o prazer vai consumindo seu cérebro dia após dia, minando e minando. Ja não sei mais o que fazer e pensar. Sinto muito pela fraqueza que destruiu meu lar, mas não posso falar disso com ninguém, e até aqui estou anônimo, perdido vagando no limbo do imaginário "fetiche" agora já sem forças, mesmo sabendo que sou homem o orgão genital não funciona como deveria, a vontade esta na cabeça e o corpo não reage, nem o pseudo Viagra resolve, orgão genital duro e mente perturbada. O pior é que não tenho coragem nem de abrir isso a um psicólogo e na mais pura sinceridade parece um castigo infernal, onde o suícidio muitas vezes sopra como fonte de solução. Perdoem-me a negligência das palavras, mas acho que o mundo precisa realmente acordar para esse fato. Eu aceito estou doente.

    Desculpem me

    Roberto

    ResponderExcluir