Pesquisar

28 de out de 2011

Homens depilando bunda? Sinal dos tempos ou eles estão perdendo a testosterona?

Homem-fruta: involução da espécie
Realmente estamos no fim dos tempos. Enquanto em décadas passadas os meninos esperavam ansiosamente para ter pelos e poderem finalmente cumprir o rito de passagem ao incrível mundo dos homens, hoje os adolescentes abominam tanto os pelos que se queixam amargamente: por que tem que nascer cabelo na bunda? Já não basta nas pernas, braços e saco? Por que na bunda? Se eu pudesse não tinha pelo em nenhum lugar além do cabelo, porque são tão inúteis! E se me depilo todo, me chamam de mulherezinha, principalmente a minha mãe!!

A grande realidade é que os garotos sensíveis das novas gerações estão se convertendo em mulherzinhas sim, e um sintoma disso é a maneira como eles cedem passivamente aos caprichos das mulheres. A causa disso é a redução dos níveis do hormônio testosterona* (responsável pela macheza) no sangue das novas gerações. Sem ele, nós homens começamos a pensar em besteiras do tipo:
- depilar a bunda e ânus, saco escrotal e púbis;
- depilar peito, axilas e pernas;
- preocupações excessivas com a grossura das coxas;
- ter chiliques em relação às gordurinhas localizadas na barriga.

Para embarcar uma viagem cultural ao universo dos pesadelos, lancei a pesquisa “depilar bunda” no Yahoo!Respostas e constatei porque a triste realidade dos fatos: os jovens estão se afeminando.

Diante das principais justificativas que baseiam a luta contra os pelos e os meus contra-argumentos:
- motivos higiênicos: ora, o homo sapiens sapiens está aí peludo há milhares de anos e, se nunca teve problemas higiênicos, não será no século XXI que esta bobagem virará verdade. Ademais, a humanidade se livrou das pestes em virtude da massificação do saneamento básico e do hábito do banho, e não porque homens e mulheres resolveram se livrar dos seus pelinhos;

- as mulheres na figura de namoradas, ficantes, transas e rolos estão pressionando para que os meninos compareçam adequadamente depilados, ou seja, eles alegam que elas zoam dos meninos peludos: contra este argumento, prefiro me estender mais na continuação desse post.

Por ora, você fica com o vídeo do estrago que um saco raspado pode fazer na vida de um pastor da Igreja Universal do Reino de Deus – IURD.

12 comentários:

  1. Parece que o natural está se tornando bizarro nessa sociedade atual.
    Homens sempre foram peludos, uns mais, outros menos, mais os pelos são fenotipicamente masculinos, e nem por isso fediam quando conservavam os pelos de seus corpos. É essa moda de hoje mesmo que dita que não se depilar é sinônimo da falta de higiene. E isto vale para mulheres também.
    Se não precisassemos de pelos não nasciamos com eles.
    Sou mulher, tenho 18 anos e por ter ascendência grega sou peluda, mas nem por isso fico fedendo, ou o fato de ser assim invibializa meu convivio social.
    Sou amante do homem original, com todos os seus pelos no corpo.

    Gosto muito do seu blog, está de parabéns!
    Abraços.

    ResponderExcluir
  2. Essa deturpação é culpa dos filmes pornográficos. Na tela, a mulher e o homem se tornam crianças e os babões imitam.

    Eu tenho alguns pêlos na bunda, não muito, mas tenho, e MUITOS pêlos pubianos. Jamais vou me depilar. Mulheres inteligentes não exigem depilação masculina. De fato, nem as mulheres precisam, é somente uma questão cultural. Axilas peludas não matam ninguém. Falta de banho, sim, causa doenças.

    ResponderExcluir
  3. Depilar depende do querer do cara. Aparar o excesso sim.

    ResponderExcluir
  4. Também acho exagero certas depilações, mas também há um quê de machismo nessa história toda. Senão, note que: nadadores se depilam por completo para poderem nadar melhor; halterofilistas depilam o corpo todo e passam óleo para exibirem melhor seus corpos, só o cara comum é que, se resolver se depilar, vira "viado".

    Eu naturalmente tenho poucos pelos, mas não vejo motivo algum para, por exemplo, manter uma tufa de pelos embaixo de cada braço!

    ResponderExcluir
  5. "Se não precisassemos de pelos não nasciamos com eles." Antes de falar uma bobagem dessas deveria pesquisar mais, não é de um dia para o outro que nascerão pessoas totalmente sem pelos. De fato, nao precisamos de pelos para sobreviver e é por causa disso que a quantidade de pelos vem diminuindo progressivamente, como é o caso do dente canino, que em muitas crianças nao chega nem a aparecer. No entanto nao é de um dia pro outro que isso irá mudar.
    E nao venha querer dizer que pelos nao fedem, pois as bactérias se proliferam muito mais em regiões de bastante pelo, devido a umidade que estes locais possuem naturalmente.
    No caso de depilar a bunda, não existe coisa mais prática no mundo; primeira coisa, nao se formam as badalhocas e segunda, muito mais fácil de limpar, o que ajuda a economizar papel higiênico. O meio ambiente agradece!

    ResponderExcluir
  6. Bom, eu sou do tempo em que homem tinha pelos. Eu sou do tempo em que mulheres se depilavam, ou melhor, se "raspavam". Por mais troglodita que seja, há sim uma diferença entre homem e mulher. E o mais estarrededor é constatar essa transformação masculina com esse argumento ridículo de higiene. Sim, os homens estão se afeminando e, como eu coloquei em alguma outra resposta, as mulheres, se masculinizando. Enquanto o homem busca na academia um abdomen tanquinho (não sei para que) e se depilam para mostrar os muques, as mulheres também correm para os ferros para se tornarem masculinizadas.

    Realmente é o fim do mundo....

    ResponderExcluir
  7. Eu tive uma colega de trabalho que uma vez olhou para as minhas mãos e perguntou espantada: "cadê os pelos?". Eu respondi: olha, não tenho culpa se estás acostumada com neandertais.

    Claro que eu fui meio grosso, mas qual é? Um homem precisa necessariamente ser coberto de pelos para ser macho? Permanecemos nas cavernas? Vocês mulheres querem que nós as arrastemos pelos cabelos?...

    As mulheres gostam de bunda (bumbum sim é boiolagem) masculina, e duvido que gostem de ver uma bola de pelos no lugar das nádegas.

    Na verdade eu pouco tenho a ver com essa conversa, pois tenho poucos pelos corporais, mas é muita bobagem discutir quais partes um homem pode raspar ou não. Homens raspam os pelos do rosto, e por que? Porque eles, além de antiestéticos, são absolutamente desnecessários. Agora, se o cara resolve raspar as axilas para, por exemplo, poder usar um desodorante em creme, aí é florzinha. Mundo besta...

    ResponderExcluir
  8. E pra piorar, não parece se tratar de um equilíbrio estético entre os sexos, é uma inversão de valores mesmo; inclusive as mulheres também estão se masculinizando absorvendo exatamente os piores vícios masculinos.

    Mais dez anos e os homens vão querer engravidar, e as mulheres, um saco pra coçar.

    ResponderExcluir
  9. "No caso de depilar a bunda, não existe coisa mais prática no mundo; primeira coisa, nao se formam as badalhocas e segunda, muito mais fácil de limpar, o que ajuda a economizar papel higiênico. O meio ambiente agradece!"
    /\
    kkkkkkkkkkkkkkkkkk parei aqui!

    Enfim, desde que me conheço por gente a desculpa da depilação é a higiene, e parece que agora, segundo o comentário acima, é a preservação do meio ambiente.
    Quanta besteira!
    Se os pelos diminuem ou não com o passar dos anos não importa, continuamos a nascer com eles, mesmo sendo menos que milhares de anos atrás.
    Em relação as bactérias, há 20 anos atrás os homens continuavam com seu pelos em todo lugar do corpo e nem por isso morriam por doenças causada por bactérias, e por essas e outras que existe algo chamado banho!

    ResponderExcluir
  10. lembrando que a tendencia e que pelos se desaparecem...pq tudo na vida se evolui,os neandertais eram peludos,anos depois nos seres humanos naum temos tanto pelos assim, naum e mesmo ??....realmente espero que tenha o fim de mundo aconteça... pq ninguem respeita ninguem

    ResponderExcluir
  11. Não concordo com este texto não, os tempos mudaram! Na minha opinião, pêlo é coisa do século passado. A onda do momento é depilar completamente o corpo todo, pois fica muito melhor o aspecto e não tem nada de errado com isso. Não somos obrigados a passar a vida inteira com pêlos inúteis.

    ResponderExcluir