Pesquisar

1 de ago de 2012

Coisas que os filmes de Hollywood nos ensinam


Hollywood é uma escola irônica que nos transforma em seus eternos aprendizes! Naturalmente, uma escola imbuída de forte conteúdo ideológico capitalista selvagem, mas cujos produtos consumimos alegremente, quase como porções de McDonald's mentais, talvez por virem embalados suntuosamente em imagens de sonhos, as mesmas que moldam o nosso ideário e nos fazem ver o mundo de uma maneira peculiarmente USA. Mas, que diabos, um cara precisa de um pouco de diversão e nisso os Ianques são os melhores!

Desconfie do seu amigo valentão, pois ele pode ser você em plena crise esquizofrênica.
Filme: Clube da Luta

Todos os ricos do Havaí parecem vagabundos.
Filme: Os Descendentes

A melhor genética é a natural, originária do velho sexo papai/mamãe – se você tiver um irmão gerado por engenharia genética, certamente as suas capacidades serão menores do que as suas.
Filme: Gattaca

Jamais se deixe apaixonar pela mulher de um gangster japonês... ou aguente as consequências.
Filme: Paixão Proibida

Nunca confie no Diabo.
Filmes: O Endiabrado
O Julgamento do Diabo

Gerar cópias de corpos para que seus órgãos sejam transplantados nos seus donos pode deflagrar a revolta dos clones.
Filme: A Ilha

Desconfie de algo muito errado no tecido da realidade quando a sua vida é um mar de rosas imperturbável.
Filme: Vanilla Sky

É errôneo conceber a realidade como algo concreto e monolítico. Você, nesses instantes, está "dentro" ou "fora" da coisa toda (sistema)?
Filme: Matrix

Um jantar serve para tudo, menos para comer.
Filme: Meu Jantar com André

Os Deuses são cheios de fraquezas humanas.
Filme: Thor

Não confie na Igreja Católica.
Filme: O Código Da Vinci

Um grave transtorno psicológico tal como o da dupla personalidade pode transformá-lo num herói.
Filme: Hulk

O vampiro bonzinho que nunca chupa sangue de humanos, vira humano no final.
Filme: 2012 O Ano da Extinção

Um dia você descobre que ser julgado por crimes que ainda não aconteceram é uma merda.
Filme: Majority Report

Gostar de coisas ao velho estilo, tais como teimar em dirigir o próprio carro e desconfiar de robôs pode ser de grande valia na hora de desvendar uma conspiração organizada por um computador.
Filme: Eu, Robô

3 comentários:

  1. Um dia você descobre que ser julgado por crimes que ainda não aconteceram é uma merda.
    Filme: MINORITY Report
    no mais, mais frases :D

    ResponderExcluir
  2. Faz um post do real criador do Eu, robô: ISAAC aSIMOV..

    ResponderExcluir
  3. Se um Homem todo Musculoso de 1.80 de altura vier e salvar sua vida, de graça e depois lhe mostrar que é um robo do futura, cara, pode ter certeza, "ele irá voltar".

    ResponderExcluir