Pesquisar

15 de dez de 2010

Lendas sobre vírus de computador que você ainda acredita.

Post aproveitando o ensejo da divulgação da estatística que dá conta que 61% dos computadores brasileiros* foram infectados por malwares em 2010, aliás, uma homenagem justa ao povo brasileiro que é um dos mais infectados do mundo! Por que? Uma das razões é que, como gostamos de dar um "jeitinho" em tudo, acabamos apelando para a pirataria de software, uma das maneiras mais imbecis para infectar um computador, graças à instalação voluntária de "cracks", "patches", "keygens" e outras geringonças inventadas para enganar trouxas que querem levar vantagem em tudo.

O seu Windows é um pirata com um "crackezinho" da hora que o "técnico" jura que "funciona"? O seu anti-vírus é gratuito (daqueles que só se atualizam por 1 ano), ou uma daquelas versões "trial" que vale somente por 30 dias e que você meteu um crack e está usando até hoje? Se o seu perfil se enquadra no perfil da maioria dos internautas brasileiros, bem vindo o clube dos contaminados pelas mais variadas pragas, que fazem a alegria dos cibercriminosos especializados em roubo de informações bancárias.

Como é sempre bom lembrar que a ignorância é a alma do negócio, nunca é demais relembrar algumas velhas verdades e lendas que nunca morrem.

1) Vírus queima o HD.
Lenda: ainda não foi comprovado que algum código de computador consiga destruir fisicamente um disco rígido (muito menos queimar), exceto, o Sistema Operacional Windows Millennium, que se tornou famoso por realizar muitas operações de leitura/gravação e estressar os HDs da época. Entre outras coisas, por isto ele é considerado um dos maiores fracassos tecnológicos de todos os tempos.

2) Desabilitar o Autorun do Windows dificulta a contaminação via pendrives.
Verdade: eu desabilitei o meu e aconselho todo mundo a fazer o mesmo nos seus micros, pois é uma das grandes portas de entradas de vírus realmente sarnentos. Saiba como fazer isto simplesmente digitando "desabilitar autorun" no Google, que encontrará inúmeros métodos adequados para a versão do seu Windows.
Acredite se quiser: o vírus Stuxnet só se espalhou por usinas nucleares o mundo inteiro, porque elas operavam com Windows desatualizado e, pasme, com o Autorun habilitado! Meu Deus! Qualquer retardado mental pode desativar o Autorun, mas os senhores Professores Doutores das centrais nucleares não tinham inteligência suficiente para se precaver desta maneira ridiculamente simples. Por isto se diz que nasce um otário por minuto.

3) Vírus pode apagar/corromper a BIOS.
Verdade: quando a indústria mudou o tipo de memória de EEPROM para Flash, para armazenar os programas de inicialização do computador, abriu a brecha para que tal memória pudesse ser apagada, ou alterada por um vírus de Boot, como é o caso do Chernobyl.

4) Você é uma pessoa segura, portanto, seu computador jamais pegará vírus.
Lenda: a segurança absoluta somente poderia ser atingida se você NÃO navegasse na Internet e não usasse qualquer tipo de Drive, ou seja, é impossível ser 100% seguro quando se precisa compartilhar dados o tempo inteiro.

5) O simples fato de visitar uma página da Internet pode contaminar o computador.
Verdade: Atualmente, as pessoas infectam seus computadores com Trojans (cavalos de Troia) simplesmente entrando em determinadas Sites da Internet e não precisa ser apenas páginas suspeitas, mas também aqueles Sites acima de qualquer suspeita. Portanto, ter um excelente anti-vírus com proteção em tempo real é uma necessidade básica de sobrevivência.

6) Os vírus só atacam o Windows e não o Mac e o Linux.
Lenda: só não atacaram ainda porque nunca foi economicamente viável em virtude do número micho de máquinas de usuários finais que portam estes Sistemas Operacionais.

*61% dos PCs brasileiros foram infectados com malwares de roubos de dados bancários em 2010.

7 comentários:

  1. O item 5 é uma meia-verdade.
    Navegadores criados pensando na segurança e que recebem atualizações constantemente são mais difíceis de rodar um malware ou script malicioso.

    Está mais seguro o usuário que utiliza o Firefox ou o Opera do que aquele que vê o "E" no desktop e considera aquilo a "internet".

    Quanto ao anti vírus, ele ajuda, mas não é método confiável. Delegar a segurança a um software já é uma falha. Por isso é essencial a educação de quem utiliza o computador.
    99% das contaminações são culpa do usuário.

    ResponderExcluir
  2. Certíssimo!
    Os problemas sempre ocorrem em cima de falhas de segurança. Digamos assim, os cibercriminosos avançam e os especialistas correm atrás, numa brincadeira de gato e rato. Por isto, não raramente podemos pegar uma praga que se aproveitou de uma brecha que o desenvolvedor do nosso Browser ainda não detectou.
    Adicionalmente, no Brasil ainda temos o elemento complicador do Windows pirata institucionalizado. Navegador bom em Sistema Operacional manco de nada adianta.

    ResponderExcluir
  3. OLá Isaias, meu velho guru informatico. Posso fazer uma pergunta? E, é óbvio, esperar uma resposta?

    Em qual voce acredita mais: Google Analytics, Aba de Estatiscas do Blogger, Hitstats?

    Tenho encontrado divergencias entre os tres. Devo concluir o que?

    Obrigado e grandes abraços.

    Jonas

    ResponderExcluir
  4. Jonas,
    não querendo me gabar, mas você caiu no lugar certo! Analisemos por partes:
    Aba de estatísticas do Blogger: serve como um substituto do who.among.us porém, sem onerar o tempo de carregamento do Blog - mas não fornece estatístics de long prazo;
    Histats: não te fornece estatísticas a longo prazo, já que ao término de 1 nos eles zeram tudo - isto não acontece na versão paga;
    Google Analytics: dos serviços gratuitos é o melhor.
    Tem gente que habilita todas estas traquitanas junto, só que cada uma delas, exceto o Stats do Blogger, roda um java script que deixa o visitante a ver navios, enquanto ele espera o carregamento da página.
    Quando o acesso via dispositivos móveis aumentar, este tipo de gargalo será fatal para os blogs pois as conexões de telefonia móvel são péssimas e instáveis.

    ResponderExcluir
  5. Por isso, e muito mais, que eu gosto do LINUX!
    Recomendo!

    ResponderExcluir
  6. Lembrando que para evitar tais transtornos, para aqueles que adoram baixar programas em sites de confiança e segurança duvidosa, após o download, SEMPRE escanear o arquivo com o antivirus e se possível com um outro programa para rastreamento e detecção de pragas virtuais. Isso ajuda e muito a prevenir possíveis infecções.

    ResponderExcluir