Pesquisar

27 de abr de 2011

Velharias tecnológicas que ainda são fabricadas.

Pela lógica, tão logo aparecem as inovações tecnológicas, os aparatos vigentes deveriam desaparecer paulatinamente. Todavia, a escrita não é tão certa assim, já que vários equipamentos obsoletos teimam em resistir à corrosão do tempo. Não obstante o fato da maioria dos dispositivos abaixo não serem conhecidos dos adolescentes atuais, eles continuam sendo fabricados e, aparentemente, não desaparecerão tão cedo.

Fitas K7.
Os produtores escoceses afirmam que as boas e velhas K7 ainda encontram devotos nos mais diversos recantos do mundo, onde são usadas em treinamentos, palestras religiosas, histórias infantis, jornais falados, etc.
Fabricante de Fitas K7 na Escócia [Chow Productions Scotland]
Lista de fabricantes de fitas K7 na China [Global Sources]

Disquetes de 3,5 polegadas.
Impressionantemente, ainda existem muitos aparelhos e softwares instalados em universidades e centros de pesquisa, cujo funcionamento depende única e exclusivamente dos bons discos moles. Aliás, o meu teclado musical só grava arquivos MIDI em disquetes.
Fabricantes de Disquetes na China [Made-in-China]

Máquinas de escrever.
Apesar da notícia bombástica de 26/04/2011 do fechamento da fábrica indiana Godrej and Bouce, último grande fabricante de máquinas de escrever do mundo, vários outros fabricantes menores continuam de vento em popa na Índia, país considerado o último bolsão de uso deste tipo de equipamento.
Último fabricante de máquinas de escrever fecha as portas na Índia.
Lista de fabricantes de máquinas de escrever na Índia [Lemohunt]

Câmeras fotográficas de filme 35mm.
Apesar do declínio no uso, em face do avanço vertiginoso das câmeras digitais, uma nova geração de jovens descolados acha “fashion” as velhas câmeras com filme, principalmente as Lomográficas, que permitem tirar fotos imitando o estilo antigo.
Lista de Revendedores [Amazon]
Lista de Fabricantes chineses [Alibaba]

Câmeras Polaroid de filme instantâneo.
Quem apostava na extinção deste tipo de câmera, quando em 2009 o fabricante Polapremium anunciou a sua descontinuação, estava redondamente enganado. Acontece que um grupo de abnegados holandeses montaram o projeto “The Impossible Project” para continuar fabricando os filmes instantâneos. E a coisa deu tão certo, que o ícone do mundo da fotografia está ressurgindo das cinzas.
Câmeras Polaroid serão relançadas em 2010. 

Carburadores.
Ninguém mais pensa em fabricar carros carburados no mundo, no entanto, só no Brasil a frota estimada de automóveis que usam este dispositivo ultrapassa os cinco milhões de unidades. Para atender todo este mercado de veículos fabricados antes de 1995, os carburadores continuam sendo fabricados.
Fabricante brasileiro de carburadores [Brosol]
História do Carburador no [WebMotors]

Fitas VHS.
Em 2008 a JVC japonesa fechou a última linha de montagem de videocassetes do mundo, entretanto, misteriosamente as fitas continuam sendo fabricadas até os dias de hoje em vários lugares remotos da China.
Fabricantes de fitas VHS na China [Alibaba]
A JVC decreta a morte oficial do VHS em outubro de 2008.

Discos de vinil.
Nenhuma tecnologia digital conseguiu superar a qualidade de som dos velhos bolações. Por isso eles continuam vivinhos da silva para quem se interessa por seus ouvidos e o melhor vem agora, ressuscitaram uma fábrica no Brasil dos saudosos long plays e compactos.
Fabricante brasileiro de disco de vinil [Polysom]
Os velhos LPs estão voltando?
As gravadoras voltam a prensar LPs, é o fenômeno do ressurgimento do vinil.

18 comentários:

  1. Na Europa, os velhos e bons vinils ainda são obrogatórios!

    ResponderExcluir
  2. Eu queria saber quem é essa "geração de jovens" que gosta de câmeras de filme 35mm. Faz 6 meses que anuncio um câmera em classificados, mercado livre, pessoalmente, e até agora ninguém quis.

    ResponderExcluir
  3. Vai ver a onda ainda não chegou aqui. Veja bem, nas cidades do interior os laboratórios ainda revelam filmes de 35mm.

    ResponderExcluir
  4. Acho que o lance do vinil não é apenas coisa de audiófilo (ou hipster). É claro que as gravadoras têm muito interesse em "ressuscitar" o LP. Até onde eu sei, o vinil é impirateável.

    ResponderExcluir
  5. O vinil é pirateável só por algum maluco que queira gastar mais do que o produtor pagou para prensá-lo.

    ResponderExcluir
  6. varias coisas q faz tempo q naum vejo rsrs
    -------------------
    visitem o blog de humor de maior sucesso, com muitas piadas, pérolas, tirinhas, vídeos, imagens e muito mais, acessem: http://piadasdofah.blogspot.com
    e divirtam-se!!!!

    ResponderExcluir
  7. Opa.. muito legal o post... parabéns pela ideia do blog...

    Att
    Notícias da Bahia

    ResponderExcluir
  8. Cameras de filme, mesmo 35mm ainda sao muito usadas. Existem algumas revistas que só aceitam fotos tiradas em filmes (nem sempre 35mm). A qualidade das fotos, quando ampliadas ainda fica melhor. As que tem cromo, sao únicas.

    ResponderExcluir
  9. Essa fábrica de vinil brasileira fiquei a saber através do Jornal do SBT. Ela é única na América Latina e, inclusive, cantoras como a Pitty já gravaram versões de seus CDs em vinil.

    ResponderExcluir
  10. Errou em "bolações"

    ResponderExcluir
  11. Pensei que iam falar dos despertadores a corda! Quem lembra??? Me surpreendi em saber que ainda são vendidos. E eu não tô falando daquela versão a bateria, é um a corda mesmo!!! Acho que vou até comprar um pq acho um aparelhinho legal pra cacête!

    ResponderExcluir
  12. aurisson, tens razão, os despertadores à corda são fabricados e estão a disposição nas relojoarias.

    ResponderExcluir
  13. A tal moda da câmera retrô não é 35mm!
    É filme de formato médio, 120. É o rolinho que era usado nas Roleiflex (câmera de fotografar formatura) e Hasselblad.
    As câmeras mais populares são as Lomo, que foram desenvolvidas na União Soviética e hoje em dia adquiriram status de celebridade. São câmeras toscas comm lente de acrílico, e as vignettes e distorções que elas causam nas imagens são consideradas estilosas! Existem até apps de iphone que simulam o efeito... em foto digital.
    Veja shop.lomography.com, Isaias, e entenda que essa modinha não vai te ajudar a se desfazer do seu equipamento 35mm...

    ResponderExcluir
  14. GENTE, EU TENHO 16 ANOS E SEI O QUE É ISSO TUDO, QUERIA MUITO PODER VOLTAR A USAR, TO INDO PRA CHINA COMPRAR FITAS K7, FITAS VHS , UMA MÁQUINA DE ESCREVER E UMA CAMERA POLAROIDE *-*

    ResponderExcluir
  15. Suelen, neste momento estou ouvindo uma das minhas fabulosas fitas K7 Basf Cromo gravada no exato dia 19.01.89. Tenho também uma vasta coleção de LPs. Só nunca tive Polaroide ;(

    ResponderExcluir
  16. Tomara que alguém aqui no Brasdil recussite os cartuchos atari e o videogame também, até porque é complicado achar partes para reposição.

    Queria muito que algum empresário se abilitasse a faze-lo.

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir