Pesquisar

30 de nov de 2011

Perguntas frequentes sobre o sal nosso de cada dia


Alexia Dechamps: viciada em shoyu, um mal exemplo pra toda a família
 Todo mundo sabia deveria saber que sal faz mal à saúde, só que nenhum alimento menciona a quantidade de sal adicionada e sim sódio. Então está feita a confusão, pois se o sódio é um elemento essencial à saúde, o seu excesso causa hipertensão e falência dos rins, entre outros compêndios de males. Estimuladas pelo hábito moderno de comer comidas industrializadas, as pessoas se acostumaram com os sabores super-salgados, acostumadas não, pois elas simplesmente se viciaram tanto no sabor, que não conseguem imaginar a vida sem ele.

Quando vemos as perguntas na internet, nos damos conta da grande ignorância por trás do simples fato da escolha de alimentação mais saudável, já que as pessoas não cultivam a rotina de checar as embalagens dos produtos que compra para verificar a quantidade de sódio.

Quanto de sal podemos ingerir por dia?
É complicado falar em sal e sódio porque o sal é uma das fontes de sódio. Se a medida de todo o sódio ingerido no dia fosse transformada na mesma quantidade de cloreto de sódio (sal de cozinha), a quantia máxima seria de 5 gramas, ou seja, uma colher de chá.
Uma dieta saudável deve conter no máximo aproximadamente 2000 miligramas de sódio por dia. Esta é a base para você fazer os cálculos quando vai ao supermercado.

28 de nov de 2011

Meus métodos pessoais de sucesso contra a tendinite

As inflamações nos tendões ocorrem em consequência de movimentos repetitivos. Como uso bastante o mouse e teclado e, além disso, toco piano, ao longo dos anos desenvolvi dores crônicas a princípio no braço direito. Por causa delas, adotei alguns procedimentos que evitaram o alastramento do problema, pois a tendinite uma vez instalada, vira uma situação crônica em que você pode ter sob controle, mas nunca a cura total.

O segredo do combate à tendinite é aprender a diluir por outros músculos o esforço do movimento repetitivo causador da afecção, ou seja, mudar o foco é a palavra de ordem.

- aprenda a trocar o mouse de mão:
Minha primeira providência foi “ensinar” a mão esquerda a operar o mouse. Hoje, por vezes ela desempenha papeis mais precisos do que a ex-titular direita.

27 de nov de 2011

Termos técnicos em inglês que você deve saber antes de comprar um piano importado



Recentemente, quando passei pelo processo de compra do nosso 1º piano de cauda, a maior dificuldade foi tentar entender as especificações em inglês e os termos técnicos empregados nos fóruns internacionais sobre pianos. Passado o perrengue e depois de ter traduzido os principais termos usados globalmente, acho oportuno compartilhar com os que enfrentam o mesmo problema e estão a ponto de comprar um piano importado novo, sem ter certeza se estão comprando gato por lebre.

25 de nov de 2011

Depressivo alegre, isso é possível?


Mesmo que a depressão seja a doença do século, as pessoas se equivocam com os seus sintomas, pois tendem a confundir estados passageiros de acabrunhamento e tristeza com depressão. No intuito de dirimir a dúvida crucial que paira sobre o reconhecimento da depressão, vamos a uma perguntinha interessante publicada no Yahoo!Respostas:

O que fazer para espantar a preguiça e o desânimo de uma pessoa que conheço e não consegue fazer nada?
Falo para a minha irmã fazer as coisas, para o bem dela, se cuidar, procurar um emprego, arrumar as coisas dela, a casa, sair mais, arranjar namorado novo, fazer mais amigos, estudar um curso, etc., mas ela diz que não tem ânimo para nada, que é tudo muito complicado para ela e não faz nada o dia todo. Eu sei como é ter preguiça, eu também tenho às vezes, mas faço um monte de coisas durante o dia, mesmo achado complicado. Porém, a preguiça dela é muito grande e não é depressão, porque ela diz que se sente alegre, bem. Ela tem 29 anos e queria saber se tem alguma mentalização para fazer a pessoa não ter preguiça, algum conselho que eu possa dar a ela que resolva, porque ela me pediu ajuda, mas não sei como ajudar uma pessoa muito preguiçosa. Isto é um problema psicológico? O que fazer?

Ora, o fato de uma pessoa se sentir “alegre e bem” não significa que ela não tenha depressão. Quem disse que o depressivo precisa se sentir necessariamente triste? Pode até ser uma pessoa bonachona e aparentemente despreocupada, mas que não consegue tocar a suas coisas na vida, não consegue estudar, encarar um emprego, enfrentar desafios, realizar projetos, estancar a compulsão alimentar, resolver a insônia, etc.

Como você pode notar, o mote da pergunta gira em torno do termo “preguiça”, um substantivo bastante pejorativo de reconhecimento, que se por um lado exime o paciente da doença, por outro carimba na sua testa a “falta de vontade”. Assim, todos os elementos da depressão clínica foram elencados no texto, inclusive a rejeição social que “desdoentiza” a depressão e a transforma num assunto concernente à livre vontade, como se todos achassem que a dor de cabeça é algo que as pessoas sofrem porque não tem vontade de lutar contra ela.

Assim como ninguém é obrigado a padecer o resto da vida de dor de cabeça, a depressão também não pode ser atribuída exclusivamente à relapsidão das pessoas. Certamente os pacientes hesitam em procurar ajuda médica porque ninguém se sente confortável em enfrentar o tabu da doença mental, quando então o processo vira um círculo vicioso de tentativas de melhora mediante a mentalização de novas atitudes, seguidas de recaídas na compulsão alimentar, desistência dos projetos, falta de perspectiva de vida, apatia afetiva, etc.
Logo, mesmo que você se sinta alegre e bem, mas apresenta os sintomas relatados na pergunta acima, não adianta tapar o sol com a peneira; procure ajuda psiquiátrica o mais depressa possível, só assim você descobrirá quanto tempo foi perdido. 

23 de nov de 2011

Belíssimas impressões sobre o piano de cauda Palatino PGD-59

Depois de decretar o fim da era do meu piano de armário, passei a pesquisar em todos os lugares um bom piano de cauda que nos desse prazer em primeiro lugar. Então, decidimos eu e a minha mulher, que merecíamos qualificar os nossos momentos lúdicos, ainda mais porque não temos TV, portanto, nos desobrigamos de perder a metade da vida vegetando em cima do sofá.

22 de nov de 2011

10 Dicas de compra de piano para iniciantes


Meu primeiro piano foi um de armário da marca J. Hoelzl, brasileiro do Paraná, desprezado pelos afinadores, mas cujo tom me apaixonou, adquirido quando eu recém adentrara na iniciação do curso de piano. Como depois de 8 anos estou partindo para um piano de cauda, resolvi compartilhar com você alguns conhecimentos acumulados que podem ter alguma valia para os marinheiros de primeira viagem nesse troço maravilhoso de tocar piano

21 de nov de 2011

Quando a Masturbação incontrolável é crime


Masturbação crônica ou compulsiva é o processo patológico no qual a pessoa é coagida a usar o auto-erotismo como uma válvula de escape em qualquer hora do dia ou da noite, mesmo nas situações mais inadequadas e constrangedoras, na tentativa de resolver problemas de natureza afetiva, financeira, moral, frustrações, etc.

18 de nov de 2011

O que fazer quando o Firewall do Windows não funciona depois da desinstalação do McAfee?


Quem já teve um dos grandes programas de Antivírus disponíveis no mercado, Norton, Kaspersky, Eset, etc., aprende que eles próprios são uma espécie de vírus que terminam se apoderando da sua máquina. Quero dizer com isto que às vezes a erradicação completa do programa do seu PC não é tarefa nada fácil.

Usei e paguei por alguns anos o antivírus McAfee e agora enchi o saco. Terminou ontem a validade e resolvi ficar por ora com a proteção nativa oferecida pelo Windows via Firewall e Microsoft Security Essencials. Claro, tudo na esperança de que os criminosos fazedores de vírus estejam migrando em massa para as novas plataformas móveis e deixando os pobres usuários de PC em paz.

A hora do pesadelo começou quando, depois de eu ter desinstalado o McAfee via painel de controle, começou a aparecer a seguinte mensagem: A central de segurança não pode ativar o firewall do Windows”

1º Método: Desinstalação definitiva do McAfee através do programa de desinstalação
Fuça aqui e fuça acolá, acabei descobrindo um programinha que promete retirar os últimos vestígios do maledeto do McAfee do computador. Rodei o bichinho e não funcionou, o Firewall do Windows continuava desativado.

2º Método: Resetar e restaurar o diretório REPOSITORY
A seguir, encontrei esta dica para restaurar o diretório REPOSITORY:
No Windows Vista, abra o Prompt de comando clicando com direito e escolhendo executar como administrador
Fase a:
- digite: net stop winmgmt
- digite: S
- digite: winmgmt /verifyrepository
- digite: winmgmt /resetrepository
- Reinicie o computador

Fase b:
abra  o Prompt de comando clicando com botão direito e escolha “executar como administrador”:
- digite: NET STOP WINMGMT
- digite: CD /D %WINDIR%\SYSTEM32\WBEM
- digite: REN REPOSITORY REPOSITORY.OLD
- Reinicie o computador

Naturalmente o 2º método não funcionou, portanto, tive que partir para a solução final. 

3º Método: A solução final
Abra o prompt de comando clicando com o botão direito e escolha a opção “executar como administrador”:
- digite CD c:\windows\system32\config\TxR   (dependendo da letra do seu drive de sistema, este caminho pode variar)
- digite: ATTRIB –H –S * (para tornar visíveis todos os arquivos do diretório)
- digite: DEL *.blf
- digite: DEL *.regtrans-ms
- reinicie o computador e viva feliz com a proteção nativa proporcionada pelo tio Bill Gates!

13 de nov de 2011

Guia de entendimento geral do Manual para Entender as Mulheres


As mulheres não são complicadas, nós e que somos simples demais. Para você saber com quem está lidando, basta ver que se não for piriguete, uma mulher jamais te convida para a cama à queima roupa, ao invés disso, lança charminho e prepara a cena para que você acabe entrando triunfalmente com os seus dotes essencialmente masculinos... na certeza de que planejou e controlou tudo.

Por isso, não basta traduzir minimalisticamente algumas pérolas do glossário feminino, como faz o Manual que circula profusamente na internet, mas avançar um pouco no pensamento da mulher e na sua forma bastante peculiar de dizer tudo falando coisa alguma palpavelmente inteligível.

9 de nov de 2011

Qual é o misterioso ingrediente que faz a Coca-cola viciar como droga?


Todas as gerações ao longo de mais de um século tem nascido e crescido bombardeada pelos seguintes slogans: "Coca-cola é isso aí",  "Coca-cola dá mais vida a tudo", " Tudo vai melhor com Coca-cola", " Viva o lado Coca-cola da vida", etc. Com isto, o ato de beber o líquido escuro foi extrapolado a algo muito maior do que a simples alimentação, hoje ele é um hábito culturalmente estabelecido e uma maneira da pessoa se sentir colada às tendências do seu tempo.

8 de nov de 2011

E se os carros fossem Redes Sociais?


Depois da invenção da internet, a coisa mais genial criada a seguir foi a rede social, uma ferramenta que aboliu inteiramente as cartas, já está corroendo o e-mail e acabará em breve com a supremacia do telefone como meio de aproximar as pessoas. Contudo, antes que tivessem inventado um meio genial de manter as pessoas presas às suas cadeiras, os automóveis reinaram absolutos como a forma mais surpreendente das pessoas irem ao encontro dos entes queridos no velho estilo do tête à tête presencial.

Por isso, é oportuno traçar alguns paralelos e vislumbrar algumas metáforas entre o velho e o novo instrumento de contato humano, sendo que os dois servem aos mesmos fins: facilitar a  mobilidade humana.

Myspace: carro ultrapassado - quase ninguém ouviu falar
Dizem que os carros nacionais estão ultrapassados, tanto que todas as montadoras nacionais estão substituindo-os por modelos globais, contudo, há outro fator mais assustador: o próprio conceito de motor queimador de combustíveis fósseis está totalmente defasado, na sua qualidade de sobrevivente dos tempos de Henry Ford, disputa hoje um lugar ao sol num mundo governado por Touch Screens, GPS, Bluetooths, Tablets e miríades de outras atrativos tecnologicamente avançados.
Tal é a metáfora mais parecida com o Myspace; o primeiro gigante do novo mundo das Redes Sociais, que de extremamente popular nos idos de 2003 a 2006. Em 2005 ele foi comprado por 580 milhões de dólares, mas começou a experimentar paulatinamente o gosto amargo do abandono e do esquecimento, até ser vendido pela bagatela de 35 mi em 2011 – decadência similar aos modelos de carros tupiniquins, que agora cedem espaço aos lançamentos mundiais.

Badoo: conversível – carro pegador
As redes servem para pegar e um carro conversível também, logo, a analogia entre carros e o Badoo é inevitável!

Orkut: Volkswagen Gol – o carro do povo
Experimente pesquisar o ano de 2004 (da criação do Orkut) para saber qual foi o carro mais popular: o Gol. É isto o que o Orkut continua sendo no Brasil. Entretanto, apesar de ambos continuarem a monopolizar a popularidade em 2011, os inimigos estão chegando perto dos garrões e prontos para dar o bote fatal.

Twitter: Volkswagen Nils elétrico – minimalismo extremo
A Rede do passarinho azul é toda cheia de limitações a atende perfeitamente a quem tem uma só prioridade: a instantaneidade. Portanto, ela é pouco espaçosa e os seus mínimos recursos mal e porcamente atendem o internauta que resiste ao enjoo do mar do baleiamento, proposta bem semelhante à da Volkswagem apresentada no salão do automóvel de Frankfurt para tentar driblar o caos do trânsito nas grandes cidades, onde a vasta maioria dos carros trafega com somente UM passageiro: o minúsculo carro elétrico de um lugar, praticamente um Tweet de 140 caracteres.

Linkedin: Toyota Corolla - tiozinho na área
A Rede Social destinada às relações de trabalho é semelhante ao Corolla, considerado por 9 em cada 10 estrelas como um carro de tiozinho.

Facebook: carro driverless - complicação total
Ela é efetivamente a Rede Social mais complicada do mercado, tanto que caem no Blogpaedia chusmas de perguntas de usuários não conseguindo configurar até as coisas mais simples, que não conseguem se achar nos controles mais complexos do que um painel da NASA. Então, o Facebook é semelhante aos modernos protótipos de carros sem motorista, totalmente computadorizados, cujo controle escapa totalmente ao usuário comum. Ao bem da verdade, graças à eletrônica embarcada, os automóveis atuais já escaparam há tempos à compreensão dos motoristas e dos mecânicos “pica-paus” de esquina que “quebravam o galho” à base de aramezinho e chicle.

Google Plus: carro chinês - tem tudo, mas ninguém quer ter
A mais nova tentativa do Google na área das Redes Sociais (já que os seus cartuchos anteriores saíram pela culatra: Orkut, Buzz e Wave), lembra os carros chineses que estão chegando aos magotes no Brasil. São todos completinhos, mas carecem de dois itens fundamentais: confiabilidade e popularidade. Neste mesmo rumo, a nova Rede Social do Google parece por enquanto um auditório vazio, você olha as milhares de cadeiras... mas cadê a audiência?

3 de nov de 2011

Os perigos de se ter o carro dos sonhos


O recente crime ocorrido aqui perto na cidade de Nova Petrópolis, município da região da Serra do Rio Grande do Sul*, somente reforçou as minhas suspeitas; possuir um dos carros mais cobiçados do mercado não chega a ser um dos melhores conselheiros para a sobrevivência nas nossas cidades caóticas. Um rapaz trafegava na madrugada numa plácida cidadezinha interiorana, quando o seu Golf foi atingido por disparos de fuzil desferidos por bandidos que recém haviam explodido um caixa eletrônico.

1 de nov de 2011

7 Sinais inequívocos da feiura provam que beleza é uma questão matemática


Não senhores, a beleza não é uma questão imprecisa e muito menos subjetiva, pois segundo o ideal grego, ela depende de proporções, medidas e pesos muito bem distribuídos. Quando a assimetria impera, a desproporcionalidade e a rusticidade dos traços, então caímos nos diversos graus de imprecisão da fealdade, quando chamamos a pessoa de “simpática”, “dona de beleza interior”, “dotada de alguns ângulos favoráveis”, etc.

Infelizmente, caímos nesses papos relativísticos modernos politicamente corretos e terminamos refutando a grande verdade: o belo tem que valer por si mesmo, ou simplesmente não serve para nada, o que desemboca no terrível nivelamento por baixo, quando não nos permitimos reconhecer os sinais de perfeição da Obra de Deus nos mínimos detalhes. Ora, para contemplarmos a beleza é imprescindível reconhecer a feiura e, para tanto, peguei uma imagem comum veiculada em anúncios da internet, onde aponto algumas minúcias que denunciam as desproporcionalidades e assimetrias de uma mulher jovem que, por mais simpática que possa parecer, não há como negar a sua inconformidade matemática.

1) Testa trapezoidal
Uma característica marcante da feiura e representada especialmente por essa figura geométrica, em oposição à quadratura da beleza pura. Portanto, uma testa trapezoidal e/ou pequena é o primeiro sinal inequívoco de que a deficiência na proporção áurea é imperdoável.

2) Rosto em formato hexagonal
Há uma correlação estreita entre este tipo de rosto e figuras comumente reconhecidas como feias.

3) Olhos pequenos, separados e redondos
Tradicionalmente, gnomos possuem olhos redondos, porém tais figuras míticas nunca se prestaram a sinônimos de beleza.

4) Nariz batatudo arrematado por orifícios separados
Quaisquer traços que lembrem os gnomos não servem como paradigma de beleza.

5) Pele detonada
Deus, na sua infinita sabedoria e misericórdia, concedeu às pessoas belas peles aveludadas, enquanto dotou as feias de Acnes e cicatrizes bixiguentas.

6) Lábios finos
Lábios estreitos demais nunca combinaram com o conceito de beleza strictu sensu, por isso a moda atual dos lábios engrossados via cirurgia plástica, o que é uma aberração, pois fere o princípio da proporcionalidade.

7) Queixo duplo
Sempre tenha em mente que ogros também tem queixo duplo ou triplo.

Leia também: