Pesquisar

2 de ago de 2011

13 medos conjunturais das mulheres e suas resoluções (Parte I).

Não, não somente os homens possuem medos* que assolam as suas existências, já que qualquer mulher é assaltada todos os dias da sua vida por apreensões aparentemente bobinhas, mas como veremos adiante, terminam forjam-lhes a linha psicológica.
Tida na alegoria bíblica como o ato derradeiro da criação, Deus instituiu como companheira do homem o ser mais lindo da natureza e é em homenagem a esta beleza que me esmerei em apontar alguns senões capazes de levantar o sobrolho delas, pois uma coisa é certa, quando você vê uma mulher placidamente entregue aos seus pensamentos, certamente alguma “preocupação de mulher” estará atravessando a sua mente. Logicamente que, no máximo, podemos apenas propor atenuações para os males, já que as soluções definitivas talvez somente as deusas alcancem.

1) Depilação.
Exibir porções anatômicas em público com algum item depilatório fora do prazo de validade chega às raias da obsessão. A ilustrar esta pagação de mico (vista assim sob o severo crivo social), eventualmente vemos na imprensa alguma celebridade flagrada, digamos, não nos seus melhores dias (não é o caso da tenista da foto).
Atenuação: adote atitudes mais descoladas, afinal, a incorporação acrítica todos os ditames impostos pelos costumes culturais pode transformar a sua vida num inferno. Particularmente, não alimento nenhum rancor contra os sagrados pelos postos aí por Deus, para o cumprimento de propósitos muito bem engendrados.
10 razões para você ficar peluda, gata e sensual.

2) Pele.
O trabalho e o custo dispendidos com cremes e procedimentos estéticos preenchem em grande parte o dia útil feminino. Quem convive com uma delas, aprende o quanto elas tem um mapa topográfico mental das suas manchas e imperfeições epiteliais que eruptem traiçoeiramente.
Atenuação: tratar por um lado e desencanar por outro. Lembre-se sempre que a sua pele é o resultado do que você come e quanto mais comida-lixo ingerida, menos os seus intestinos eliminarão os resíduos e mais a sua pele refletirá a quantidade de impurezas retidas no seu organismo. Considere esta dica como um bônus Activia! Ademais, as amantes entusiásticas do sol detonam o prazo de validade das suas peles.
Bronzeamento: longe de saudável, é mortal!

3) Bunda.
Pesadelo de toda a mulher: ter um bundão (não é o caso da foto). Este item nevrálgico da anatomia feminina sofre sob os efeitos da maior inimiga das mulheres, a força da gravidade, raiz de vários medos aqui expostos. A única maneira de combater a famigerada flacidez dos glúteos se dá através de exercícios. Portanto, buzanfa em formato de panqueca é um inimigo a ser combatido ferozmente todos os dias da vida!
Atenuação: sem exercícios não há salvação! Quer voltar a ter o seu bumbum contido por uma  calça de brim? Elimine os elevadores da sua vida e adote escadas, de quebra seus glúteos vão agradecer!
Guia ilustrado de 11 tipos de bundas femininas.

4) Pernas.
Medo dos culotes, gordurinhas sobrantes, demasiadamente roliças, são preocupações capitais que costumam acender lâmpadas amarelas e vermelhas nas lindas cabeças femininas.
Atenuação: os exercícios são a panaceia universal para todos os males, portanto, pernas bem torneadas não são conquistadas como passe de mágica, mas como resultado de muito suor e horas de caminhadas.
Motivos para você não emplacar nos exercícios físicos.

5) Cabelo.
Pintar ou não pintar, qual cor, mudar o looking, qual tipo de corte escolher e centenas de outras variações sobre o mesmo tema são questões frequentes a ocuparem uma parte da psiquê feminina.
Atenuação: as opções mais clássicas e conservadoras são as que preservam melhor os preciosos fios. Só não sei porque algumas meninas insistem em pintar o cabelo desde cedo, sabendo-se que eles estarão destruídos na idade madura, devido à ação implacável das substâncias químicas contidas nas tinturas.
Existe vida fora do cabelo pintado?

*Top 10 medos dos homens.

Aguarde no próximo artigo: Celulites e estrias, Espelho, Dieta, Gordura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário