Pesquisar

5 de ago de 2011

13 medos conjunturais das mulheres e suas resoluções (Parte II)

Ninguém quer ver as mulheres por baixo e muito menos tê-las sofrendo por motivos idiotas. Como a última coisa não é possível, resta o consolo de tentar atenuar velhos tormentos nesta continuação do artigo anterior.

6) Celulites e estrias.
Isto é como se preocupar com sol e chuva, pois são fenômenos naturais e inevitáveis que acontecem mais ou menos com todas as mulheres.
Atenuação: o "mais ou menos" é determinado em grande parte, além de fatores genéticos e raciais, pelo tipo de dieta. Dieta rica em cafeína, refrigerantes, gorduras e excesso de sal, aliada ao tabagismo e consumo alcoólico, são os grandes vilões para o desenvolvimento de celulites e estrias, portanto, é um mal de origem preponderantemente comportamental.
Até as famosas tem celulite!

7) Espelho.
Espelho espelho meu... Um ritual imutável/implacável, que se repete todos os dias, é a apalpação matinal do rosto no espelho à espreita das marcas do tempo.
Atenuação: como deter a marcha do tempo é uma tarefa impossível, melhor seria investir na excelência do ser humano, ou seja, naquilo que distingue a sua espécie homo sapiens sapiens dos outros animais, a inteligência. Portanto, combate-se o avança do tempo com sabedoria e se o seu marido/companheiro não valoriza esta dimensão... certamente você está ao lado do homem errado.

8) Dieta.
Ser mulher é viver permanentemente em dieta na vida moderna? Aparentemente sim, em face da verdadeira miríade de opções hipercalóricas que nos assaltam diariamente.
Atenuação: os especialistas revelam que é contraproducente tocar um regime por tempo ilimitado, já que o corpo se acostuma com as carências e dá um jeito de criar novas rotas metabólicas para não queimar as gordurinhas adoráveis (para ele). Possivelmente, a melhor saída seria tentar uma solução descontinuada, por exemplo, levar uma vida dura de acordo com o que a sua nutricionista gostaria que você levasse ao longo de uma semana no mês e afrouxar um pouco as rédeas nas três semanas restantes. Foi este tipo de dieta que levou a atriz Regina Casé a perder 13 quilos.
A dieta que fez Regina Casé perder 13kg.

9) Gordura.
Na melhor das hipóteses, se nenhum esforço for feito em sentido contrário, as mulheres tendem ganhar 500 gramas por ano inicialmente, que depois se transforma em um quilo e assim por diante. O carma do passar dos anos é justamente o ganho de peso, pois na medida em que os índices de progesterona caem, o corpo compensa aumentando a produção de tecido adiposo.
Atenuação: escutei uma endocrinologista dizer "a progesterona é a nossa proteção!". Com isto, ela quis dizer que chega uma determinada idade em que a mulher deve pensar seriamente em fazer reposição hormonal.
Esta mesma endocrinologista dá a tinta: ouça bem o que tem a dizer a sua calça de brim, pois ela é a única conselheira que não falha, mesmo que você prenda a balança no armário!
Verdades de gordos e da mulher que luta para virar a maior gorda do mundo.

Aguarde na próxima e última parte deste artigo: Roupas, Seios, Rosto, Idade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário