Pesquisar

25 de fev de 2009

Os 10 mandamentos do Twitter para blogueiros.

Às vésperas de atingir o número cabalístico de 1.000 seguidores, resolvi me arvorar e compilar tudo aquilo que aprendi no meu curto tempo de uso esta genial ferramenta de microblogging.
Seguidores do Twitter
A coisa começou quando eu estava lendo um artigo no Pois Bem (2) sobre os 10 usos criativos do Twitter. Naquele momento a minha máxima compreensão sobre o sistema era de que se tratava de um servidor que permitia microposts de extensão máxima de 140 caracteres. Fiz um comentário ironizando esta nova mídia e posteriormente fui ao Google à cata de subsídios para fundamentar os meus argumentos. Usando as palavras-chave “twitter waste of time”, apareceu como primeiro resultado o Problogger (3) que escreveu um artigo justamente intitulado “Twitter is a Complete Waste of Time!”.

Pensei, aí está a minha chance me municiar com argumentos contra esta nova mania (hype), que depois seria esquecida no limbo de outras tantas panacéias internéticas. Mas, a coisa não se deu exatamente como o previsto, já que o Darren Rowse provoca no texto uma dubiedade proposital: sim, o twitter é uma perda de tempo, desde que você não saiba como usá-lo. Então, ele ensina algumas chaves e se auto-exemplifica como um case vencedor de uso desta nova mídia e discorre como o seu blog se beneficiou do uso intenso do Twitter, mostrando inclusive as maravilhosas explosões nas suas curvas de visitação.

Depois deste insight, corri para o meu perfil quase morto do Twitter e o ressuscitei, coloquei avatar, papel de parede, preenchi os dados, enfim, comecei a investir no brinquedinho para transformá-lo em mais uma poderosa ferramenta de divulgação, que é o que todo blogueiro busca desesperadamente. Mas, cuidado! O uso do Twitter esconde algumas armadilhas que podem pegar de surpresa os incautos.

Vejo muitas contas sendo suspensas ou excluídas pelo Twitter devido ao mau uso. Vejo blogueiros usando tão ignorantemente esta ferramenta, que chego à conclusão que eles acham que se trata de algo semelhante ao MSN. E não é nada disto, além de não ser uma ameaça aos blogs, como alguns probloggers idiotas trombeteiam por aí, pode ser um coadjuvante essencial à arte de blogar.

Mais uma vez citando o Darren Rowse, “The key is the way you use it.” (A chave do sucesso do uso do Twitter depende da maneira como você o usa). Para que os novatos não tentem reinventar a roda e os macacos velhos despertem para as besteiras que estão fazendo, elaborei uma pequena listinha de 10 mandamentos que podem respaldar o bom uso do Twitter e de quebra evitar o aborrecimento de ter o perfil excluído.

Como não estou aqui para reinventar a roda, alguns mandamentos foram embasados no TOS (Termos do Serviço) do Twitter (1), aquela sopa de letrinhas miúdas que ninguém lê.

1- Não bloquearás twitteiros em vão – o famigerado uso do “Block”.
Existe no Twiter o recurso do “Block”, que é uma medida extrema contra alguns tipos de abusos cometidos por cybercriminosos. Você NÃO PODE usar o Block de maneira abusiva, só porque não vai com a cara do sujeito, ou porque não gosta dos seus twitts, o por qualquer outra bobagem. Ele é destinado a casos de SPAM, incitação à violência, xenofobia, discriminação, racismo, nazismo, disseminação de vírus, etc.

Ontem mesmo eu bloqueei um perfil gringo criado exclusivamente para vender o método “Ganhe 10.000 dólares por mês, trabalhando em casa e apenas clicando em anúncios”. Isto é acintosamente um SPAM e deve ser bloqueado.

Lembre-se desta dica: os usuários bloqueados por você poderão ser punidos se caso houver um grande número de bloqueios sobre um mesmo perfil. Se você bloqueia injustificadamente vários perfis, é você que fica desacreditado. Caso você não goste da pessoa, mande um “Unfollow” nela e mesmo que ela continue te seguindo, isto não tem a menor importância.

Dica: para as pessoas que não vão usar definitivamente o Twitter como uma ferramenta de visibilidade, existe o recurso de bloqueio dos Updates, quando os seguidores somente são admitidos depois de receberem a permissão do dono do perfil. Neste caso, quando ele der um Unfollow, os desafetos terão precisarão de nova permissão.

2- Não usarás o nome do twitter em vão.
Você não poderá criar um site que se apresenta como associado ao Twitter, oferecendo hacks do sistema, ou seja, é vedado sair por aí fazendo coisas em nome do site.

3- Não retwittarás demasiadamente – RETWITT.
Retwitts são aqueles posts que vêm com o prefixo RT. São reenvios das mensagens que você julga interessantes e que manda ipsis literis aos seus seguidores. A demasia do uso deste recurso pode acarretar punição. No entanto, o uso parcimonioso do retwitt é aceitável.

4- Não repetirás twitts, pois isto será interpretado como spam.
Alguns perfis, principalmente de Spammers, tendem a repetir indefinidamente os mesmos twitts. Nunca faça isto e aconselho peremptoriamente o bloqueio de qualquer usuário que use este recurso.

5- Não enviarás códigos maliciosos.
Recentemente houve o escandaloso golpe do “Dont’t Click” no Twitter. Infelizmente a maioria dos usuários que foram vítimas deste golpe e em cujos perfis apareceu o famigerado Twitt “Dont’t Click”, apesar de terem sido vítimas indefesas, devem ter recebido muitos Blocks de usuários revoltados. Este é o ônus que você corre quando não se dá conta do que está acontecendo.

Dica: para os usuários do Fire Fox há a alternativa da instalação do plugin "Noscript" que pode impedir a execução de iFrames automatizados, método utilizado pelos cybercriminosos para enganar as suas vítimas.

6- Não usarás o Twitter para inundar os seus seguidores de SPAMs, nem incitarás racismo, violência e discriminação.
Não quero crer que esteja escrevendo para Spammers, mas para pessoas decentes que podem ser confundidas como tal. Para tanto, refreie seus apetites de auto-promoção. Lembre que os procedimentos compulsivos podem “encher o saco” dos seus seguidores. Não publique apenas links para o seu blog, seja diversificado, dê docinhos de coco para eles, trate-os bem mesmo que no fundo, no fundo, o seu negócio é se auto promover. O segredo do negócio é a parcimônia para não deixar escancarar o seu real objetivo, que é o de aumentar a exposição do seu Blog diante do público consumidor.

7- Não intimidarás ou atacarás outras pessoas.
Evite xingamentos e achincalhamentos públicos. Mesmo que lhe tenham ofendido publicamente, prefira usar o recurso silencioso do “Unfollow”, do que ficar batendo boca através de twitts. Os seus seguidores provavelmente vão se aborrecer, o que poderá lhe acarretar uma avalanche de “Unfollows”.

8- Não pensarás que os seguidores vão aparecer só porque você existe.
Se você não sair a campo seguindo as pessoas, elas não vão saber que você existe. Para os novos usuários, o Twitter oferece a oportunidade de ter seguir no máximo 2.000 perfis. Aproveite este largo número e faça uma garimpagem constante de perfis que possam ser seguidos, que tenham blogs semelhantes ao seu, ou que possuam idéias coadunantes com as suas.

Dica: faça uma renovação constante de trás para frente nos perfis seguidos e dê unfollow naqueles que já tiveram tempo de segui-lo e não o fizeram. Assim, você estará abrindo vagas nos 2.000 espaços que o Twitter lhe oferece, pois quando você esgotar os 2.000 e aparecerem novos seguidores e você quiser segui-los, eles ocuparão uma vaga dentro da sua cota. Quando você atinge o limite de dois mil, já não pode seguir nem os novos seguidores, por isto é importante a constante "reoxigenação" no portfólio de seguidos.

9- Não promoverás “floods” através de mensagens diretas.
O Blog The Busy Brain (4) publicou um artigo alertando sobre os perigos do mau uso das Mensagens Diretas. Este recurso nas mãos de Spammers pode propiciar práticas de Flood (inundação) de mensagens indesejáveis. Já existem aplicativos que oferecem este recurso, mas que desaconselho veementemente. No momento em que você tem milhares de destinatários certos para os seus reclames, é uma grande tentação fazer um Flood para atingir a todos eles instantaneamente, mas também é a maneira mais certeira de receber avalanches de “Unfollows” e “Blocks”. Certamente quem promove Floods, acaba tendo o seu perfil excluído pela censura do Twitter.

10- Não restringirás misantropicamente o número daqueles que você segue.
Vejo alguns blogueiros que twittam há mais de ano, tendo 50 e poucos seguidores e que seguem um pouco mais de uma dezena e nem seguem todos os seus seguidores. Isto é um fracasso de uso do Twitter como ferramenta para catapultar um Blog e revela uma incrível falta de visão. O blogueiro que quer ter visibilidade jamais deve ficar distribuindo “Unfollows” com se ele encarnasse a quintessência da genialidade. Você deve aprender a amar os seus seguidores, nem que sejam patricinhas, emos, miguxos, dispensáveis, salsinhas, chatos, fúteis, enfadonhos, etc.

Ame seus seguidores como Cristo nos ama e cuide da sua lista de seguidores como o padre cuida da caixinha da igreja. Fazendo tudo isto acima, você não corre o risco de perder tempo com o Twitter, pois terá um público consolidado, cativo e receptivo ao seu trabalho.
Autor: Isaias Malta

Próximo Post: Como não transformar o Twitter numa guerrilha de Anti-Propaganda.

Referências:
(1) TOS do Twitter.
(2) Pois Bem - Os 10 usos mais criativos do Twitter.
(3) Problogger - Twitter is a Complete Waste of Time!
(4) The Busy Brain Blog - Diretct Messages and SPAM.

9 comentários:

  1. O mandamento de cuidar dos seus seguidores é o que mais dá resultado. Vô já rever a minha lista de seguidores.....

    ResponderExcluir
  2. Show de artigo. Muito bom. Parabéns, retuitei com o link para o migre.me.

    Abraços,
    Monthiel

    ResponderExcluir
  3. Isaís, eu penso que o uso do Twitter é semelhante ao das demais "redes sociais": é um reflexo dos seus usuários.
    Me lembro que em algum dia o Orkut foi bom. Encontrávamos amigos perdidos no tempo, participávamos de fóruns interessantíssimos, aprendíamos mais sobre o relacionamente cibernético e etc. Depois, o Orkut se popularizou, sendo invadido por ETs que promoveram uma verdadeira baderna por lá.
    Tenho receio que o mesmo aconteça com o Twitter.
    Quando entramos em uma rede dessas, é preciso bom senso e observação para só depois começarmos a utilizá-la efetivamente, evitando assim as gafes tão comuns dentro da web (e fora dela).
    Seu post veio contribuir para o "bom comportamento" dos futuros twitteiros.
    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  4. Foi muito bom ler seu artigo. Acabei de fazer o meu cadastro no Twitter e estou feito doido atrás de informações a respeito do seu uso.


    ...mas que o negócio é complicado, isto é.

    Valeu!

    ResponderExcluir
  5. Maick, trate os seus seguidores a pão-de-ló!
    Monthiel, agradeço pelo retuit!
    Eduardo Prado,
    O negócio é complicado porque é a coisa mais puramente Web 2.0 que já foi criada. Então os novatos têm que dominar o conceito da coisa. Como expliquei no artigo, levei meses para começar a entender, até que um gringo conseguiu me abrir a cachola.
    Juliana Sarinha,
    O seu comentário só engrandece este post e desde já agradeço pela sua referência ao meu Blog no seu DicasBlogger.
    Pois é, Eduardo, eu e a Juliana escrevemos quase que simultaneamente dois textos complementares, porém em pontas diferentes: enquanto ela se concentrou nos aspectos iniciáticos, eu me detive sobre a coisa do conceito.
    Todos os newbies que estão em dificuldades diante da complicação incial, aconselho vivamente a leitura do texto da Juliana:
    "Como usar o Twitter – um guia para iniciantes"
    http://dicasblogger.blogspot.com/2009/02/como-usar-o-twitter-um-guia-para.html

    ResponderExcluir
  6. Que bom que li isso! Preciso aprender bastante sobre o Twitter.

    Obrigado!

    ResponderExcluir
  7. Só tenho a agradecer vc e a Juliana pq sou novata no Twitter e estou meio louca atraz de informações simples e diretas... Mas sinto q a ñ é o suficiente ... Fico meio perdida ainda ...
    Mas mesmo assim obrigadooo ...

    ResponderExcluir
  8. Bom só tenho a agradecer vc e a Juliana, sou nova no Twitter e estava em busca de informações simples e diretas...Mas como já disseram o negocio dificil ....
    Mesmo assim Obrigaadooo!!
    Há e ja sou sua seguidora rsrs

    ResponderExcluir