Pesquisar

14 de mai de 2009

Da fruta ao avião, as metáforas mais aplicadas às mulheres.

As metáforas povoam o mundo, revigoram a poesia, permitem a expressão da ciência e dão asas à literatura. No caso particular das mulheres, caso nos referíssemos a elas usando somente adjetivos, certamente o mundo seria mais cinza. Felizmente nos socorremos de metáforas e através da escolha de determinados elementos evocativos, nos permitimos transcender à mera literalidade, pois a vida seria muito chata se perdêssemos as metáforas inspiradoras.

Máquina.
Metáfora da Máquina
Os italianos, usando sua bela é sonora língua se referem a che bella machina tanto para babar diante de carrões, como para qualificar mulheres boazudas. O real peso da metáfora da máquina pode ser conferido em qualquer de Salão de Automóvel, já que nenhum deles acontece sem a acorrência de belas mulheres que se colam e se misturam aos carrões expostos. Veja a galera de “belas máquinas” presentes no Salão de Genebra de 2009 publicado no Blog Autozine.

Comida.
Metáfora da Comida
A coisa toda começou com a expressão “mulher desfrutável” e terminou na proliferação das mulheres fruta. Quando começou a metáfora da comida aplicada à mulher, ninguém sabe, talvez como resultado atávico de antigos costumes canibalescos. O que se sabe é que comer está tão fortemente associado aos ritos sexuais, que a mídia o utiliza para fabricar os mitos das mulheres desfrutáveis e arredondadas como o pêssego, maçã, melancia, jaca, melão,etc. Este Blogue já fez uma incursão nesta metáfora discorrendo sobre a evolução da mídia em torno das mulheres desde a majestade recatada das princesas, até a explicitude carnal das mulheres-fruta.

Avião.
Metáfora do Avião
Os primeiros a usaram e abusaram desta metáfora foram os pilotos da força aérea americana durante as operações da USAF na segunda guerra mundial. A tradição iniciada deu origem à uma nova forma de arte denominada de “Nose Art” que consistia em pintar Pin-Ups conhecidas na arredondada fuselagem dos aviões.
Nos tempos modernos, uma recente campanha publicitária lançou mão da Nose Art para promover uma revista. A modelo israelense Bar Refaele incorporou literalmente a metáfora de “Mulher Avião”. Leia a história completa em The Passira News.

Instrumento musical.
Metáfora do Corpão Violão
Ellen Roche foi eleita a mulher mais sexy do mundo de 2002. Cinco anos depois, ela voltou à cena encarnando a metáfora do Corpão Violão num ensaio feito para a Revista Vip de Junho de 2007. Tão forte é a metáfora do violão, que um Blogue reuniu uma galeria de beldades posando junto com o instrumento musical mais feminino de todos os tempos. Veja a galeria no Bocaberta.

Ainda existem as metáforas pejorativas Dragão, Canhão, Rabo de Foguete, Chuteira, Gasolina, Batalhão, etc. Mas, como estas escapam do espírito de louvor às qualidades femininas, fogem do escopo de um artigo devotado ao lado positivo da mulher.
Por: Isaias Malta.

Definição de Metáfora: [UFRJ]

Caso você queira conhecer várias aplicações hilárias de metáforas atravessadas, leia “Quando o horrível se torna genial” de Bruno Guedes.

6 comentários:

  1. É isso aí! As mulheres merecem essas e muitas outras metáforas! Elas são realmente muito lindas!

    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Muitas gatas !!!

    http://s6.br.gladiatus.com/game/c.php?uid=113969

    Confira !!!

    ResponderExcluir
  3. Essa Ellen Roche é puro osso.

    Mulher tem que ter carne pra sentirmos com as mãos e com o paladar. É como comer um filé mignon.

    ResponderExcluir
  4. Ellen Rocche osso?!

    Realmente o padrão mudou a partir das mulheres-fruta. Bom, questão de gosto, eu ainda prefiro que se tenha algum equilíbrio na equação, ao invés do excesso.

    Achei muito interessante reunir as metáforas num artigo.

    Um abraço e obrigado pelo link. ;)

    ResponderExcluir
  5. O Bocaberta é um grande blog e o link foi merecido.

    ResponderExcluir
  6. Não quero desfiar adjectivos nem alinhar metáforas, quero antes lançar a seguinte questão:
    Uma boa cama é um clássico que nunca passa de moda.

    ResponderExcluir