Pesquisar

31 de mai de 2009

Galeria dos ventos mais impressionantes do Planeta Terra.

“Que bons ventos o trazem!” é a expressão que simboliza a importância dos ventos na nossa vida.Foram eles os grandes responsáveis pelas expedições marítimas que descortinaram o novo mundo e graças à sua ação a floresta amazônica é fertilizada com infusórios1 vindos da África. Assim como eles podem trazer alegria e bem-estar, também podem provocar angústia e tristeza. Então, não se pode pensar que apenas marinheiros e aeronautas sejam afetados diretamente pelos vários tipos de vento, pois toda a criatura humana é permanentemente refém dos seus efeitos.

Harmatão.
Ventos famosos do planeta - Harmatão
[Wikipédia]
O maior deserto do planeta também é responsável por grandes ventos. O maior deles, sopra a o oeste de dezembro a fevereiro e, graças à sua intensidade e altitude, carrega as poeiras saarianas até ao Caribe e à Amazônia. Em sua passagem por Cabo Verde, o jovem Charles Darwin muito se impressionou com a “Bruma Seca” que tomou conta do céu e cobriu o navio de uma areia finíssima.

Bora.
Ventos famosos do planeta - Bora
[Photo_e-m]
É um vento de origem catabática. O Bora assola os Bálcãs durante os meses de inverno quando as massas de alta pressão de intenso frio polar se instalam nos Alpes e provocam uma descida rápida do vento em direção ao mar Adriático, varrendo Croácia, Itália, Grécia, Turquia, etc.

Minuano.
Ventos famosos do planeta - Minuano
[Minuano]
O vento de origem polar que sopra do quadrante sudoeste no Rio Grande do Sul durante o inverno produz a sensação expessa em gauchês “faz frio de renguear cusco”.

Logicamente este vento não é um dos mais famosos do mundo, mas ele está aqui porque para mim, que o enfrentei na carne e ossos durante a vida inteira, é como se fosse, por ser palpável e “sentível”. A foto foi tomada nas águas do Lago Guaíba próxima às margens da cidade de Porto Alegre. Note como as águas do rio se encrespam com o vento que os voadores de paraglider também chamam de “oestão”.

Mistral.
Ventos Famosos do planeta - Mistral
[Azura Live]
Vento forte de origem ártica que sopra de norte no hemisfério norte. Ele nasce em zonas de alta pressão polares na península nórdica e se precipita pelo vale do Reno até ao mar Mediterrâneo.

Föhn.

Este também é um vento de origem catabática comum nas zonas localizadas à sotavento dos Alpes. Ele é seco e quente e famoso por provocar derretimento rápido da neve.
Muitas lendas cercam este vento, que é acusado de provocar comportamentos bizarros nas pessoas. Ele é chamado de vento das bruxas e quando sopra, aumento os casos de brigas familiares, suicídios, assassinatos, acidentes de trânsito e até desastres aéreos. Em Munique, e em muitas localidades ao norte dos Alpes, cirurgias e julgamentos são cancelados quando há previsão de Foenh. Leia mais detalhes aqui.

Sirocco.
Ventos famosos do planeta - Sirocco
[Loïc Brohard Photography]
O mais impressionante vento do mundo é sem dúvida o Sirocco que levanta as areias quentes dos desertos Saara e Arábico em grandes nuvens e as precipita Mediterrâneo adentro em direção a norte-nordeste. O Sirocco chega à Europa graças às zonas de baixa pressão que se formam no Mediterrâneo durante o outono e primavera. Pela foto tomada de um calmo balneário da costa grega se pode depreender a força das areias do deserto que chegam tomando conta de tudo. Assim, ao invés da clássica paisagem grega com seu casario pintado de branco emoldurado pelo céu azul, vê-se uma paisagem quase marciana açoitada por ventos de mais de 100 Km/h.

O vento mais forte do Planeta.
Ventos famosos do planeta - Monte Washington
[Departamento f Atmospheric Sciences – University of Utha]
O vento mais forte já registrado na superfície do Planeta Terra e que não foi resultado de um furacão, aconteceu no dia 10/04/1934 no topo do Monte Washington, no estado de New Hampshire, EUA. Não é à toa que este lugar é reconhecido como possuidor do pior clima do mundo, onde um corajoso time de cientistas trabalha num observatório astronômico e climático.
Por: Isaias Malta.

1 São chamados de infusórios, muitos tipos de protozoários que se formam a partir de infusões de vegetais.

16 comentários:

  1. Hoho...

    O vento deve estar forte na foto de Mistral...

    Outro detalhe, Sirocco também é o nome de um carro da Volks. Aliás, um belo carro.


    Até mais!

    ResponderExcluir
  2. Ah, juro que quando vi o link no Twitter achei que fosse os Eventos mais impressionantes do Planeta.

    Soooono!

    ResponderExcluir
  3. Caio, quem sabe uma bela pauta!

    ResponderExcluir
  4. hehe, também pensei que fosse os Eventos mais impressionantes kkkkkkkkk, sei lá, acho que meu cerebro não acreditou que iria ter uma galeria de ventos, afinal não se pode ver o vento.

    Mas fiquei abismado com a ultima foto. tanto fosse os eventos ou os ventos mais impressionantes do planeta faria jus ao conteudo do post. parabéns.

    ResponderExcluir
  5. Pois é rapazes, seja por vento, ou evento, vocês são bem vindos de qualquer forma!

    ResponderExcluir
  6. Bora
    Passat
    Sirocco
    Três carros da Volks com nome de ventos!

    ResponderExcluir
  7. fantastico, e eu não teria coragem de fazer windsurf nas aguas de minuano...

    ResponderExcluir
  8. Érico, minuano é o vento, as águas são do rio (ou lago, estuário, laguna, ou outra coisa qualquer, já que ninguém ainda se decidiu o que é) Guaíba. Agora, o que eu adimiro na imagem dos caras fazendo windsurf é: o minuano, pra quem não é daqui do RS, é um vento muito gelado ("frio" ou "muito frio" não descrevem corretamente), forte e constante. Quando começa a soprar, fica dias e dias sem parar. É um vento que corta, literalmente arrebenta com os lábios (da boca, ok?) de muita gente. Imaginem então fazer WINDSURF no GUAÍBA durante um minuano só com aquelas roupas! Os caras ou morreram de frio ou tomaram uma garrafinha de anticongelante para radiador antes de entrar na água. Ô, coragem!

    ResponderExcluir
  9. COLOCA VENTO NISSO O CARA QUASE EM 30° É FANTASTICO KKKKKKKKKK

    ResponderExcluir
  10. Falando de ventos, ainda mais o minuano

    Então procurem no google "Terra dos bons ventos"

    http://www.osorio.rs.gov.br/

    a cidade de Osório no Rio Grande do Sul
    aproveito e lhes mando o link de um video do 2º maior parque eólico do mundo...
    www.youtube.com/watch?v=YZSjD_9v9ws

    ResponderExcluir
  11. Vinicius,
    Bem lembrada a cidade de Osório, a capital dos ventos devido ao afunilamento ocasionados pelas serras Geral e do Mar. É o único lugar do Rio Grande do Sul onde os planadores fazem vôo de Lift de morro.

    ResponderExcluir
  12. para quem quiser saber mais sobre a Bruma Seca

    descrita por Darwin siga o link http://diversae.blogspot.com/2009/04/darwin-descreve-bruma-seca.html

    ResponderExcluir
  13. Moro atualmente na Croácia, e sinto na pele este vento que aqui é chamado de bUra. É um vento forte e tão gelado que não importa a quantidade de roupa que vc coloque para evitá-lo - ele sempre encontra uma ínfima frestinha para entrar!
    Hoje mesmo ele está balançando minha janela...
    Nestes dias como hoje, só saio de casa se realmente for necessário.
    Mas há também a sensação geral de que qdo ele passa limpa tudo, desde as nuvens e sujeira, até os sentimentos ruins.
    Bjos e parabéns pelo Blog!

    ResponderExcluir
  14. puta que pariu

    ResponderExcluir