Pesquisar

12 de out de 2009

Apelos eróticos automobilísticos.

Uma das metáforas(*) de maior sucesso é a que estabelece nexo entre carros e mulheres, que pode ser resumida na expressão cunhada pelos italianos, reconhecidamente amantes de carros e mulheres, não necessariamente nesta ordem: na presença de um exuberante exemplar do sexo vistoso, costumam exclamar ma che bella machina!

De olho neste lucrativo filão, os projetistas de carros dirigidos à satisfação do prazer absoluto, frequentemente rendem homenagens à eterna metáfora máquina-mulher transplantando certas particularidades típicas da curvatura feminina e sublimando-as em caprichosas convexidades e reentrâncias nas linhas dos seus bólidos.

Wiesmann GT.
Este exclusivíssimo carro alemão fabricado em pequena escala por uma modesta montadora Alemã sediada em Frankfurt, tem seus modelos voltados para um nicho de mercado que não compra veículos pela funcionalidade e sim na busca do atingimento do prazer conceitual, plasmado neste modelo nas curvas frontais que rende homenagem à suavidade pubiana feminina.

BMC Mini Clubman.
A Van Mini Clubman nada teria de especial, se não tivesse sido tunada sob encomenda da fábrica de langeries exóticas Agent Provocateur, para ser usada numa campanha de venda dos seus produtos e também em eventos de combate à AIDS. O detalhe mais sex appeal fica por conta do porta malas, seriamente equipado para atender às exigências do Deus Eros.

Porsche da série Speedster.
Pode ser encontrada alguma simulilaridade entre a “bunda” dos Porsches antigos e a porção glútea da anatomia feminina? Com a palavra o americano Edward Smith, que faz sexo com carros... Mais detalhes desta curiosa história que vira de ponta cabeça a metáfora entre Mulheres e Máquinas, no site [WebMotors].

Lotus Esprit Essex.
O fato por si só deste modelo ter pertencido a James Bond, o agente secreto mais Ricardão de todos os tempos, já mereceria figurar nesta pequena galeria de automóveis com apelo erótico, mais ainda se for levado em conta o seu interior inteiramente revestido no estilo “luz vermelha” de Casa de Irene.

(*) Metáforas mais comumente aplicadas às mulheres [Blogpaedia].

3 comentários:

  1. Só 1 posição!! Não é porque a BMW é dona da MINI que se chama BMW mini... Assim como ninguém vê por ae um BMW Rolls-Royce! Corrija, por favor =)

    ResponderExcluir
  2. Lucas, o lapso do texto foi corrigido.

    ResponderExcluir
  3. E o capô do Fusca?

    ResponderExcluir