Pesquisar

11 de nov de 2010

Atrizes poderosamente loiras e cantoras.

Scarlett Johansson cantando
Scarlett Johansson.
Elas reconhecidamente pertencem ao fenótipo mais requisitado no mercado sexual, talvez pelo excesso de luz que refletem e a sua consequente enorme capacidade de atrair a atenção. Assim, para a alegria dos homens e ódio das mulheres, elas estão aí e, uma vez que a última loira não se extinguirá na Finlândia no ano de 2200 (*), cabe-nos reconhecer por ora os seus atributos e muito mais a sua inteligência emocional capaz de fundir sensualidade e arte, de modo a enlevar até os espíritos mais embrutecidos.

Tendo em mente este tema assaz leviano, procurei compilar alguns vídeos de loiras monstras sagradas do cenário hollywoodiano que, paralelamente à sua colossal carreira dramática, ainda lhes sobeja talento para cultivarem penduricalhos musicais insuspeitados. Tudo isto feito para que você acredite cada vez menos no estereótipo da loira burra.

Michele Pffeifer: canta no filme "Susie e os Baker Boys" de 1989.


Cameron Diaz: canta em seu debut cinematográfico no filme "O Máskara" de 1994.


Kirsten Dunst: canta "Dream of me" no filme "Volta por cima" de 2001.


Scarlett Johansson: canta "Relator" junto com Pete Yorn.


Gwyneth Paltrow: canta "Country Strong" no CMA Awards de 2010.


(*) Para que o mundo precisa de loiras, se elas vão acabar em 2200?
Atrizes levemente loiras rendem tributo à falsa loira Marilyn Monroe.

5 comentários:

  1. De imediato ocorreu-me o filme " Mamma Mia " e Meryl Streep.
    O estereótipo da loira burra, não passa de um mito.
    O tempo, esse grande mestre, sepultou-o.
    Os resquícios são meras fantasias que se vão esfumando.

    ResponderExcluir
  2. Não sei o que falar da Carla Perez.

    ResponderExcluir
  3. Renato,
    Cara Perez? É a piada do dia!

    ResponderExcluir
  4. Cê jura que é a Cameron cantando né, AH TÁ!

    ResponderExcluir
  5. Scarlett cantando Relator.Amo s2

    ResponderExcluir