Pesquisar

18 de nov de 2010

O que acontece com Emos, Punks, Skinheads e Góticos quando envelhecem?

Tais movimentos comportamentais são caracterizadamente coisas de jovens, que como é esperável, ao longo das etapas existenciais, passem para o “lado sério” da vida e abandonem estas bobagens. Mas, como nem sempre isto ocorre, temos exemplos bizarros de criaturas ultrapassando os 40 anos e se mantendo fiéis às origens. Pobres dos filhos caretas que pagam mico para o resto da vida!

Para ilustrar que nem todos os componentes tribais assumem ares senhoris de “responsa” quando a idade chega, veremos alguns exemplos encontrados eventualmente por aí:

Emo velho.
A foto pode até ser montagem, mas que há por aí alguns tipos Emos que “passaram do ponto”, isto há! Emo quando morre vira purpurina? Com a palavra quem assistiu um evento desses.

Skinhead proclama: velhos Skinheads nunca morrem!

Punk velho(a).
Nos EUA eles(as) são comumente vistos no estado deste(a) daí.

Gótico velho: Marilyn Manson o cara, do alto dos seus 41 anos, não dá sinal de enveredar pelo caminho de "cidadão sério", como fez o Mick Jagger.

Skinhead tatuado até o pescoço: este enterrou todas as suas possibilidades de arrependimentos futuros.

Conclusão: o que é melhor? Espichar ad aeterno os enlouquecidos anos da melhor fase da vida, ou trocar o disco e cair na real? Quando os “garotões” atuais de mais de 60 anos e alguns caindo pelas ribanceiras dos 70 Alice Cooper, Ozzy Osbourne, Paul Mccartney, Iggy Pop, etc, provaram que tudo é possível, não nos cabe duvidar dos poderes que a arte tem de conferir-lhes o elixir da eterna juventude.

Para terminar, deixemos que um desses velhinhos fale cante por si mesmo:

55 comentários:

  1. Julgamento de mérito detected! O assunto dá muito pano para manga, foi-se o tempo em que as pessoas morriam aos 40 e só se esqueciam de puxar a terra para os pés.
    Vê-se adolescentes hipertensamente-diabeticamente-obesamente inválidos e centenários correndo a maratona de Londres, cousa louca de se enquadrada nas antigas compartimentalizações!

    ResponderExcluir
  2. Quando eu era adolescente pensava nisso. Eu nunca quis fazer parte de um grupo, tal como os punks. Tendo em vista saber que seria temporário. Sempre preferi a estabilidade. Ao contrário do bordão, o valor das coisas ESTÁ no tempo que elas duram, NÃO na intensidade que acontecem. Paixões são passageiras, o gostar, o amor, sim, é durável e vale a pena.

    ResponderExcluir
  3. Não achei legal a abordagem, xará. A idade da gente é determinada pelo nosso espírito, e não pelo nosso exterior. Há jovens mais "velhos" que muitos idosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. concordo muito preconceito aí. Cada um é como é.

      Excluir
  4. Isa Medeiros, pretensamente a abordagem está aberta ao conteúdo multicultural que permeia os nossos tempos, claro, sem renunciar à polêmica que o assunto suscita.

    ResponderExcluir
  5. O "Punk Velho" está mais para "Punk Velho na Parada Gay". Bandeirinha colorida não é melhor opções para ser alçada.

    É comum ver esses e outros tipos no centro de São Paulo, e sendo mais claro quanto a região, próximo a "Galeria do Rock" e "Praça da República".

    As vezes tenho muita vontade em fazer uma tatuagem, pintar o cabelo com uma cor extravagante, usar piercings e por ai vai, mas penso que quando passar os anos (leia-se momento) de rebeldia, talvez (com certeza) irei me arrepender. Aí o que fazer? Virar um astro pop/sádico/infeliz? Não. Melhor não.

    ResponderExcluir
  6. Pra mim é muito simples: querer manter o passado vivo.
    Falo isso pois eu já fiz parte de uns grupos por aí.. E essa caracterização toda determinante de um grupo compõe uma fase muito importante da vida.
    Só que com o passar do tempo essa fase (geralmente a adolescência) deixa de ser importante e da lugar a outros acontecimentos mais importantes, outras experiências.
    E em minha visão e pequena experiência da coisa toda, se a pessoa se mantém nessa caracterização toda é: ou porque não amadureceu ou porque não quer amadurecer.
    E quando falo em "amadurecer" não é casar, ter filhos e pagar contas pois os tios aí de cima fazem isso; mas é encarar a vida de uma forma diferente, ter preocupações que os jovens não têm.
    O amadurecimento é fator determinante na mudança ou não mudança no visual/estilo.

    E sobre o "Se tornam patéticos."
    Pelamor, né? Eu poderia não ter lido isso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tenho um pouco de pena desses rebeldes quando amadurecem,porque se vê que isso é muito duro para eles,concordo com oque você falou,não acho eles patéticos não,cada um faz de si oque quisér...

      Excluir
  7. Por isto não fiz tatoo até hoje, dizem que fica muito estranho quando se fica velho, se é que ficarei hahahhah

    ResponderExcluir
  8. Unknown, o problema aqui debatido se inscreve no bojo da síndrome da eterna adolescência, um fenômeno bastante comum nos grande centros urbanos, ninguém mais quer ficar pra tio.

    Hugo, tatuagem tem que ser "à prova de futuro", ou seja, você tem que necessariamente se garantir para daqui a 40 anos.

    ResponderExcluir
  9. A indiferença resignada, ou não como se queira, parece-me ser a nota dominante. Talvez entendam a identidade como abstracta.
    É como se voassem sobre um ninho de cucos como no filme de Milos Forman e ainda não tivessem dado conta disso.

    ResponderExcluir
  10. Primeiro defina o que é "ser velho". Entendo a velhice apenas como uma etapa biológica de qualquer ser vivo. Aqueles que associam velhice a traços comportamentais ou "espírito" (ha, ha!) o fazem erroneamente. E quem garante que você viverá até a velhice, amigo? Faça sua tatuagem se tem vontade. Nessas de negar a vontade é que quando encarando a morte só se tem arrependimentos.

    ResponderExcluir
  11. Eis uma bela pergunta filosófica que merece reflexão. Se for só cronologia é uma coisa, se forem fatores ambientais aliados à disposição interior, é outra, ou tudo junto combinado. De qualquer forma, todos os seres tem que contar com a zebra de um dia terem mais de 70... ahhh e a porra louca da Dercy Gonçalves não foi um bom exemplo.

    ResponderExcluir
  12. cara gostei muito desse show do Ozzy, fico impressionado que com essa idade ele ainda consiga fazer um show com tamanha qualidade.

    ResponderExcluir
  13. Akilo nao eh punk velho!!!! Eh viado velho, olha a cara de facero! deve tah sentado numa jeba!!!

    ResponderExcluir
  14. A foto ai do "Marilyn Manson" é na verdade do baterista da banda o Ginger Fish.

    ResponderExcluir
  15. Acho que cada um tem sua escolha. O cara pra se tatuar em excesso, tem que garantir que não vai morrer de fome no futuro. Ozzy virou um estranho, mas se garantiu! o cara era e continua sendo foda.(que venham os haters.. kkk )

    ResponderExcluir
  16. Temos que admitir que, apesar da voz ter decaído barbaramente, principalmente os sustenutos, o cara continua sendo foda!

    ResponderExcluir
  17. Também não gostei nem um pouco do post. Julgar os outros pela aparência ideológica não é bom não, não importando a idade que tem. Se for assim, esqueceu de colocar as fotos daqueles homens "sérios" que vivem na "realidade" e ocupam as cadeiras dos plenários e tem a aparência de "sapo-boi" com suas enormes barrigas. Na boa, prefiro ficar um punk, gótico ou sei lá o que dessas fotos do que aqueles que citei. Na boa, cada um no seu quadrado.

    ResponderExcluir
  18. Isso envolve uma 'moda', ja entrei em movimentos tenho muitas tatuagens mas nao me preocupo com o amanha, sei que tenho que batalhar e muito por qualquer coisa que tenho que conseguir em minha vida e não é um piercing ou uma tatuagem que vai mudar isso (claro que existem alguns empregos que nao posso conseguir) ma sou feliz do modo que sou, nao vejo apenas como um modo diferente de se vestir mas um modo diferente de pensar, se tudo que fizemos deixarmos de fazer pensando em como vai estar daqui 40 anos, entao vamos parar de comer carne com gordura em excesso, parar de beber, parar de fumar porque TUDO É PREJUDICIAL se pensar da maneira como vcs 'novinhos' pensam eu nunca vou viver do modo como acho melhor.



    BE STRONG 118

    ResponderExcluir
  19. com certeza são pessoas infelizes ...são dignos de pena...

    ResponderExcluir
  20. Os poderosos dedicaram o século vinte para destruir a família. Agora dedicam o século 22 pra destruir o indivíduo. Esse é o reflexo da "Adolescência Eterna" pregada pelos meios de comunicação. Pros poderosos hoje o homem tem que ser "Feminilizado" e a mulher "Masculinizada". Tudo pra derrubar a individualidade o auto-conheciento. Somos meros consumidores hoje.

    ResponderExcluir
  21. Os poderosos dedicaram o século vinte para destruir a família. Agora dedicam o século 22 pra destruir o indivíduo. Esse é o reflexo da "Adolescência Eterna" pregada pelos meios de comunicação. Pros poderosos hoje o homem tem que ser "Feminilizado" e a mulher "Masculinizada". Tudo pra derrubar a individualidade o auto-conheciento. Somos meros consumidores hoje.

    ResponderExcluir
  22. Divulgue seu blog ou site rápido e eficiente
    Não precisa manipular imagens e nem se cadastrar
    É só preciso ter um bom conteúdo
    Entre e confira nossas matérias
    Atualização diária
    http://www.yperlink.com

    ResponderExcluir
  23. Estava vendo algumas fotos de praticantes do tal "body modification". Esses caras, com certeza, além de terem um problema sério de auto estima, não pensam na velhice. Fico imaginando um camarada tatuado até no "fiote", com chifres, orelha pontuda, com piercings no corpo todo, lá com seus 80 anos de idade. Já pensou que coisa mais grotesca? É como esse babacas aí de cima. Coisa feia, credo!!!

    ResponderExcluir
  24. Luciene felix.
    seu comentário foi muito infeliz.
    eu garanto que muita gente não acha pessoas como Ozzy ou Marilyn manson patéticos.
    pense antes de falar coisas idiotas em rede.

    ResponderExcluir
  25. Cada um é feliz do jeito que bem entender, não?

    ResponderExcluir
  26. skinhead tem q morrer isso sim!

    ResponderExcluir
  27. Faze o que tu queres pois é tudo da lei.

    ResponderExcluir
  28. axo q nao em!
    tava tao bom quando vcs estavam falando dos emos goticos,etc...
    mas fala do ozzy ta de sacanagi
    ozzy é emo aonde?
    ozzy é punk aonde?
    aonde q ozzy é skinhead?
    por ultimo aonde ozzy é GOTICO,AONDE?
    vc ta usando drogas ozzy é METAL METAL
    porr.a

    ResponderExcluir
  29. af sem conteudo nenhum esse post.

    ResponderExcluir
  30. não sei o que quis dizer com "pessoas sérias".
    vc se acha mais sério que o Ozzy?

    ResponderExcluir
  31. Sabem o que acontece com esses caras quando envelhecem...?????

    Pois bem, morrem de vergonha por terem sido tão idiótas...

    GENTE, ISSO NÃO É CULTURA!!!

    ResponderExcluir
  32. a foto do Marilyn Manson tá errada! Tem q ve isso aeee..

    Aquele lá eh o Ginger Fish

    ResponderExcluir
  33. Punk é uma cultura(ideologia) e sendo assim não existe idade pra aderir. Yeah! Punk Rock!!!

    ResponderExcluir
  34. "me achem de cabela imunda, eu sou isso e muito mais... ao menos posso olhar para o espelho e dizer que vivi, e você?"

    quero envelhecer e ter a certeza que vivi do jeito que queria, que acreditava, viver por mim, e não pelas normas dos outros. isso sim é ser ridiculo.

    ResponderExcluir
  35. priscilla formiga,
    belas falas, quem não vive intensamente jamais chegará a um Jimi Hendrix.

    ResponderExcluir
  36. Mais que bosta de post é esse hein,sem conteudo nenhum! ¬¬

    ResponderExcluir
  37. sou bastante tatuado e o que é mais legal quando eu for velho terei todas ainda, pra vida inteira amigos que falaram mal dos vovôs atatuados, o que não é passageiro é verdadeiro, como o skin Oi! disse, ''old skins never die'', vc faz a escolha, use terno e viva de acordo com as leis do seu chefe, ou viva por você sem ter que viver sobre as regras sociais dessa sociedade imunda e mascarada. E depois, skinhead não eh de todo nazista, uma pequena parte é, mas sabe como é a midia, nunca faz nada para ficar em paz, e sim pela polemica. abraços

    ResponderExcluir
  38. Marilyn manson gótico?????
    affz

    ResponderExcluir
  39. tamanha mediocridade e estupidez em um post só não merece nem comentário.

    ResponderExcluir
  40. oi! e skinheads sao coisas diferentes

    ResponderExcluir
  41. Ozzy é Hard Rock; por mai que até ele fale que é um dos precursores do metal.

    não é a questão de querer "eternizar a adolescencia" durante a adolescencia se muda muito de ideia, de opinião, geralmente é na juventude (lá pelos 20 a 25 anos) que a pessoa se estabiliza, e escolhe o que quer ouvir para o resto da vida.

    os "tios" de 40, 50 anos, mantém sua identidade ativa porque os movimentos dos quais participaram foram duradouros e intensos, e não modinhas de 6 meses como foi o caso do emo, ou do clubber; o rock antigo foi totalmente revolucionário, é por isso que modas dos anos 50 e 60 acabam se mantendo (topete por causa de Elvis, e Cabelos compridos por causa dos Beatles)

    não é porque ficou "adulto" que temos que nos vestir iguais aos nossos pais ou avós. todos temos liberdade de expressão, e isso está implicito tambem na forma de se vestir.

    ResponderExcluir
  42. Amigos,

    Somente agora constato as manifestações contrárias quanto à minha postagem. Sim, respondi que acho patético à indagação título (O que acontece quando (...) se tornam velhos?).

    Sou da opinião que, o corpicho é seu, o $ é seu então... Mas não pude deixar de recordar uma velha da comédia de Aristófanes sobre Pluto, o deus da Riqueza (http://lucienefelix.blogspot.com/2010/09/pluto-riqueza-parte-ii.html) e a cena descrita por minha irmã quando instrumentava uma cirurgia: lá estava o anestesista atônito, tentando desesperadamente fincar a agulha nas costas de um fragilíssimo senhor idoso, totalmente tomado por tatuagens aberrantes. Ela me disse que até ele "dormir", a sala toda se segurava para não rir, pois o idoso as possuía por todo o corpo.

    Claro, "Panta Rhei", dizia o velho e bom Heráclito. Tudo munda. O que causa espanto hoje, pode vir a ser considerado ordinário, comum, "normal", corriqueiro.

    Sou uma distinta senhora de quase 45 anos. Tenho muitas amigas, contemporâneas, que dividem o guarda-roupa com as filhas adolescentes (e dá-lhes calça skim (?) com top's, vulgo "buchinho de fora"), acho desarmonioso. Para mim, professora, casada e mãe de família, não convém, prefiro a discreta elegância de um tailleur, rs. Mas se quiserem sair nuas, que saiam!

    Creio não haver coisa mais patética que não aceitar a passagem de Chronos. Afinal, como bem sabiam os gregos, tudo tem seu Kairós (momento oportuno).

    Saliento que cada um é dono de si e que goze da liberdade e da responsabilidade de fazer com o próprio corpo o que bem entender. Embora confesse que essas mudanças irreversíveis são duvidosas. E, sim patéticas! É minha opinião (dóxa). Não que seja necessariamente a verdade (aléthea).

    A propósito, adoro Ozzy!
    Bjs,
    lu.

    ResponderExcluir
  43. Concordo com a Luciene, professora tem que assumir um visual menos 'drástico'.

    Isso faz parte da profissão, pois lidamos com jovens que querem se diferenciar, mas querem conviver com uma representação de autoridade mais convencional.

    Sempre recomendo aos estagiários que tomem cuidados para não usarem roupas estravaganes ou muito curtas, apertadas, decotdas, etc. Se a estagiária é muito bonita os meninos adolescentes vão se encantar e ficar babando enquanto as meninas vão odiar e boicotar a aula se ficarem com ciúmes.

    Isto é fato e já ocorreu.

    Outro dia, após supervisionar uma estagiária conversei com a professora titular que usava uma calça branca e justa, que marcava um corpo já na menopausa. Sua maquiagem era carregada, o cabelo ressecado pelos anos de titura e o excesso de baton tigia seus dentes de vermelho...A mim não agradou, fico imaginando o que seus alunos adolescentes devem comentar.

    Professores devem garantir a segurança para que os alunos possam usufruir de sua 'loucura' juvenil sem medos.

    Enfim há um tempo para tudo, melhor se puder se manifestar apenas como roupas diferentes e cortes de cabelos estranhos, porque as roupas podem ser mudadas e os cabelos crescem (ou caem).

    Mas tem que haver a rebeldia na adolescência e na juventude, sem isso não se vive de verdade, não se pode apena seguir as pegadas deixadas por outros, porque temos que descobrir os próprios caminhos. Para isso é necessário a audácia.

    Com o passar do tempo a audácia deve sair da indumetária externa e constituir o cerne do que pensamos e sentimos. Então podemos usar roupas comuns e poupar os risos dos anestesistas, porque lá dentro somos próprios e não dependemos mais da aprovação dos outros.

    ResponderExcluir
  44. Gladys,

    Mandou bem pra caramba! Adorei. Fico feliz que este Blog agregue pessoas de tão alto nível amigo. Parabéns!
    Bjs,
    lu.

    ResponderExcluir
  45. Concordo com a Lu em parte !!!
    Do que adiantaria tanta rebeldia nossa quando jovens pra depois virarem "velhos" chatos e se torna normais como dizem vcs, sim o tempo da juventude passou , e agora o peso da velhice esta em nosso ombros , mas se o Punk não mudou quando jovem ele não vai mudar depois de velho , por que é o estado de espirito dele ser punk ,ai quer dizer que quando eu ficar velha , vou ter que fingir ser o que não gosto so por que tenho 70 anos ? Você faz o diabo de 4 e depois que velha que mostra uma boa postura ... Não conseguimos apagar o nosso passado , por mais que vc vire crente e ache pode ser o santo aparti de agora ,sempre vai aver um passado que vc nunca vai poder esconder!! Sou fã do Ozzy e digo mas quero ser um velho como ele....... e pode passa pros meus netos o que é ser de verdade !! e Foda-se to ficando velha né doida não !!!!
    Como ja dizem Vida longa ao ROCK!!!

    ResponderExcluir
  46. pricilla concordo com você !! alguém com pensamento digno de ser lido!!
    "vista suas saias e suas blusas floridas , cuide de seus filho e corte seu cabelo feito gente , ame seu marido , e viva para sua familia .... mas nunca esqueça que isso é o que a sociedade necessita e não o que você quer !! faço tudo pelos outros e depois quando ficar velho , não chore por não ter feito nada pra te agradar .. e sabe pq? Pq vc foi patético a sua vida toda , fazendo tudo que tem mandam , rezando com forme a missa !! e aew o que vc queria ficou aonde , no passado , no qual agora vc nunca vai poder se orgulhar!! Eu quando ficar velha vou olhar para trás e dizer: Eu sim vivi o que eu queria viver , eu sim fiz o que eu queria fazer !! enquanto a vc so lamento !"

    ResponderExcluir
  47. Cada um faz o que quer com suas vidas.

    ResponderExcluir
  48. você é um otario que acha que estar na estética NORMAL,que só existe na sua cabeça e de mais alguns idiotas por ai é estar certo.
    ignorânte.

    ResponderExcluir