Pesquisar

3 de set de 2011

O 11 de setembro que se repete todos os dias

Os célebres ataques ocorridos no dia 11 de setembro de 2001 continuam a ecoar em sua instância simbólica na mente coletiva, menos pelos seus danos diretos, e mais pela carga da corrosão de um determinado estilo de vida.

 Depois deles, o mundo ficou mais amargo, ranzinza e vingativo, matamos e bordamos em nome da guerra ao terrorismo, mas não nos sensibilizamos igualmente pela guerra contra a pobreza. Escandalizamo-nos com os 2.993 mortos abatidos nas torres do Word Trade Center, mas silenciamos diante das centenas de milhares de mortes decorridas da malfadada guerra contra o terror, empreendida por Bush e os falcões da Casa Branca.

 Assim, apesar de estarmos no encaminhando para a primeira década pós-ataques, não compreendemos suficientemente as motivações que levam as pessoas à atos extremos. Na verdade, continuamos a perpetrar pequenos onzes de setembro rotineiramente nas nossas vidas. Micro torres que caem todos os dias vítimas pela nossa iniquidade: o cigarro que nos consume e alivia as tensões, a angústia do trânsito, a falta de perspectiva do nosso trabalho, os nossos filhos que traem a nossa genética, a nossa família que se esboroa pelo cano de esgoto e a nossa infinita ansiedade perante tudo isto; graças a tais demônios interiores, nos drogamos, comemos e bebemos todas... e nos arrependemos no day-after.

 Já diziam os mestres que o mundo exterior é o reflexo do interior. Então, neste setembro ardentemente apaixonado[que corre em ritmo alucinado] é quando as decisões devem ser tomadas, os aviões estancados no seu voo assassino e as nossas torres arquetípicas preservadas. Não deixemos para as calendas do “quando dezembro vier” o momento de desenosar o rumo da vida, pois quando chegarmos lá, promessas de fim de ano não passam de palavras vazias.

Um comentário:

  1. Em nome da morte se faz mais mortes, mas quando são os poderosos nos calamos, as pequenas vinganças são combatidas com grande pompa por poderosos exercitos e nós os umildes pacifistas mais uma vez nos calamos e estes facínoras são reeleitos, aonde nosso mundinho vai, os interesses econômicos estão acima de tudo e viva a CORRUPÇÃO!!!!!!!!!

    ResponderExcluir