Pesquisar

5 de set de 2011

O real poder de fogo dos Agregadores de Conteúdo para aumentar as visitas aos Blogs

A pergunta que não que calar entre os blogueiros é: qual é o verdadeiro poder que os sindicalizadores de conteúdo têm de oxigenar os Blogs, de carrear efetiva contribuição? Apesar do papel desempenhado pelos agregadores no sentido do aumento da visibilidade dos Blogs, há um porém nesta história.
Tudo dependerá do que você usa para rentabilizar o seu Blog; se é um daqueles programas que paga exclusivamente por impressões de página, vá fundo e mande os seus links para os melhores linkadores e é só ir para o abraço! Agora, se você usa algo como o Adsense, então o fator qualidade da sua visitação tem importância crucial na maneira como as páginas do seu Blog serão avaliadas, pois um sistema de anúncios contextuais leva em consideração a uniformidade da visitação distribuída pelas demais páginas.

Isto é um fator crucial nos Blogs que dependem excessivamente dos agregadores para angariarem visitas. Nos dias em que você consegue emplacar um link na home dos maiores agregadores e recebe milhares de visitas, descontando a alegria com toda aquela chusma de trolls, paraquedistas e spammers batendo no Blog, você tem que manter com os pés no chão para se perguntar se esta galera está visitando outras páginas além do link do dia.

É só fazer uma análise minuciosa dos seus rendimentos no Adsense para descobrir que a movimentação esporadicamente explosiva trazida pelos linkadores não aumenta proporcionalmente os ganhos, mais ainda, com o tempo as páginas do seu Blog começam a valer menos porque as coisas no Adsense funcionam na base da famosa frase do arquiteto alemão Ludwig Mies van der Rohe “menos é mais”.

Então, matutando sobre a máxima less is more de Ludwig, resolvi fazer um teste simples para testar a capacidade REAL que cada agregador tem de trazer visitação ao Blog. Para tanto, suspendi o envio de links e esperei uns 2 meses para “descontaminar” as curvas do Google Analytics.

O relatório a seguir mostra a visitação de forma “descarnada”, ou seja, sem a perturbação dos links emplacados em primeira página. A lista também mostra como os usuários usam cada agregador, se eles pesquisam mais de uma página, ou se limitam-se a visitar os links do dia e não usam a busca do site para procurar conteúdos do acervo. Assim, por intermédio deste pequeno levantamento você pode tirar as suas próprias conclusões sobre a qualidade do trabalho que os webmasters dos agregadores desenvolvem para reduzir as suas próprias taxas de rejeição.
Número de visitas mensais recebidas pelo Blogpaedia originadas de Agregadores para os quais foram enviados links regularmente por mais de 2 anos.

Só para comparar a profundidade dos agregadores e uma rede social, o Yahoo!Respostas mandou no mesmo período quase mil visitas.

8 comentários:

  1. Por isso abandonei os agregadores, e só estou dependendo dos buscadores e das redes sociais. E o resultado superou as minhas expectativas.

    ResponderExcluir
  2. oi

    Cheguei a testar os agregadores algumas vezes e não vi grande diferença, deixei de enviar links pra lá, os agragadores estão ficando muito burocráticos pra enviar e aprovar links, isso hoje dá muito trabalho.

    Também concordo com o Crazy que o google e as redes sociais tem funcionado melhor quanto a divulgação de posts, acho que os agregadores estão perdendo prestígio por conta das visitas que não geram fidelização e com a taxa de rejeição, mas dependendo do tipo de conteúdo alguns blogs podem se beneficiar mais que outros, é preciso ver cada caso.

    Um abraço. @anakint

    ResponderExcluir
  3. kerem falar sobre coisa chata e bombar nos agregadores ai fica dificil ne

    ResponderExcluir
  4. Ana Karenina e colegas, não cheguei a colocar as estatísticas anteriores por lapso e por não comportar toda a informação num único post, mas o maior dos agregadores chegava a mandar 120 mil visitas por mês! Uau vocês dirão, mas, como fala a Ana, com um poder de fidelização pífio. A esmagadora maioria da clientela só enchia de osso o link do dia (com comentários desairosos) e nunca mais voltava, até o próximo post bombasse nas primeiras posições.
    O irônico é que a contribuição real mal ultrapassa 200. Então, quando a coisa aparentemente é mais de 100 mil e na realidade mal passa de 200, o Adsense fica o pé atrás.

    ResponderExcluir
  5. Crazyseawolf, é fato, as redes sociais estão canibalizando os agregadores. Adicionalmente, há uma certa autofagia entre elas. Até bem pouco tempo o post mais lido aqui no Blogpaedia era o "Twitter para iniciantes". Pois bem, com explosão do Facebook, agora o focou mudou para o "Facebook para iniciantes" e durma-se com este barulho, pois o face está dominando o mundo.
    Então, ou os webmasters dos agregadores migram para um novo conceito em que os leitores possam interagir mais com os links e discuti-los no estilo de comunidades, ou as pessoas terão cada vez menos tempo de visitar linkadores individuais.

    ResponderExcluir
  6. Ótimo texto, e ainda compreendo que MENOS É MAIS!, abraço!

    ResponderExcluir
  7. Cabe lembrar que foi o Kevin que referiu no Facebook a famosa frase de Ludwig Mies van der Rohe, de onde peguei o gancho. Só não linkei o Kevin porque a sua página do Facebook tem um link desatualizado do seu blog Designer Effects http://designereffectsbr.blogspot.com/
    Que pecadilho hein Kevin!

    ResponderExcluir
  8. sinceramente,não obtenho nenhuma vantagem com esses agregadores de conteúdo!

    ResponderExcluir