Pesquisar

29 de set de 2011

Redes de perfis falsos, nova maneira de ganhar dinheiro na internet


A relevância tem sido desde o combustível da internet desde os seus primórdios, contudo o foco tem se modificado ao longo do período. Enquanto até bem pouco tempo a relevância dos conteúdos era determinada pelo número e qualidade das referências (links), hoje vemos o quanto as redes sociais imprimiram um novo ritmo à dinâmica do processo, ou seja, os usuários se tornaram os geradores de relevância.

Assim, a busca dos webmasters pelos benditos backlinks perde o sentido e os esquemas para consegui-los de maneira fraudulenta através das técnicas de blackhat, já que os usuários das redes sociais são quem está dando as cartas. Por isso mesmo, o negócio do momento são as redes de perfis falsos que negociam positivações principalmente em duas áreas:

1- atuam nas Redes Sociais positivando +1 no Google e “curtir” no Facebook e linkando posts. Só para exemplificar os motivos das novas demandas, você pode notar nos resultados do Google como os compartilhamentos dos seus amigos do Google+ já aparecem nas pesquisas;

2- criam resenhas falsas para positivar determinados produtos: antes de comprar um produto, os consumidores levantam na internet informações detalhadas sobre características, usabilidade, garantia, qualidade, etc. Aqui entram sorrateiramente os “vendedores de reviews” que vendem o seu trabalho às vezes por preço irrisório, como por exemplo, a 5 dólares por 2 ou 3 reviews, segundo centenas de anúncios publicados no site Fiverr:

O interessante desta nova modalidade de crime é que ela é extremamente difícil de ser detectada, pois os "profissionais" da área garantem fazer uso de diferentes IP's de diferentes locais, empregam a linguagem usual dos consumidores, etc. Os fakes vendem de tudo, depoimentos por escrito, posts, depoimentos em vídeo (video testemonials), comentários em Blogues, positivação no Google e Facebook. Para ilustrar a bizarrice, até uma suposta loira bonita se oferece para ser namorada de mentirinha no Facebook pelo prazo de 10 dias ao custo de 5 dólares. Então a carência dos "forever alone" está resolvida, basta procurar no Fiverr pelo termo "girlfriend" e poderá selecionar entre as centenas de pretendentes virtuais!

Artigo que dá conta das estripulias pespetradas pelos falsos resenhadores:

Técnicas que os gringos estão desenvolvendo para detectar resenhas de falsos consumidores:

Até a App Store foi vítima dos falsos reviews:

E o que você tem a ver com isto?
Este tipo de crime afeta de maneira geral ambos que está em ambos os lados do balcão da internet: blogs e sites que não recorrem a este tipo de trapaça podem ser suplantados pelos que operam no lado negro da força, enquanto o consumidor de bens eletrônicos, softwares e aplicativos podem ser ludibriados por avalanches de resenhas positivas que encobrem o verdadeiro caráter do produto.

Fakes nas redes sociais.
Se você tem conta no Facebook ou Google+ provavelmente alguns dos seus amigos são perfis falsos criados exclusivamente para positivar determinadas coisas em troca de grana, portanto, banimento neles!

Por causa dos fakes, a Amazon restringiu a publicação de depoimentos apenas aos compradores que efetivamente efetuaram a compra. Será que a medida funcionou? Não sei não, pois no Fiverr continuam de vento em popa as vendas de reviews para este site de compras, basta procurar o termo "amazon" para conferir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário