Pesquisar

26 de abr de 2010

Top 10 Desvios Sexuais inofensivos.

Um interessante fenômeno da área psicanalítica é o da sublimação, ou seja, quando o indivíduo desvia parte da sua libido para outros interesses, que não aqueles estritamente relacionados ao ato sexual propriamente dito. Este mecanismo é interessante porque, se cada um de nós concentrasse toda a carga erógena ao fim a que se destina, certamente nos tornaríamos compulsivos.
» Top 10 sintomas para se descobrir compulsivo em sexo.

Ao estudarmos certas parafilias, quando a obtenção de prazer extrapola à cópula, descobrimos que muitas delas são a base de várias atividades humanas, por serem o resultado da canalização das energias sexuais sublimadas. Certamente, sem este engenhoso mecanismo de transferência anímica não teria sido possível a construção da civilização humana, nossa única diferença em relação ao resto dos animais.

1) Tricofilia – prazer sexual resultante da contemplação de cabelos e pelos.
Tricofilia
(Quem não é Tricofílico diante de uma musa dessas?)
Esta parafilia de fundo psicológico pode explicar a motivação inconsciente das profissões que tem como matéria prima cabelos e pelos, desde o cabeleireiro ao fabricante do bolo-de-noiva da Amy Whinehouse.

2) Coreofilia – deleite sexual com a dança.
Coreofilia
As civilizações antigas basearam os seus mitos de cosmogênese na dança dos Deuses. Portanto, é antiga a relação entre dança e partenogênese (parto sem que a parturiente tenha tido relações sexuais). Esta parafilia explica porque alguns dançarinos e coreógrafos reputam a dança como a base da vida e a fonte do prazer mais puro.

3) Pogonofilia – excitação sexual por barbas.
Pogonofilia
Provavelmente isto explique o nexo ancestral entre barba e potência máscula. A ironia do destino é que os hodiernamente os metrossexuais afrontam uma verdade milenar, quando através da depilação retrocedem os seus corpos ao estado impúbere.
» Teste de detecção do metrossexualismo em 13 perguntas.

4) Anemofilia – prazer proveniente da aeração das zonas erógenas.
Porém, não devemos nos restringir somente aos órgãos genitais, já que muitas pessoas pautam a suas vidas de modo a usufruírem os grandes espaços abertos sujeitos às correntezas de ar. Tal parafilia explicaria os aeronautas, praticantes de esportes radicais, trabalhadores e clientes do turismo de aventura, etc.


5) Timofilia – excitação diante do contato com metais preciosos.
Timofilia
Qual mulher não cultiva no seu âmago a Timofilia? Tal parafilia explicaria os ourives e todos aqueles que manejam o vil metal, inclusive os seus felizes possuidores, que gastam horas contemplando seus tesouros. O Timófilo mais famoso do mundo é o Tio Patinhas, personagem de Walt Disney.

6) Melolagnia – excitação sexual com a música.
Melolagnia
O termo melômano explica tudo, pois é um amante da música e dedica todos os seus esforços ao usufruto da “arte das musas”. Tal parafilia explicaria maestros, instrumentistas, solistas, cantores, etc, ou seja, todo um conjunto de pessoas que destinam parte da sua libido para produzir aquilo que a todos encanta.


7) Antolagnia – excitação erótica na presença de flores.
Antolagnia
Isto explicaria as profissões de florista, o negócio das floriculturas e de todas as pessoas que devotam suas vidas ao cultivo desses elementos vegetais tidos como símbolos da renovação.

8) "Preprefilia" – excitação por imaginar caixões voadores.
Caixões voadores
Até este ano de 2010 esteve presente na Wikipédia um verbete listado entre as Parafilias, que era uma absurda invenção, um Hoax. A comprovar que nada substitui o senso crítico, transcrevo aqui o embuste plantado na Wikipédia como uma informação verdadeira:
“É a atração sexual por caixões voadores. Esta parafilia foi descoberta em 2007, quando um psicologo que trabalhava em uma escola, observou o comportamento estranho de um dos alunos. Foi feita uma análise, aonde o rapaz, de apenas 16 anos, afirmou sentir prazer em imaginar caixões voando.”
Apesar do verbete ter sido eliminado da Wikipédia, consegui recuperá-lo através do Cache do Google.
Motivo da eliminação: Disparate, incompreensivo, conteúdo falso. Wikipédia: registro de eliminação.
Portanto, da próxima vez que se utilizar da Wikipédia, não se esqueça de confrontar as informações lá publicadas com outras fontes.

9) Espirrofilia? - excitação sexual ao ato de espirrar.
Estudos recentes indicam correlações entre a excitação e o espirro. Preliminarmente, os cientistas descobriram que em alguns pacientes as crises de espirro acontecem em consequência da imaginação erótica, ou do atingimento do orgasmo, pelo fato destas atividades compartilharem a mesma área cerebral denominada sistema nervoso autônomo.
» Espirro pode indicar excitação erótica, diz estudo.

10) Pedal pumping – excitação sexual através da contemplação de pés femininos acelerando.
Pedal Pumping
Fetiche bizarro e pueril que trabalha ao nível do imaginário de belos pés femininos desnudos acelerando tudo. Pelo número de ocorrências no Google, é uma parafilia bem mais disseminada do que pareceria à primeira vista.
» Já ouviu falar em pedal pumping? Jesse James já.

Referências:
» Parafilias na Wikipédia.
» Top 10 desvios sexuais não-genitais mais bizarros.
» Taras sexuais violentas.

6 comentários:

  1. Existe todo tipo de coisa relacionada a sexo, e você só descobre depois que pesquisa no google e acha um monte de sites questionáveis... :P

    ResponderExcluir
  2. Bruno, o Google dá o céu e o inferno, tudo depende dos filtros.

    ResponderExcluir
  3. poow muito bom post AIUSHAUIHSIUAHS' ^^

    -------------------------
    O seu portal de humor está de cara nova :D, confira www.piratasdohumor.6te.net

    ResponderExcluir
  4. Taras? Manias?
    Talvez " Fetiches ". Todos nós temos um pouco, alguns não se apercebem.

    O sexo e a imaginação têm muito em comum. Daí que realizar algumas fantasias resulte num duplo prazer: o de imaginar e o de concretizar. E não é preciso entrar em grandes loucuras ou bizarrias para potenciar o prazer. Bastam pequenos gestos, um ou outro pormenor engraçado, e a coisa fica logo mais interessante.
    Há quem tenha a mania das velas,há quem goste do chão forrado a tapetes de pêlo alto, há quem tenha uma predilecção por bancadas de cozinha, bancos traseiros de carros, janelas, terraços, casas de banho, locais públicos, parques de estacionamento, o campo, a praia....
    Cada um tem direito aos seus pequenos fetiches, desde que os mesmos não ponham em causa a integridade alheia.
    Há mesmo quem não consiga concentrar-se no momento se o ambiente ou o parceiro não seguirem determinados preceitos.
    Há mulheres que só embalam com boa música e preliminares, há outras que não estão nem para uma coisa nem para outra.
    Há pessoas que precisam de sentir álcool ou outras substâncias no sangue para descontrair quando chega o momento, há outras que, pelo contrário, necessitam de se sentir completamente sóbrias para o mesmo fim. Conhecer os prazeres de cada um dá trabalho e demora tempo.
    É preciso existir abertura para conversar sobre o assunto sem nunca ridicularizar as manias do parceiro, mesmo que seja preciso dizer-lhe na cara que não queremos entrar no jogo.
    O pudor de fazer tudo mas nunca falar de nada, típico da mentalidade ainda vigente de raízes sonsas e perversas não contribui em nada para a felicidade individual e dos casais em geral. É claro que não é preciso discutir todos os pormenores.
    Até porque o sexo é como a alimentação; há que variar de forma equilibrada e saudável, sob pena de ficar intoxicado quando se insiste num só tipo de alimento.

    ResponderExcluir
  5. eu ja tive contato com um fulano virtualmente, que me pediu fotos dos meus pés enquanto eu dirigia!!
    Nem sabia que isso era doença com nome... eu chamei ele de retardado mesmo, mas agora que sei o nome certo...

    ResponderExcluir
  6. Não acho que "tara" por barba é um desvio sexual hahahahah não entendo mulher que reclama. Além de ser mto mais sexy, uma barba "bem usada" é o que há. *_*

    ResponderExcluir