Pesquisar

15 de set de 2009

O OGA decreta a morte do Word?

Não demorou muito e a Microsoft resolveu incorporar o programa espião Office Genuine Advantage Validation - OGA no Windows através do Update KB949810(*), que detecta se há no computador uma versão pirata do MS Oficce. A mesma política já havia sido implantada no próprio Windows com o Windows Genuine Advantage – WGA através do Update KB905474, que inviabilizou as versões pirata daquele Sistema Operacional.

Assim como aconteceu com o WGA, os hackers já providenciaram um OGA crackeado e o disponibilizam em sites de Download. O problema é que quem optar pelo OGA "alternativo" incorrerá em riscos de segurança, devido aos potencias vírus, terá que fazer Updates frequentes da chave pirata cada vez que a Microsoft fizer um Update do seu programa espião original.

Sim, confesso que eu usava uma versão pirata do Microsoft Office sem problemas até que o Windows começou a exibir uma mensagem que aquele programa não era original. Na medida em passaram os dias, a mensagem ficou mais frequente até que quase todas as funções do Word e de todos os outros aplicativos do Office foram desabilitadas. Então, tomei uma decisão radical.

Nestes momentos este post está sendo escrito no meu novo BrOffice 3.1.1 recém instalado! Resolvi largar a tirania dos programas espiões da Microsoft e partir para um Software Livre, de código aberto e ainda por cima gratuito. E o melhor de tudo, com corretor ortográfico já atualizado para o novo Arghhh! Acordo Ortográfico da língua portuguesa.

O único empecilho que me fazia continuar no Word era o seu excelente Revisor Gramatical, uma deficiência que foi facilmente resolvida no BrOffice através da instalação do plug-in CoGrOO.

Agora, ao contrário da Microsoft que condena seus usuários a pagar por cada nova versão, o BrOffice se atualiza gratuita e automaticamente.

Pontos fortes do BrOffice:

1- É plenamente compatível com os arquivos gerados no MS Office 2007 – portanto, você não precisa se preocupar com a leitura e a edição de todos os seus arquivos do Word;

2- Tem capacidade nativa de exportar o arquivo para o formato PDF;

3- É rápido e estável.

Graças à burrice da Microsoft, depois de anos como usuário do MS Office migrei com sucesso para um software de código livre. Só não entendo porque perdi tanto tempo.

(*) UPDATE1: OGA Uninstall
Como desinstalar facilmente, completamente e definitivamente o maldito OGA - Genuine Advantage Validation?
Abra a janela "executar" no barra "Iniciar" do Windows ou execute o comando abaixo via Prompt do DOS.

Copie e cole este comando lá:
MsiExec.exe /X{B2544A03-10D0-4E5E-BA69-0362FFC20D18}
Este é o desinstalador invisível que forçará a desinstalação do OGA.

Fonte: Um anônimo contribuiu com esta informação no post "Top 5 Hacks to Remove OGA Office Not Genuine Notifications (Uninstall KB949810) publicado no blog [SolidBlogger]

CUIDADO com o Windows Update:
Depois de desinstalar o programa OGA de reconhecimento de Office pirata, o Windows vai tentar reinstalá-lo no próximo Update. Então você vai ter que abrir a janela de "Novas Atualizações disponíveis" e desmarcar o Update "Notificações do Programa de Vantagens do Office Original (KB949810)". E lembrar de desmarcar sempre nas próximas atualizações, pois senão, vai ter que desinstalar de novo, pois a microsoft considera "Importante" a instalação deste programa espião.

UPDATE2: Para quem tem a versão oficial do MSOffice, a Microsoft disponibilizou a
Atualização para o Verificador Ortográfico, Dicionário de Sinônimos e Verificador Gramatical do Microsoft Office 2007. Baixe aqui.
Observação: essa atualização não se estendide para as versões anteriores do Office.

Referências:
Baixe o BrOffice aqui.
Disable "Get Genuine Office", Microsoft Nagging OGA (KB949810) [Squidoo]
Como remover o WGA do Windows XP sem precisar desativar as atualizações automáticas [SoftDownload].

72 comentários:

  1. Vou ser bem sincera, o broffice n eh ruim.. mas eu tive uns problemas com ele... Usava o linux e fazia meus trabalhos da facul, ai mandava a minha parte pras minhas amigas, cada uma add sua parte, e o trab voltava pra mim p eu finalizar, uma usava a versao 97 e a outra a nova versao e no momento que elas salvavam e fechavam o arquivo era o bum.. o arquivo estava corrompido, nem no br office, nem no windows abria mais... E isso passou varias vezes, ate q comecei a usar o bloco de notas, e entao so qnd o trab tava pronto p imprimir formatava no word... :( foi um pesadelo...

    ResponderExcluir
  2. "Graças à burrice da Microsoft, depois de anos como usuário do MS Office migrei com sucesso para um software de código livre. Só não entendo porque perdi tanto tempo."

    Hã... e???? Com o fim de seu Office pirata você deixou de dar algum lucro pra alguém? Que hipócrita!

    ResponderExcluir
  3. Denise,
    O problema de intercambialidade é realmente uma tragédia e pode acontecer com todos os editores de texto, quando há várias versões envolvidas.
    Pena que vocês não tenham testado um formato de intercâmbio não-proprietário, tipo RTF.
    Para imprimir, o mais Show teria sido exportar direto do BrOffice para o PDF, assim você preserva a sua formatação independentemente do driver da impressora ou da versão do editor instalado no computador da impressora.

    ResponderExcluir
  4. O anônimo acima fez uma Boa pergunta,
    Com o fim do meu Office pirata a Microsoft perde um Nerd fuçador de computadores e capilarizador de softwares. Inclusive ela vai perder a minha mulher, que tem instalado o MS Office oficial no seu computador.
    O que farei? Ora, esta porcaria do Word 2007 não tem revisor atualizado ao novo Acordo Ortográfico e a Microsoft não vai fornecer de graça um Word 2010.
    Então, ficarei na tocaia e quando a Microsoft der o bote tentando enfiar o novo Office, direi simplemente: mina, chegou a ora de nos livrar desta sacanagem e instalar algo decente.
    Viu como é simples? Um Nerd sozinho já pode causar algum estrago, pois me tornei um anti-propagandista contra a mania da Microsoft de instalar compulsoriamente programas Spyware no seu computador.

    ResponderExcluir
  5. Ok, vamos por partes:

    "Resolvi largar a tirania dos programas espiões da Microsoft e partir para um Software Livre, de código aberto e ainda por cima gratuito."

    Tirania? Uma empresa gasta milhões de dólares para desenvolver um software, colocar no mercado, atualizá-lo constantemente, mantendo uma equipe permanente de centenas de profissionais espalhados pelo mundo, e é tirania cobrar por ele? Esse modelo de negócios que você sugere é insustentável! E o conceito de programa espião é outro. Quando essa atualização apareceu no meu pc, eu pude antes mesmo de instalá-la ver do que se tratava e optar ou não pela sua instalação. E mesmo se isso não fosse possível, eu entenderia os motivos da companhia. ELA criou o software! E decidiu cobrar por ele. Se eu instalo no meu computador, o mínimo que se espera é que eu saiba que esse é um software PAGO!

    "Agora, ao contrário da Microsoft que condena seus usuários a pagar por cada nova versão, o BrOffice se atualiza gratuita e automaticamente."

    Ninguém é obrigado (muito menos "condenado") a comprar uma nova versão sempre que é lançada. Ainda existe uma base imensa de usuários que utilizam o Office 2003, e já se vão 6 anos desde o seu lançamento. Para quem quer continuar nessa versão sem perder a compatibilidade, a Microsoft até disponibilizou gratuitamente um plugin que permite abrir arquivos criados no padrão do Office 2007. Ela não tinha nenhuma obrigação de fazer isso.

    "Graças à burrice da Microsoft, depois de anos como usuário do MS Office migrei com sucesso para um software de código livre. Só não entendo porque perdi tanto tempo."

    Isso é um discurso vazio e sem sentido. A Microsoft é uma empresa, e como tal quer (e precisa) auferir lucros. Se eu colocar na calçada da minha casa uma banquinha de churrasquinho, vou querer lucrar com isso! O que há de errado?
    Como você citou, existem boas alternativas gratuitas ao MS Office. São adequadas para quem não quer (ou acha uma "tirania") ter que pagar por algo que custou uma nota preta pra ser desenvolvido.
    E já que estamos falando em dinheiro, vamos às contas: A versão mais barata do Office 2007 é a Student, que custa "absurdos" R$ 199,00, com direito a 3 licenças de instalação (a Americanas.com ainda parcela em 6 x R$ 33,00 sem juros). Essa versão vem com o Word, Excel e PowerPoint, pacote que atende 99,99% das necessidades da maioria dos mortais.
    Agora vejamos. Você e mais dois amigos resolvem comprar e dividir as licenças, uma pra cada. Cada um vai pagar R$ 66,33. A versão 2003 do Office foi substituída em 2007, 4 anos depois. Digamos que a atual tenha a mesma “vida útil”, ou seja, quatro anos. Dividindo os R$ 66,33 por 48 meses, chegamos à conclusão de que o usuário pagará, por uma licença GENUÍNA, R$ 1,38 POR MÊS!
    Eu não sei onde você mora, mas na minha cidade isso não paga uma mísera passagem de ônibus.

    Agora, respondendo à sua pergunta, o OGA não vai decretar a morte do Office (não é só do Word, viu?), assim como o WGA não decretou a morte do Windows. No máximo vai fazer com que alguns usuários que nunca pagariam por uma licença a migrar para o software livre.

    Agora só espero que não apareça nenhum mané freetard leitor de primeiro parágrafo me chamando de capitalista ou qualquer outra baboseira sem fundamento.

    ResponderExcluir
  6. Alberto,
    Minha esposa recém comprou o Office 2007 e teria que desembolsar mais $$$ para comprar o 2010. Por que ela não continuará usando o 2007? Por que ela é professora e depende do corretor ortográfico atualizado. Já avisei para ela, vamos nos livrar desta bosta e pronto, perdemos o dinheiro, mas não cometeremos uma nova burrice.
    Quanto ao WGA, o que aconteceu? Infelizmente continuo com o Windows porque as máquinas novas vem prioritariamente com ele instalado em regime de O&M.
    Agora me pergunte o que eu faria se o Google conseguisse embutir um novo OS nas máquinas novas, que fosse software livre e compatível com o que tem aí no mercado.
    Certamente ter o Windows hoje é mais uma compulsão do que uma opção, porque no momento em que houver na praça uma alternativa viável e puder comprar uma máquina nova de nome já com um Sistema Operacional alternativo ao império do mal Microsoft, largo na hora o WGA, ou melhor o Software do Império.
    Não sei porque o Google dormiu nas palhas até hoje e não investiu neste caminho, já que SO já existe, é o Linux e poder de convencimento de bilhões de dólares ele tem convencer uma HP e DELL a equiparem suas máquinas com o Chrome SO.
    Quanto aos Spywares da Microsoft, quem tem domínio técnico suficiente para fazer updates personalizados, sendo que o default é a atualização expressa?
    Ademais, quem opta por não instalar os Spywares, perde de lambuja o direito das atualizações - significando que não é opcional, é compulsório mesmo!
    Finalmente, havendo o sistema inventado pelo Google de rentabilização por outras fontes, eu me sinto lesado por ter que pagar obrigatoriamente pelo Sistema Operacional e Office. Por que eles não cobram pelo Browse Internet Explorer? Nesta área os calhordas levaram ferro, pois foi a única estratégia encontrada para derrubar o Netspcape. O mesmo pode acontecer com os programas básicos do computador: na qualidade de serviços que são, os anunciantes é que tem a obrigação que remunerá-los. Pena que o Google tenha acordado tão tarde para o problema.

    ResponderExcluir
  7. "império do mal Microsoft"


    Li até o final, mas sua argumentação foi desqualificada aí. Cara, acredite, você não tem o MENOR, o MÍNIMO nível para discutir sobre tecnologia. Nem sobre negócios, estratégia de mercado ou administração.
    Você escreve como alguém que acha que as empresas são a fonte de todo o mal da sociedade, quase acreditando que lucrar é pecado.
    Sobre o assunto, sugiro a leitura desse artigo aqui: http://www.kanitz.com/veja/lucro.asp
    Acredite. É esclarecedor. Ou não.
    Seu blog vai continuar no meu reader porque tem outros posts interessantes, mas vou passar a ignorar qualquer post que se pareça com esse aqui.

    ResponderExcluir
  8. Não tenho problema nenhum em discutir com Wintards, Applemaníacos, Linuxtards, este fórum está aqui para isto.
    Vou continuar propugnando a transformação dos softwares básicos de um computador em serviços. Por que a Microsoft não cobra pelo seu Internet Explorer? Porque a Fundação Mozilla transformou o Browser em serviço. Por que o Google não cobra pelas pesquisas? Porque quase toda a Internet foi transformada em serviços.
    Não cobrar diretamente do usuário final não impediu que o Google se transformasse numa empresa de 100 bilhões de dólares.
    Acho que deveríamos compara o Hardware, é justo, mas softwares básicos como o Sistema Operacional, Office e Browser deveriam vir instalados na máquina por empresas prestadoras de serviços.

    ResponderExcluir
  9. Tachar a Microsoft de imperio do mal porque ela pretende ter lucro sobre seu produto é no minimo infantilidade.Existem n alternativas de software livre para substituir o office ou o internet explorer ou o windows,só usa esses quem quer.E se usar nada,mais justo do que pagar pelo produto.

    Se você não concorda com o plano de negocio da empresa simplesmente não compre,é tão simples.

    Abraços :)

    ResponderExcluir
  10. Amanhã se o autor deste blog decidir vender empadinha de queijo na praia, vai gostar de ser taxado de tirano e demoníaco, pois deveria doar as empadas ao invés de vende-las.

    Amigo, o Office é um produto como outro qualquer, compra quem quiser. A Microsoft pode cobrar 5 milhoes de reais por uma copia se desejar, o produto é dela. Compra quem quer.

    Quem nao quer comprar, que use um software gratuito.

    Discordar disso é patético.

    Em breve você vai falar que os carros deveriam ser de graça, bem como a gasolina, as passagens aéreas etc.

    ResponderExcluir
  11. Esse cara ai hein... sei não, parece os cara q instalam ubuntu, gostam e querem destruir a microsoft ishaiuhsuaihuasih

    ResponderExcluir
  12. ola eu nao entendo muito de tecnologia uma pergunta so que faço e quem puder me responder responda. se estes o.s e software livres , eles tem condições de serem usados em uma uma plataforme do windows ex: uso um editor ou uma planilha e se mandar para algem que tenha o exel ou word vai conseguir le-lo e mexer nele? em suma eu so quero saber se posso usar um preograma que nao seja pirata mas que nao tenha que me sujeitar a ter sanções por usar um programa livre e umsistema operacional. pois o que vejo é que tudo qu se faz em programas sempre usam para microsoft. desculpe-me se nao sei falar sobre teconologia sou apenas um ususario como milhões por ai que nao tem condições finaceiras de manter um pc original , mas que ter uma opção mais barata para te-lo , nao julgo a microsoft em ter lucro pois é uma empresa e tem que ganhar com isso é o seu trablho , acho tambem que o governo tem que dar incentivo fiscal(que vai ser impossivel faz-lo) tenho certeza que os impostos incididos sobre os programas são mais que 40% .

    sem mais

    ramon

    ResponderExcluir
  13. E alguns de vcs nao entendem nada de monopólio.
    Nem de como funciona o domínio das massas, mesmo nao parecendo que se paga nada por isso.
    Veja a Rede Globo, vc alguma vez já deu dinheiro pra ela? Diretamente, nao. Mas e indiretamente? Ou vc acha que o dinheiro pra investir em propaganda de margarina nao sai do seu bolso?
    O mesmo vale pra Microsoft, mesmo sem pagar pela licença, vc usa, pq nao tem outro e mesmo que venham falando de linux, ele nao possui todas as aplicabilidades que possue o Windows, basta olhar uma coisa simples, jogos! E se vier me dizer que jogos nao importam, veja a renda que empresas como Blizzard, Valve ou EA recebem por ano e repensem a situação. O windows é o unico SO que dá suporte a tudo e mesmo que vc nao pague por ele, ainda assim, quando vc usa, ajuda que o sistema como um todo seja dominado por ele. Se vc nao entendeu, vamos de novo, vc acha que a Rede Globo nao influencia sua vida?

    ResponderExcluir
  14. Ramon,
    Você pode trabalhar com um software livre como o BrOffice e quando quiser enviar algum documento ou planilha para uma pessoa que tenha o MSOffice, é só gravar no formato do Word ou Excel, sem problemas.
    Enquanto os outros Offices possuem esta opção, só a arrogante Microsoft insiste em apenas falar com ela mesma.

    ResponderExcluir
  15. O pessoal que está brigando para continuar pagando pelo Sistema e pacote de aplicativos Office, porque não brigam também para pagar pelo Browser?
    Sabem por que? Porque todos sabemos que se a Microsoft começasse a cobrar pelo Internet Explorer, ela sumiria do mercado dos Browers. É o que eu defendo, se eles podem oferecer o IExplorer gratuitamente, porque eu e a minha esposa que adquirimos recentemente computadores com o Vista, teremos que desembolsar mais dinheiro com o Windows 7? Porque a minha esposa não tem direito ao Update do dicionário do MsOffice 2007 atualizado na nova ortografia?
    Não discuto o sistema da Microsoft e o seu direito ao lucro, só acho que já começam a surgir alternativas viáveis que vão fazer o Império ficar com o cabelo em pé. Preparem-se para ver o strike que o Android do Google vai fazer no mercado dos mobiles inteligentes.

    ResponderExcluir
  16. Usem Mac OSX. Mac naun é caro, o sistema operacional vem instalado e os programas para o mesmo naun são caros, além de naun precisar de antivirus. No lugar do Office, existe o maravilhoso e barato Iworks...

    ResponderExcluir
  17. É tirania da Microsoft sim. Ela,a Microsoft já é uma empresa líder do ramo e a maior e mais rica do mundo. Pra que ela iria ligar pra uns pobres pés-rapados do terceiro mundo continuassem a usar o office ou qualquer outro programa sem pagar se não fosse por pura ganância? afinal ela já desenvolveu o soft e já ganhou muito mais do que gastou, ou seja, já teve seu lucro. O que ela tem de fazer agora é gravar o soft em disco, botar numa caixa bonitinha e oferecer pros bestas darem seu suado dinheirinho (ou nem gastando com isso, oferecendo o soft através de download), pagando valores estúpidos... aí fica essa briga das empresas na justiça contra os usuários que usam soft pirata... é só baixar o preço que as pessoas vão comprar e não vão ficar se expondo com essas piratices. Mas a ganância não deixa!!!
    Quanto ao valor gasto pra manter e atualizar os programas, isso é quase irrelevante, não me deixa mentir o simples fato que o BrOffice é feito e atualizado gratuitamente, sinal claro que essa tarefa não é tão dispendiosa como se pode inferir de comentários acima.
    Então vamos para o pirated edition.
    Quanto ao BrOffice, podem baixar que é muito bom, não deixa nada a desejar com relação ao seu rival pago.
    Tive um problema com meu HD há aproximadamente um ano e meio e, quando comprei um novo resolvi instalar o Ubuntu Linux e o BrOffice (o Ubuntu já vem com o openoffice que eu desinstalei e instalei o brasileiro). Só uso o ruindows em uma máquina virtual (também com o gratuito Virtual Box da Sun) pra alguns programas de algumas empresas estúpidas que insistem em lançar seus softs que rodam somente em ruindows.
    Vale a pena testar o Ubuntu e BrOffice. Ninguém vai se arrepender!!!

    ResponderExcluir
  18. Daniel G. Ferreira19/09/2009 19:45

    Cara,
    vou ser simples e objetivo.

    A MICROSOFT NÃO PERDE NAAADDAAA COM VOCÊ.
    Você nunca gerou 1 cent de lucro pra eles.

    Acorde...

    ResponderExcluir
  19. Daniel G. Ferreira19/09/2009 20:04

    Voltando para comentar depois de ler os comentários.

    Cara, esse seu argumento de defender que o Office deva ser gratuito comparando com Explorer e Google é muito furado.

    O Internet Explorer já vem incorporado ao Windows antes da Internet ser o que ela é. Seria idiotice separar o aplicativo do OS e começar a cobrar por ele. O 'valor' dele já está embutido na licença que você paga pelo Windows.

    O Google e a maioria dos sites da internet tem outra forma de gerar receita. Com links patrocinados e propagandas. Não tem nada a ver uma coisa com a outra.

    O Office é um sistema completamente alheio ao Windows (apesar de ser compatível apenas com este). São duas coisas independentes.

    Daqui a pouco você vai começar a xingar a LG pq eles cobram para você comprar um DVD player. Xingar a HP pq o seu Notebook não veio com uma impressora. Xingar a Gessy Lever pq seu shampoo não veio com condicionador... seu catchup não veio com maionese... etc, etc e etc.

    Não consegue visualizar que o seu argumento é furado?

    Se você estivesse reclamando dos valores das licenças. Abraçaria a causa com você. Mas reclamar que a cobrança existe, é um argumento ingênuo demais.

    ResponderExcluir
  20. Daniel,
    Apesar de você e os Dealers defenderem a maneira obsoleta da Microsoft ganhar dinheiro, com a pressão dos Spywares que a empresa de Richmond insiste em instalar nos computadores dos seus clientes/cobaias haverá um movimento cada vez maior de saída deste gasto compulsório. Tenho o Vista porque veio embutido num computador novo da Dell. Espero que a Dell repense a sua política de venda casada porque no meu próximo upgrade de hardware, certamente não vou querer engolir goela abaixo o Windows.
    Ao contrário do que os Wintards pensam, não acho que a pressão autoritária da Microsoft tenha vindo em má hora, muito pelo contrário, quanto mais ela implantar softwares espiões do tipo WGA e OGA, mais os usuários vão buscar soluções que já deveriam ter buscado há muito tempo.
    Ser obrigado a hospedar Spywares na minha máquina só pode ser coisa de Império do Mal.

    ResponderExcluir
  21. perdi meu tempo lendo isso

    ResponderExcluir
  22. Daniel G. Ferreira19/09/2009 21:26

    Cadê sua réplica para com os seus argumentos?

    E vc não é obrigado a usar o Windows que veio no seu Dell... instale um Linux ué...

    ResponderExcluir
  23. Ei calma pessoal !!!
    Cuidado ! os Nerds da Microsoft estão ofendidos....

    ResponderExcluir
  24. Acho uma tremenda falta de respeito da microsoft querer ter acesso a informações pessoais em nome do lucro deles. Eles têm o direito de exercer sua atividade econômica e receber por ela, mas isso não os dá o direito de ofender minha privacidade com spywares como o WGA e agora o OGA. Me sinto mais ofendido ainda por ter o software original e a aquisição de novos updates ser dependente da instalação desse programa. Não mudo de editor de texto agora porque paguei pelo original, mas assim que sair o office 2010 eu irei migrar para outro pacote de programas similares. Não abandonei o windows ainda pela simples falta de opção que me agrade, mesmo possuindo também, a versão original do sistema operacional. A microsoft, ao invés de investir na proteção de suas chaves de registro e buscar a origem da pirataria, prefere onerar todos, clientes e usuários de software pirata, algo que penso ser plenamente questionável judicialmente. Enfim, assunto muito polêmico, mas é interessante ver que a maioria tem uma visão excessivamente liberal do assunto, quando a tendência é cada vez mais restringir a liberdade das atividades econômicas, só observar as medidas que foram tomadas após a última crise econômica. Ótimo post e ótimos replies, voltarei mais vezes.

    ResponderExcluir
  25. luciano pavani25/09/2009 09:25

    odeio admitir, mas a microsoft esta totalmente certa, merda sou um fudido e queria poder seguir roubando um sistema que não tenho como pagar. Tudo bem ja que não da mais vou para o BR ofice, e agora o que posso roubar, hummmmmmm, de ixa ver quen sabe carros apartir de agora!!!??????
    Gente é ruim é, quero usar o oficew sem pagar? claro que sim, quem não quer. So que isso tem dono, igual carro...
    Se sou fudido o suficiente para não conseguir pagar por isso, tenho mais que me fuder, ou me tornar um destes políticos que voces espertos votam, para ganhar muuuuita grana e ai então poder pagar por uma ferrari do pc. e não ter mais que ser ladrão..

    ResponderExcluir
  26. Imagina usa o Linux, é super seguro e tem o q essa b......não tem. E para usar o word e todos programas IGUAIZINHOS o microsoft office, usa o open office.

    ResponderExcluir
  27. Marcos Valin30/09/2009 18:12

    Eu não sou nem contra nem a favor da Microsoft cobrar pelos seus produtos. Na verdade, ela pode doar, ou vender da maneira que bem entender.
    Mas a medida que forem criadas restrições ao uso dos programas do pacote office (como a atualização KB949810), muitos usuários irão migrar para outros programas alternativos (como o BR Office).
    Se por um lado temos o BR Office com a possibilidade de formatação dos arquivos no padrão do Office (word, excel, power point, etc); o correto também seria a possibilidade de usar o Office e formatar o arquivo no padrão BR Office.
    A Microsoft faz isso para tentar segurar o mercado de usuários, mas creio que isso pode ser um retrocesso, pois a medida em que cresce o número de usuários que optam pela utilização de programas alternativos, em um futuro breve o Office não será mais o "programa mais popular", será somente um programa alternativo e uma opção a mais no mercado.
    Não esqueçamos que Bill Gates usou projetos engavetados de sistemas operacionais (MS-DOS) de empresas concorrentes no inicio da Microsoft, e nem ficava triste se alguém pirateava o MS-DOS (primeiro porque na verdade o MS-DOS era uma cópia do IBM-DOS, e segundo porque fazendo isso, contribuia para a divulgação e dependência de seus usuários aos produtos da Microsoft)... E assim começou o império.
    Será que se parece com uma certa história que você deve conhecer de um, digamos, comerciante de produtos ilícitos que deixa o usuário experimentar de graça a primeira dose???

    ResponderExcluir
  28. Marcos Valin,
    Hehehe, o traficante, contrário senso à Microsoft, não ainda não suspendeu a iniciação gratuita. Concordo com você, graças à complicação da OGA e do WGA, os usuários vão cada vez mais procurar soluções alternativas. Como já falei, o meu DELL veio com o Vista enfiado goela abaixo, mas nem cogito por um segundo investir no Windows 7. Se tivesse neste momento que trocar o Sistema Operacional, partiria de olhos fechados para o Linus Ubuntu-Br. http://www.ubuntu-br.org/

    ResponderExcluir
  29. Adoro o BrOffice, mas o MSOffice é melhor. Obrigada pela dica ;)

    ResponderExcluir
  30. Sou técnico de Informática há mais de 10 anos.
    A Microsoft só é mundial por causa da pirataria, nunca teria se popularizado de tal maneira sem a pirataria. Cada software Original em algum momento foi escolhido por usuários que usaram o pirata em suas residências ou trabalho. O Linux ou BrOffice só tornaram a primeira escolha da maioria se a Microsoft criar uma forma definitiva de bloquear seus programas aos piratas (o que convenhamos não é dificil, é só querer mesmo o que eles não querem) e ai a própria Microsoft vai definhar. Vocês acham coincidência esse OGA ter sido criado tão próximo do lançamento do Office 2010? Claro que não! Não uso softwares originais e caso seja forçado migrarei para os gratuitos assim como centenas de milhões de pessoas, e ai bye bye Microsoft. Se os programas deles ainda fossem perfeitos, mas não, é como se comprassemos uma colcha cheia de buracos e todo mês nos fornecem um pedaço de tecido para costurarmos e quando a colcha fica inteira (apesar de toda remendada) nos impoem uma nova colcha toda furada para trocarmos. Obrigado a esta Blog pela dica do Desinstalador OGA ( muito bom, estou a 15 dias procurando por uma solução definitiva)

    ResponderExcluir
  31. Encontro cada vez mais pessoas BrOffice Natives, ou seja, as que deixaram de usar o MSOffice há muito tempo, ou nunca usaram.
    Infelizmente a minha esposa, que tem o MSOffice original instalado, não vai migrar totalmente para o BrOffice por conta dos muitos DOCX com tabelas. Porém, ela de jeito nenhum fará upgrade para o 2010. Seu último Office da Microsoft é o 2007, depois... será o fim da escravidão.
    Acho que agora a Microsoft conseguiu dar o tiro definitivo na própria cabeça.

    ResponderExcluir
  32. Legal esses comentarios, eu só quero saber se o BrOffice lê as planilhas feitas no CarniçaOffice da Microsoft? Obrigado!

    ResponderExcluir
  33. Judivan, não tem problema não, o BrOffice lé perfeitamente planilhas em formato XLS.

    ResponderExcluir
  34. Obrigado mesmo pela dica de como desinstalat o OGA... Já não aguentava mais aquela msg de validação do meu programa... Enfim achei a solução.
    Vlw

    ResponderExcluir
  35. deus do ceu, se todo mundo fiser como vc contribuindo com um pouco mais de informação, o mundo seria mais faliz, tenho uma versão do office 2007 genuina e estou vendendo, não gostei cheio de bugs, interface muito mais complicada, o 2003 eu não abandono por nada, e não pretendo pagar 600 reais numa copia original, e depois da info acima vou continuar usando minha copia(alternativa)andei atraz dessa resposta a ulgum tempo, acho que encontrei, obrigado por compartilhar conosco!!!

    essa notificação ja estava me enchendo o saco,

    abraço.

    ResponderExcluir
  36. Preste atenção: quem tem uma cópia "alternativa" do MSOffice rodando no seu computador, tem que fazer alguma coisa rapidamente antes que esgote o prazo trial, que deve ser no máximo 30 dias depois que o OGA começa a dar as patéticas mensagens de Software não genuíno. Se o usuário nada fizer dentro do prazo, o MSOffice perde quase todas as suas funcionalidades. Isto aconteceu comigo, e depois não adianta mais desinstalar e reinstalar.

    ResponderExcluir
  37. Fico abismado em ver tantos defensores da Microsoft, só podem estar levando algum. Ou são empregados da Microsoft.
    Concordo que todo computador deveria sair da fábrica com um gerenciador grátis.
    Alguns programas possuem validade e depois você tem que pagar mais uma taxazinha porque caso contrário o mesmo deixa de funcionar.
    É um abuso entrar na máquina das pessoas, investigar e depois travá-las.
    Só utilizo o Windows porque o meu é original pelo trabalho e alguns softwares que utilizo só rodam nele, porque o dia em que todos os softwares rodarem no Linux nunca mais uso o Windows
    Um programa ruim, trava o tempo todo e cheio de merda.
    Qualquer programa hoje gratuito tem o seu lado de lucro é claro, mas como eles conseguem disponibilizar de forma gratuita e outros não?
    Lembro quando o Ig chegou querendo colocar internet grátis todo mundo caiu de pau e ele não conseguiu.
    As empresas tipo Velox obrigam os seus usuários a comprar um provedor, quando na verdade todos nós sabemos que além de isso ser uma venda casada, não existe a menor necessidade de se comprar um provedor.
    E a sim vai.
    Trouxas são esses que ainda continuam defendendo esse monopólio covarde.
    A Microsoft pode ganhar dinheiro de outra forma.
    Imagine, vc compra um pc e ele não tem nenhum programa, aí vc precisa de gerenciador, um editor de texto, um visualizador de imagens, um isso, um aquilo, enfim...
    Parabéns ao Google, aos idealizadores do Linux e tantos outros que nos ofertam com excelentes programas e grátis.

    ResponderExcluir
  38. André Guimarães14/10/2009 10:53

    Não sou funcionário da Microsoft.

    Mas você Dias, é o verdadeiro trouxa, porque se o mundo fosse da forma como você idealiza, estávamos todos na merda, sem avanço tecnológico, desenvolvimento, etc.

    A Microsoft é uma empresa privada, vende da forma e por quanto quiser.

    Não discuto se é barato, justo ou caro, isso depende do ponto de vista ou situação econômica de cada um. Mas apenas o direito dela cobrar o que quiser, bem como comprar quem quer.

    Não adianta ficar "putinho" porque o software que você sempre usou ilegalmente deixou de funcionar. Cresça. Se quer continuar na ilegalidade, procure um meio de burlar, mas não fique achando absurdo que uma empresa privada desenvolva meios de se proteger.

    Quem aqui não procura proteger seus pertences ? Então porque a Microsoft não deveria fazer o mesmo com o que desenvolve ?

    Eu não vou nem tocar na questão das doações, projetos sociais, empregos, aquecimento da economia gerada pela Microsoft aqui, porque um bando de garoto não iria entender ou se importar com o que não está ao alcance dos olhos.

    ResponderExcluir
  39. Empadinhas não podem ser copiadas,e ainda tem um custo real sobre seus insumos, não enriquecem ninguém, mega corporações são nocivas a humanidade pois concentram demais o capital e não revertem como benefício, manipulam as informações e nos forçam a usar produtos de que não gostamos em nome da compatibilidade da informação no convivio social, as comunidades opensource etc..., são importantes na medida que criam uma alternativa e um concorrência real. A pirataria é uma forma de divulgação e propagação do software muito importante para a microsoft que se limita apenas a controla-la para garantir uma arrecadação sem perder a popularidade.

    ResponderExcluir
  40. Cara, parabéns pelo Blog e obrigado pela dica. Grande Abraço...

    ResponderExcluir
  41. Boa tarde
    gostaria de migrar de um Windows Vista para um S.O. de código Aberto. Apesar de ter um WVista original, estou interessada em aprender a trabalhar com outros S.O. Álguém sabe qual o melhor tipo de S.O. para eu instalar em minha máquina? qual deles temmais funções? qual deles irá ser em português (pois não falo inglês)? No Aguardo.

    ResponderExcluir
  42. Isabelle,
    A grande pedida de SO aberto é o Unbutu e o melhor, ele fala português brasileiro!
    http://www.ubuntu-br.org/

    ResponderExcluir
  43. A quetão é mais complexa do que parece, não é dão simples trocar o windows, ja o office é bem mais simples pra ser substituido,o problema são outros tipos de aplicativos, como os softs de contabilidade, rais, sintegra entre outros, apesar de haver um movimento governamental pra oferecer soluções pra outros sistemas operacionais.
    E ao contrario do que se diz mesmo para usar o linux se paga, indiretamente mas se paga

    ResponderExcluir
  44. Linux já nasceu como serviço, então você paga pelo serviço.

    ResponderExcluir
  45. Só pra esclarecer o que o Daniel disse, o IE nem sempre foi incorporado ao Windows. Apenas a partir do Windows XP que o IE 6.0 foi incorporado. Antes disso, o Internet Explorer era instalado por um instalador.

    ResponderExcluir
  46. Olá,

    Li a discussão acima. Sobre o defensor da Microsoft, o Alberto. Ele tem razão sobre o aspecto da Microsoft ser uma empresa com fins lucrativos. A MS investe em Pesquisa & Desenvolvimento e espera o retorno sobre o investimento com lucro.

    Por outro lado, há um depoimento muito pertinente do rapaz que é técnico de informática, que coloca muito muito bem quando diz que a MS se expandiu pelo mundo graças à pirataria. É verdade também que ela não barra a pirataria totalmente, pois sabe que a pirataria cria uma dependencia de seus softwares por todo o mundo.

    Bem, o motivo do meu post é bem simples quem quiser baixar o pacote de atualização Ortagráfica para Word 2007 pode fazê-lo sem medo. Basta não realizar o Windows Update. Basta baixar a atualização MS Word SP2, e depois, baixe o pacote Ortográfico. Vai funcionar sem problemas. Lembre-se não execute o Windows Update, pois ele irá instalar o espião de validação do seu Office.

    O link onde você encontra os 2 arquivos:

    http://www.microsoft.com/downloads/thankyou.aspx?familyId=df0af8d5-a8da-4938-8a44-e8be7c8eeaef&displayLang=pt-br

    Abraço e feliz 2010!

    ResponderExcluir
  47. Olá,

    Li a discussão acima. Sobre o defensor da Microsoft, o Alberto. Ele tem razão sobre o aspecto da Microsoft ser uma empresa com fins lucrativos. A MS investe em Pesquisa & Desenvolvimento e espera o retorno sobre o investimento com lucro.

    Por outro lado, há um depoimento muito pertinente do rapaz que é técnico de informática, que coloca muito muito bem quando diz que a MS se expandiu pelo mundo graças à pirataria. É verdade também que ela não barra a pirataria totalmente, pois sabe que a pirataria cria uma dependencia de seus softwares por todo o mundo.

    Bem, o motivo do meu post é bem simples quem quiser baixar o pacote de atualização Ortagráfica para Word 2007 pode fazê-lo sem medo. Basta não realizar o Windows Update. Basta baixar a atualização MS Word SP2, e depois, baixe o pacote Ortográfico. Vai funcionar sem problemas. Lembre-se não execute o Windows Update, pois ele irá instalar o espião de validação do seu Office.

    O link onde você encontra os 2 arquivos:

    http://www.microsoft.com/downloads/thankyou.aspx?familyId=df0af8d5-a8da-4938-8a44-e8be7c8eeaef&displayLang=pt-br

    Abraço e feliz 2010!

    ResponderExcluir
  48. Vlw pela dica de como remover esse chato OGA, agora so toma mais cuidado xD

    ResponderExcluir
  49. Nossa vlw pela dica de como remover o OGA, realmente excelente dica xD

    ResponderExcluir
  50. O problema está no formato padrão do Word que muda a cada lançamento. Mesmo a atualização do 2003 gera problemas de compatibilidade. É o que ocorre também com outros produtos como o Internet Explorer que teima em alterar algo no padrão HTML e Java que é seguido fielmente pelo Chrome, Opera e o Firefox. A Microsoft faz bons softwares mas tem uma péssima política de compatibilidade por motivos bem óbvios.

    ResponderExcluir
  51. Mestre,

    Muito obrigado por este post, parabéns.

    ResponderExcluir
  52. AJUDEM O TIO BILL A FICAR MAIS BILIONÁRIO QUE JÁ É: COMPREM O BR OFFICE PIRATEADO DO CAMELÔ MAIS PRÓXIMO DA SUA CASA!!! HÁ! HÁ! HÁ!

    ResponderExcluir
  53. Talvez o fato de eu não ver tv há mais de dois anos tenha me tornado um bicho meio esquisito. Eu não me faço nenhuma ilusão com respeito às bondades do sofware livre. Como bem observou alguem aí, o fato de eu nem saber qual novela está passando, não me livra de pagar a propaganda que a manteiga faz na Globo(não uso margarina :) ) Claro que prefiro não pagar e é até provável que a gente esteja pagando duas vezes. Mas não sou inocente ao ponto de achar que o Google seja generoso pelo fato de não cobrar do usuario final. Ele é tão oligopolio quanto a Microsoft.

    A gente sente o cerco se fechar, e vai migrando para programas abertos ou originais. Meu novo PC veio com vista, que é muito ruim mas, como não tinha dinheiro para pagar um outro SO nem quis voltar ao pirata, procurei me adaptar a ele o qual foi um processo bastante doloroso já que tive sérias dificuldades com vários programas que eu usava, entre eles, o autocad e os drivers das plotters. Precisei comprar um programa de fax e perdi alguns programinhas que me eram úteis. Talvez, da próxima, migrarei para o ubuntu com autocad no wine. Será que funciona bem?

    Acredito que se a microsoft quer cobrar, tem esse direito, assim como eu o tenho de buscar outra solução. Quando o WGA me pegou no pc anterior, eu restaurei o sistema para antes da atualização e configurei para não atualizar mais. Utilizando o Vista original, pensei que estivesse tranquila, até que o OGA me pegou, e ídem, restaurei, configurei e, assim, vou adiando o problema.

    Faz pouco tempo, li o livro "1984", de Orwell (não o filme, o livro), que não tinha lido antes. Vc leram recentemente? Achei interessante a idéia que se tinha na época em que foi escrito, de que a ditadura total, controlando as vidas pessoais dos cidadãos que valem a pena, viria através do comunismo. No entanto, vemos, cada vez mais, que a ditadura está vindo através do livre mercado. Nenhum governo precisa forzar ninguem a colocar uma camara em casa para te espionar: todo mundo morre por uma web cam e por expor sua vida nos orkuts e facebooks! Não é doido? O que seria capaz de fazer um governo autoritario qualquer com banco de dados desses? O que será que vão nos convencer a ter junto com o maravilhoso software livre. Ou proprietario, tanto faz ...

    Isaias, amei o post.

    anaC

    ResponderExcluir
  54. O Metrô de São Paulo investiu cerca de 4 milhões de reais em treinamento para o seu pessoal utilizar software livre, como linux e broffice. Já foi economizado mais de dez milhões de reais em licença. Acho que o Isaías está certo. Ou o SO, a suíte de escritório ou de desenho, etc, vêm com um preço mais camarada, ou podem fazer como o google e a mozila. É verdade que foi a pirataria que fez a microsoft popularizar seus softwares. E é verdade também que além na má qualidade, os softwares da microsoft só nos tornam mais burros em matéria de computação. Nos Estados Unidos, onde se usa o sistema da Apple, tudo é definido por comandos. Até para visualizar uma imagem precisa ser dado um comando. Aqui nós não conhecemos nem teclas de atalho, quanto mais comandos. O windows apenas fez com que quem não sabia nada de computação pudesse utilizar um computador pessoal. É tudo no mouse. Já vem tudo pronto (quando presta), é só clicar. Em um escritório, aquele que sabe um pouquinho mais de informática, vive sendo chamado o tempo todo pelos colegas para resolver problemas que as criancinhas nos EUA estão mandando bala.
    Além de nos tornarem mais burros em informática, nos cobram muito caro por isso. Eu tentei comprar um Macromedia Flash, mas dar 1.300 reais num programa não é muito fácil. E uma licença de auto cad?
    Os softwares livres são desenvolvidos por universidades, comunidades científicas, grupos de iteresse e até por hackers que odeiam a MS. Cada um doa um pouco daquilo que sabe, em benefício da maioria de nós, que somo ignorantes no assunto. Se um windows deu bug na cara do Bill, no dia da apresentação, imagina no seu computador. E quando mais você precisa dele, é que ele falha.
    Quanto aos defensores da MS, acredito que a maioria deles usa software pirata. Se não o Windows e o Office, mas uma outra lapada. Um computador não funciona normalmente para todas as tarefas necessárias do dia-a-dia, sem pelo menos uns 20 softwares instalados. Essa de que 99,99% dos mortais só precisa do Office é papo furado.
    Quem quer pagar caro pelo software ruim da MS, pode pagar, mas não critique quem incentiva o uso do software livre.

    ResponderExcluir
  55. AE PESSOAL...

    SOU UM ADEPTO AOS PRODUTOS MICROSOFT "LIVRE" ATUALMENTE USO O W7 SEM PROBLEMAS BEM COMO O OFFICE 2007.

    eSTOU AQUI PARA DAR PARABÉNS PELO POST E DIZER QUE A DESISTALAÇÃO DO OGA FUNCIONOU CORRETAMENTE, CONFORME POST ABAIXO:
    "Como desinstalar facilmente, completamente e definitivamente o maldito OGA - Genuine Advantage Validation?
    Abra a janela "executar" no barra "Iniciar" do Windows ou execute o comando abaixo via Prompt do DOS.


    Copie e cole este comando lá:
    MsiExec.exe /X{B2544A03-10D0-4E5E-BA69-0362FFC20D18}
    Este é o desinstalador invisível que forçará a desinstalação do OGA."

    ABRAÇOS A TODOS.

    ResponderExcluir
  56. Olá,
    Parabéns pelo post, realmente muito bom!
    Olha eu uso uma cópia ilegal do w7, bem como do Office 2007, não sou desonesto, quero utilizar softs livres, mas infelizmente há o problema da incompatibilidade de alguns programas, os quais necessito para trabalhar.
    O modelo de negócio da microsoft é um absurdo, quantas vezes, ela tem que gastar pra desenvolver um programa?
    Ao contrário de uma empada, que a cada vez que for manufaturada exigirá os mesmos gastos, uma cópia de programa exige apenas uma cópia em cd ou dvd do mesmo programa, que pode ser replicado milhares de vezes quase sem custos.
    Mesmo que exista uma manutenção do mesmo, o preço cobrado é muito alto, como se a desenvolvedora tivesse em toda cópia os gastos pra desenvolver o programa.
    Ninguém é criança pra acreditar nisso.
    Não condeno a microsoft por querer obter lucros, estamos em um regime capitalista, mas o modelo de negócios praticado por ela é opressor sim!
    Abraço a todos, mesmo àqueles que não concordam com minha posição!

    Iran

    ResponderExcluir
  57. Iran,
    o absurdo dos absurdos é que minha esposa adquiriu junto com um note Dell uma cópia o Office educacional, e pasme só, não tem o Power Point. Eles preferem meter a inutilidade do Excel e retirar o Powerpoint, uma ferramenta imprescindível para os profissionais de educação.
    Sabe quando vamos comprar outro MS Office? Nunquinha.

    ResponderExcluir
  58. M$ sou fã!!

    O valor agregado do produto não está só em sua produção. Todos sabemos disso. Esta coisa de pirataria é mania de "pobre", pois querem tudo no seu PC mesmo que não use. Outra coisa, vcs são uns invejosos... O tio Bill tem uma mina de ouro, só que é dele, e a gente fica nessa de criticar o cara. Uso Win7 Ultimate Original, Show!!! estou com o Office 2010 Beta e é maravilhoso, não tem um free que faz metade que ele faz. E outra coisa tenho empresa que é uma revenda da Microsoft para o mercado coorporativo e tô ganhando o meu tbm e de forma muito honesta. Valeu!! Fora a pirataria!! Viva a M$$$$ e seus produtos inovadores!!!

    ResponderExcluir
  59. Pelo menos você é Dealer assumido. O problema são os enrustidos que cantam de galo aqui, enquanto defendem causa própria.

    ResponderExcluir
  60. EU QUERIA VER ESSE TAL DE ALBERTO..CHEGAR COM A MÃE MORRENDO NO HOSPITAL E OS MÉDICOS FALAREM Q SÓ OPERAM A VÉIA SE ELE PAGAR 10 MILHÕES POR CAUSA
    DOS EQUIPAMENTOS .. ELE ACEITARIA DEXIAR A VÉIA MORRER ??????????? SEU FULERA..PAPO DE CORNINHO !! PUXA SACO DE PATRÃO !! KKKKK

    ResponderExcluir
  61. muito legal essa dica para desinstalar essa mensagem chata do office!

    ResponderExcluir
  62. Pergunte a esse Alberto se ele sabe a origem do Office ou do Windows?
    Esse corno deve ter ajudado a Bill Gates a roubar o codigo fonte dos outros.

    ResponderExcluir
  63. Obrigada pelo post!

    ajudou muito, é o jeito mais simples e rápido :)

    ResponderExcluir
  64. Caralhooo como tem nego escroto q defende a microsoft ainda?... q isso meu.. ai vem um cara com toda a pinta (alberto) expoe sua ideias baseadas no cursinho de adinistração q fez e acha q é o dono da vdd...
    Vai se tratar maluco...aquer pagar de bunitão e tem o windows pirata na propria casa...antes de defecar pela boca (alberto) defenda a sua "causa" e compre o SO original blz?

    ResponderExcluir
  65. removi a mensagem mas agora pede a chave key toda vez que abro qualquer programa do office. tenho como resolver isso, ja que nao tenho a senha?

    ResponderExcluir
  66. Você se ferrou... provavelmente o prazo de 30 dias que eles dão para o registro desde a compra do software se esgotou. Agora só formatando o PC e reinstalando. Depois, retire o OGA logo após a instalação do Office.

    ResponderExcluir
  67. Caro Isaias,
    Segui a recomendação utilizando o OGA Uninstall e desapareceu aquela mensagem desagradavel, obrigado pela dica e recomendo a utilização

    ResponderExcluir
  68. Prezado Isaias,

    Obrigado pela dica do OGA Uninstall, deu certo e recomendo para quem não esta a fim de ver aquela mensagem chata. Foi super simples e eficiente.

    ResponderExcluir
  69. Interessante recomendação ao final deste artigo Isaias. Raro. Pôs-me a pensar.

    Um abraço,

    ResponderExcluir
  70. Sinto muito, mas o Microsoft Office é uma suite de aplicativos de alta qualidade. Eu, como estudante, uso e abuso do Microsoft Office OneNote. Agora digam-me, há algum software livre comparável a ele? Não, não há.
    E para os engraçadinhos que dizem que a Microsoft é o Império do Mal, já ouviram falar no MS DreamSpark (https://www.dreamspark.com/default.aspx) ?
    Pois bem, eu que sou estudante, usando minha carteira internacional de estudante, pude obter o Microsoft Visual Studio 2010 Professional, completo, full, gratuitamente e legalmente, simplismente porque sou estudante, e vide, estudante de Eng. Elétrica. Vale lembrar que a licença não tem término.

    ResponderExcluir
  71. viajou manolo, defender a pirataria não é certo e você que não é bobo sabe disso.
    Quer defender o software livre? faça como os verdadeiros usuários de software livre que defendem sua utilização como alternativa à quem não quer pagar caro pelo produto, mas nunca como alternativa para quem não consegue mais piratear seus softwares.

    ResponderExcluir
  72. A dica foi boa sim, mas uma coisa é voce precisar usala por necessidade e outra por oportunismo. Tem pessoas que tem como tirar um carro da loja zero, e ainda tem como principio de vida utilizar estes atalhos na vida. Sei que a estas empresas tem seus investimentos, mas sei que comete abusos. Mas se voce ganha dinheiro com aquilo que utiliza, seja compriencivel, ja esta na hora de adquirir o original. Mas se é uma utilização ocasional verifique se realmente voce precisa do pacote todo.
    Tem pessoas comprando um carro que sua velocidade ultrapassa 200 kh para andar dentro da cidade na velocidade de 30 - 40 kh, ai é brincadeira. Uma baik faz isto com um motor menor, ....

    ResponderExcluir