Pesquisar

19 de set de 2009

Top 10 Carros Ficcionais.

Grandes séries televisivas e filmes de cinema usaram como personagens carrões que marcaram para sempre a memória dos espectadores. Mesmo que não nos lembremos do mongolão intérprete do Michael da série Super Máquina de 1986, não sai da nossa memória o KITT, um super esportivo preto de espalhafatosas luzes vermelhas sequenciais dianteiras.

Assim, vão-se os humanos e as máquinas ficam impregnadas no inconsciente coletivo, como se tivessem sido as verdadeiras protagonistas dos enredos de ficção... e não foram?

10- Ford Gran Torino 1975 - Starsky & Hutch.
O grandalhão Ford Gran Torino encerrou a era dos beberrões na indústria automobilística dos carros que se jactavam apenas dos seus cavalos de força. Em 1976 a série Gran Torino foi descontinuada e deu lugar à série LTD. Os Starsky & Hutch eram dois policiais que, por incrível que pareça, usavam um carrão berrantemente pintado em cor-de-tomate para lutar contra o crime. Alvos fáceis, isto sim eles eram, nos bons tempos da santa ingenuidade Batman!

9- Ferrari 250 Testa Rossa 1958 - Mach 5 – Speed Racer.
Possivelmente inspirado no Ferrari, o carro do anime, cujo nome original no Japão era Mach Go! Go! Go!, foi desenhado por Disuke Mifune, por isto o "M" estilizado no capô. O "5" do nome nada tem a ver com uma velocidade cinco vezes superior a do som, mas foi escolhido como um trocadilho entre o número "five" em inglês o sufixo japonês "go", que é acrescentado aos nomes de veículos.

8- Chevrolet GMC G20 1979 - Esquadrão Classe A.
No tempo em que ainda não existiam Vans no Brasil, só Kombis, os rapazes do Esquadrão Classe A abriam abruptamente a porta traseira da sua G20 e disparavam saraivadas de balas contra os marginais. Mas, lembremos que a série era tinha uma ideologia meio infantil, portanto, ninguém morria em meio aos tiroteios generalizados.

7- Dodge Charger 1970 – Velozes e Furiosos.
O combustível do carrão do personagem Dominic era à base de óxido nitroso, Nitrox, ou popularmente conhecido como Nitro, por isto a sua densidade dramática sempre foi superior à do motorista. Este carro ficcional originou o Tuning no mundo real.

6- Aston Martin DB5 1963 - James Bond Goldfinger.
Desde quando Sean Connery apareceu dirigindo o legítimo puro-sangue inglês prateado Aston Martin em 1964 no filme Goldfinger, o universo automobilístico nunca mais foi o mesmo. Até hoje, este carro é considerado como o bondcar padrão, apesar do espião ter usado dezenas de outras marcas e modelos ao longo da sua trajetória no cinema.

5- Chevrolet Corvair 1964 - Piranha - Agente da UNCLE.
Só o chassis deste carro é um Corvair, já que o resto do projeto foi moldado em fibra de vidro. O carro que serviu aos agentes da democracia em luta contra os rigores da guerra fria, incluía vários acessórios tecnológicos de dar inveja aos bólidos de hoje: lança-chamas, lançador de foguetes, canhão de raios laser, radar, paraquedas. Ironicamente, apesar dele ter propulsores aquáticos, não era anfíbio.

4- Interceptor - XB GT Ford Falcon Coupe 1973 - Mad Max.
O carro mais emblemático da trilogia, usado em Mad Max II, deu origem ao conceito “envenenar” que mais tarde evoluiu para o que hoje é conhecido como Tuning.

3- De Lorean DMC-12 1981 – De Volta para o Futuro.
Somente o cinema poderia ter guindado um obscuro carro esportivo produzido na Irlanda do Norte à condição de um dos modelos mais conhecidos e cobiçados do mundo. Apesar de não haver uma Máquina do Tempo real, a máquina do cinema transforma em ouro tudo o que toca. Supostamente há um carro destes no Brasil, que fez a sua última aparição pública no ano de 2000.

2- KITT - Pontiac Firebird Trans Am 1982 – Supermáquina.
O sonho dourado do carro que pensa e fala, de bons e maus motoristas, foi realizado na série televisiva dos anos 80. De lá para cá ninguém mais foi tão longe em termos de inteligência artificial automobilística.

1- Batmóvel - Lincoln Futura 1954 – Batman série televisiva de 1966.
Não interessa quantos modelos Batmóveis participarão de futuras produções e nem a galopante militarização do seu estilo, o que importa é que o veículo mais identificado com a figura do Batman em todos os tempos é o carro-conceito fabricado em 1954 e adaptado às pressas pela produção da série de TV que, entre outras deficiências, padecia com o baixo orçamento. Mesmo apesar dos pesares da série ter quase destruído o Batman, o Lincoln Futura permanecerá para sempre associado com o Homem Morcego. E a prova disto é: você se lembra do Batmóvel do último filme? Não? Nem eu!

Referências:
Top 10 Ficcional Cars [Time].
Os carros mais rápidos da ficção científica. [Autozine]
The History Of The Mad Max Interceptor [Mad Max Movies].
Carros da Pop-Culture [Brain-Mixer]
Cada povo tem a Super Máquina que merece! [Blogpaedia]

25 comentários:

  1. Burt Reynolds protagonizou o personagem "Bandit" do filme que rendeu até um série tosca nos anos '90, "Smokey and The Bandit" era o nome original do filme, e foi traduzido como "Agarra-me se puderes" salvo engano da minha parte, e teve continuações. Bandit guiava (acho eu!) um Pontiac Trans-Am Targa 1977, e era batedor de uma carreta que transportava bebida ilegal driblando carros de policia e tal, Cadê o carro dele na matéria?
    Inclusive a supermáquina era uma evolução do carro do Bandido, mas os puristas como eu ainda preferem o antigo modelo usado pelo Burt Reynolds

    ResponderExcluir
  2. Carros simplesmente incríveis. Como em listas todo mundo sente falta de alguma coisa, eu vou reclamar da falta do carro do Dukes of Hazzard, que era muito bonito.

    Mas todos os carros da lista são clássicos e maravilhosos. Excelente post.

    ResponderExcluir
  3. Dmitry, omiti propositalmente o carro dos "Gatões" para colocar o Mifune-Go (Mach 5), isto porque é um dos carros ficcicionais que mais impressionantemente se transformaram em brinquedos.

    Barnabecerarense,
    Boa lembrança do Bandit, mas ter dois Ponticas Trans Am na lista poderia ficar meio "over".

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, você teve um conteúdo publicado no Linka Nisso.

    Abraço da equipe LN.

    ResponderExcluir
  5. Cade o General Lee?!?!

    ResponderExcluir
  6. Deixei o General Lee de The Dukes of Hazzard de fora de propósito para botar o furgão do esquadrão Classe A.

    ResponderExcluir
  7. Faltou o General Lee, com certeza, mas gostei da lista.

    O vacilo foi dizer que um carro é movido a nitroglicerina. ÔÔÔÔ Louco!!!!!!!

    O carro usa Nitro, mas isse é como os íntimos chamam o Óxido Nitroso. Nitro é usado para melhorar a queima do combustível, aproveitando o máximo do mesmo.

    ResponderExcluir
  8. A lista está excelente, não tiraria nenhum deles, inicialmente senti falta do carro do Besouro Verde, eu tinha um quando era garoto e era fantástico, mais interessante que o Batmovel.

    Mas um carro que faltou no post e mereceria tirar alguém daí (talvez o carro do esquadrão classe A) foi o fusquinha Herbie... pô, esse não podia ficar de fora.

    Mas pensando bem... tem o Chit-Chit-Bang-Bang de "O calhambeque mágico" também dos Studios Disney, que é outro carro que marcou minha infância.

    Enfim... se continuar faço outra série de 10... os 10 carros que faltaram no 10 mais de carros de série?

    Excelente post.

    ResponderExcluir
  9. Cadê o Eco-1 dos Caça fantasmas????

    ResponderExcluir
  10. Excelentes exemplos!
    O mais bacana, no caso do Batmóvel, é ver a evolução da máquina através dos filmes, a mudança de design e de conceito.
    Uma observação, o batmóvel do "Batman begins" serviu de pace-car (carro-madrinha) para uma corrida da Nascar em 2005.

    ResponderExcluir
  11. Depois do De Lorean, o meu preferido é também a Eleanor, do filme de 2000...
    e nas palavras do Dr. Brown: "se vou fazer uma maquina do tempo, que seja com estilo."

    ResponderExcluir
  12. Originou o tuning? De jeito nenhum.
    Talvez o que o filme tenha feito foi lançar a moda de modificar os carros ao extremo. Mas bem antes disso tinha gente que modificava os carros e seus motores.

    ResponderExcluir
  13. eu lembro sim do ultimo batmovel, o mais loko de todos

    ResponderExcluir
  14. Faltou eleanor do 60 segs

    ResponderExcluir
  15. cadê o fusca n°63?

    ResponderExcluir
  16. Na minha lista não entram fuscas.

    ResponderExcluir
  17. o fusca 63 eu não sei, mas o 53 era o herbie (otcho)
    Realmente, faz mais uma lista, colocando herbie, eleonor, eco 1
    vlw, muito dez o post

    ResponderExcluir
  18. O ### que fez a lista esqueceu do carro com mais personalidade de TODOS. o único com autentico sendo se humor caipira.

    ResponderExcluir
  19. O Charger de velozes e furiosos não usa nitro.

    ResponderExcluir
  20. Concordo com a ausência do Herbie, sem dúvida o mais bem sucedido carro da história do cinema, pela quantidade de filmes que gerou (inclusive o com a Lindsay Lohan). Outro que podia entrar na lista é o Impala dos irmãos Winchester, que o IMDB lista como personagem ao lado dos "humanos".
    Quanto ao comentário sobre o Mach-5, ficou meio confuso. Go, em Japonês, significa cinco, e o nome de Speed, no original, é Go Mifune, o que justifica tanto o 5 quanto o M no carro. Quanto à inspiração, com certeza foi um Mercedes Benz pilotado por Fangio, que tinha praticamente o mesmo formato que o Mach-5.

    ResponderExcluir
  21. Boas contribuições, anotadas para a próxima.

    ResponderExcluir
  22. falto a aparicçao um carro preto misterioso

    ResponderExcluir
  23. falto a aparicçao um carro preto misterioso

    ResponderExcluir