Pesquisar

10 de jun de 2008

Qual pistola ACME todos gostariam de ter?

Encontrei por acaso um artigo no Blog 1001 Gatos de Schrödinger (não me perguntem o porquê de um nome tão complicado, oxalá o Ibrahim Cesar pudesse esclarecer este mistério) sobre os conceituados produtos da empresa estabelecida na dimensão dos desenhos animados.

A minha infância foi embalada por estes produtos do tipo DIY (do-it-yourself - faça você mesmo). Os adultos se defrontam com muitas situações em que alguns deste produtos resolveriam situações bastante embaraçosas. A imaginação não linear do Ibrahim o compeliu a relacionar os produtos em ordem de importância invertida. O 10º produto é o primeiro da lista e o 1º, que é o mais importante, é a maravilhosa pistola desintegradora.


Uma criança sempre quer desintegrar seus inimigos, principalmente o chefe do bandinho do final da rua, que lhe dá ocasionalmente uns sopapos na saída da escola. Quando adulto, as necessidades aumentam na medida em que cresce o número de inimigos, então vejamos quais são eles, enumerados ao estilo Ibrahim:

10º – O político.
9º – O imposto de renda;
8º- O pedágio;
7º- O pardal;
6º – O motorista da frente;
5º – A amante quando passa a incomodar mais do que a esposa;
4º – O vizinho;
3º- Os credores;
2º- O chefe;
1º – A sogra;

Mas, os 1001 gatos sabiamente advertem que em casos de mau uso, arrependimentos e acessos repentinos de sentimento cristão, é altamente recomendável para quem compra a pistola desintegradora, que compre junto a Pistola Reintegradora ACME, principalmente quando você desintegra um “sonho de consumo” secreto não relacionado na lista dos 10: a sua esposa. A pistola acessória poderá ser usada quando você se arrepender posteriormente, quando perceber que ela perfazia algumas funções imprescindíveis na sua vida. Então, aponte o raio desintegrador ao pó previamente guardado e dispare. (Leia atentamente o manual de instruções porque a pistola reintegradora não funciona com sogras e políticos.)

Referência: ACME Corporation

ACME, desenhos animados, desintegração, inimigos, resolução de problemas

Nenhum comentário:

Postar um comentário