Pesquisar

22 de jun de 2008

Quem é NERD?

O que é um NERD?
Não é segredo que NERD que é NERD adora resolver problemas sem nenhuma utilidade aparente. Na maioria dos casos, quanto mais inútil e desligado de qualquer compromisso, mais tentador é o problema. (Bruno Guedes)

Sob tal constatação da inutilidade prática das preocupações NERDS, vamos tentar definir uma personalidade complexa e “border line”, cujos portadores pilotam o monstruoso parque digital instalado no planeta composto pela rede internacional de computadores.

A gloriosa Wikipedia comparece com uma honesta definição de NERD, porém incompleta e carente de sabores picarescos. Lancei uma pesquisa do verbete no Google e também no Yahoo, sem obter resultados mais animadores. O MSN Live trouxe à tela um texto interessante publicado na revista Super Interessante, que adensa o presente tema.

Mas, vamos na prática definir o que é NERD através da confissão de um NERD anônimo:

Sempre fui um NERD, e tal maldição me acompanhou desde a infância. Fui sempre o garoto considerado o mais inteligente da classe, o “miolo mole”, meus colegas me chamavam de cientista maluco e o meu sucesso com as mulheres era próximo do zero grau Kelvin.
Porém, fui criança numa era pré-informática, uma época chata em que os portadores da síndrome de Asperger (autismo) ainda não tinham encontrado o trunfo que os elevaria acima das criaturas normais e perpassariam a categoria de seres gordinhos, feios e brancos para àquela de manejadores de máquinas que ninguém entende.

Hoje o meu autismo está justificado pilotando teclados na solidão das super vias, intransitivamente, sem ter que explicar a razão das minhas atitudes descoladas do bom senso.

O computador resgatou os NERDS da prisão dos seus quartinhos, não retirando-os de lá, mas levando a eles o convívio social que faltava. Seus computadores são seus seres gnonômicos e nanômicos, com quem interagem e recriam um mundo alternativo ao insuportável convívio social e às tenazes familiares.

Portanto, o NERD é portador de necessidades especiais, é um marginal social, é um pária no seu meio, é um ogro na festa da Rainha. O NERD tem vergonha de ser NERD, ainda mais quando se vê na triste e lamentável figura de Bill Gates, um planetário NERD bilionário que é um verdadeiro desastre de public relations, que causa horror nos entrevistadores devido a sua incapacidade de despertar interesse – eles não conseguem extrair dele a menor modulação emocional.

NERD quando encontra NERD, se restrigem a falar língua criptografada na gíria informata. O próprio sistema de contagem do NERD é obsessivo- compulsivo: 100011101010001111010001, causador da dualística NERD do claro/escuro, dor/prazer, quarto/rua, virtual/material, ficção científica/realidade, o que faz dele um sujeito avesso aos meios termos: ou é tudo, ou nada, branco ou preto, jamais bronzeado.

O reconhecimento da espécie NERD é obtido seguindo-se um script fenotípico bastante simplificado:
- Adoram tecnologia, ficção científica, história em quadrinhos, rock progressivo, solidão, lugares desertos, fenômenos climáticos severos, desertos e espaço;

- Têm extrema dificuldade em entabular uma conversação “normal” com uma mulher, um pavor típico de NERD, devido à incapacidade de entabular conversações fora de FC, programação, criptografia, computação quântica, algoritmos, caos, buracos negros, fractais;

- O NERD é programado geneticamente para lançar anticorpos contra o extrato de realidade da vida comum e corrente, ele nem se imagina mergulhado numa coisa destas, o que seria um suicídio psicológico de funestas conseqüências;

- O NERD odeia o cipoal familiar e tudo que ele implica em termos de perda de tempo e relações sentimentalóides. Quando alguém consegue arrastar um NERD para um enterro, ele pensa convencer os presentes com sua cara posadamente neutra e compungida, quando na verdade todo mundo lê na sua testa que ele vai se aproveitar da primeira deixa para sumir dali e voltar correndo aos seus assuntos crucialmente importantes;

- O NERD é um incorrigível paranóico de nascença que tem a absoluta certeza de que todos o acham estranho no ninho.

O NERD não sabe, mas todos nós sabemos, que a sua paranóia é plenamente justificada num mundo competitivo em que as formas físicas atléticas e os rostos torneados são IN, um NERD com a cara carcomida pela ACNE, portador de um corpo arredondado formatado pelo rigoroso sedentarismo imposto pelas incontáveis horas na frente de um computador, é definitivamente OUT.

Você pode até aceitar um NERD para consertar o seu computador, mas nunca vai concordar em tê-lo como seu genro. C’est la vie meu chapinha, o mundo talvez não esteja preparado para casar as suas filhas com NERDS autistas.

Referências
NERD segundo a Wikipedia
NERD na Super Interessante
Citação NERD do início da página

NERD, tecnologia, digital, síndrome de Asperger, computador, sistema binário

9 comentários:

  1. Eu não costumo comentar antes de ler o texto, mas...

    PQP, essa já é a terceira vez que sou citado em menos de uma semana! Eu nunca sonharia sobre ser tão citável assim...

    ResponderExcluir
  2. Okay, lido o texto, minhas considerações.

    Nada a declarar a respeito dos exageros. É natural, descrever a mitologia da estereotipação moderna sem recorrer a estes humorosos exageros é impossível. Aí entramos na onda de "idioticamente correto" e... mudemos de asunto.

    Entrementes, nem todos os nerds são gordinhos. Acho que pelo menos metade são magros... aliás, não o magro formoso e bem constituído, mas um magro nada atlético ou atraente.

    E em outro entretanto, há quem diga que, embora nunca dêem o primeiro passo, uma relação amorosa não é nada mal com um exemplar dessa raça. Minha namorada, por exemplo, não reclama. ;)

    E, em um último comentário dirigido, alguns de nós preferem rock alternativo. Particularmente, Fiona Apple, Aimme Mann e Tori Amos são minhas musas. |D

    ResponderExcluir
  3. Uma característica psicológica profundmente NERD é a flutuação da auto-estima. Ou ele se sente o cara mais normal do mundo, ou ele é o último dos Moicanos. Binariamente lógico!
    A verdade crua e nua é que o NERD pensa que passa por um cara normal, quando passa anos luz disso. Concordo com todos os esteriótipos e até os acho atenuados, o maior NERD simbólico da nossa Era que o diga: NEO do Matrix. Um cara tão NERD, mas tão NERD, que teve que seguir o coelho tatuado no braço de uma puta e mudar de dimensão. Pô, o maior enredo NERD de todos os tempos que dá conta do que os NERDS vivem e sentem.

    ResponderExcluir
  4. Ops, eu nunca fiz algum menção à palavra "normal", sobretudo aplicada a mim. Eu estou longe de praticamente tudo o que se pode chamar de normal. Eu só estou dizendo que, fora do espectro do normal, existem várias e várias variedades de peculiaridades, e o estereótipo básico é apenas uma delas. Quem está sendo binariamente lógico aqui, aparentemente, é você.

    ResponderExcluir
  5. Sim, este é um assunto movediço porque trata de perfis mentais. Quando parece que estou falando dos outros, falo de mim mesmo, confesso que sou binariamente lógico. Não posso nem sequer cogitar em imputar as minhas precariedades radicalizantes à outras mentes da mente coletiva.
    Cada NERD tem a profundidade da síndrome que merece, parafraseando a frase cristiana "cada carrega a cruz que pode suportar".
    O meu grau de lucidez me obriga a reconhecer que as minhas tentativas socializantes foram toscas e completamente rechaçadas.
    Por isso a sua ressalva e de importância capital: não apenas aparentemente falo em meu nome, mas realmente sob ele apenas. Este é um dos vieses exemplificadores dos meus fracassos socializantes...

    ResponderExcluir
  6. Eu caso com um NERD numa boa... será que isso é o suficiente para me classificar como NERD?

    ResponderExcluir
  7. Eu SOU NERD GEEK FC, então fiz a pergunta para a minha mulher: quem casa com NERD, NERD é?
    Ela à princípio disse que não. Então obtemperei que ela gosta de assuntos NERDS, assiste filmes NERDS, vê seriados NERDS na televisão, dorme com um NERD, etc.
    Resposta logicamente NERD: para casar com um NERD tem que ser NERD. Na real você era NERD e não sabia até agora.
    Portanto, bem vinda ao mundo dos NERDS assumidos!

    ResponderExcluir
  8. Texto polemico e quase sem verdade (na verdade, só concordei com a parte de que Bill Gates é bilionário).

    "para casar com um NERD tem que ser NERD. Na real você era NERD e não sabia até agora."

    Nao necessariamente. As vezes voce ama tanto um nerd, que tentaria entender o "mundo dele".


    "O NERD é um incorrigível paranóico de nascença que tem a absoluta certeza de que todos o acham estranho no ninho."

    Nesse caso, acho que voce sofreu algum trauma e esta retratando aqui como se TODOS os nerds fossem assim.

    Pelo tempo da postagem, espero que realmente sua opinião tenha mudado.


    Quem sou eu?

    Apenas umA Nerd com vida social, magra e com curvas, sem espinhas, sem paranóia e com orgulho de ser uma Nerd.

    Abraços.

    Ass: Ming

    ResponderExcluir
  9. Ming,
    opiniões são como plumas ao vento, podem mudar ao sabor das correntes. Você tem razão :)

    ResponderExcluir