Pesquisar

15 de jul de 2010

Coisas que a Internet exterminou: Jukebox.

Quem atualmente imaginaria pagar para ouvir música no boteco, diante da verdadeira enxurrada de opções proporcionadas pela tecnologia digital, embaladas em memória Flash e prontas para o consumo?


Então, transporte-se para a década de 50 e imagine um aparato eletro-mecânico Wurlitzer capaz de armazenar 200 discos compactos de vinil, onde a cada moeda você pode assistir deliciado os delicados movimentos do braço mecânico, colocando e retirando o disco do prato. Não é preciso forçar tanto a imaginação, já que um usuário produziu este vídeo, que transmite uma pálida ideia do que se passava nos tempos da brilhantina... e das Jukeboxes.

Num mundo dominado por iPods, mp3, mp5 e celulares tocadores de música, algumas Jukeboxes sobreviveram ao tempo, mas já sem os saudosos compactos. Hoje há algumas raras máquinas de música instaladas por aí, só que funcionando com Cds ou até coisa mais moderna.

Então, aproveite a sobrevida dos últimos fósseis vivos para conhecê-los, antes que seja tarde demais...

...assim como fez esta frequentadora de butecos:
» Um encontro entre um berrante e uma Jukebox.

Um comentário:

  1. Eu morro de vontade de comprar uma máquina dessas mas quando acho o preço é muito alto, quem sabe um dia andando por algum canto não esbarre em uma encostada e empoeirada em algum boteco antigo e consiga comprar, nem que tenha que arrumar.

    ResponderExcluir