Pesquisar

1 de jan de 2010

Top 10 das Máquinas Impossíveis.

O que seria da humanidade sem as Máquinas Impossíveis? Através desses construtos teóricos, além de regarmos a fértil imaginação da Ficção Científica, se por um lado talvez estejamos antecipando algumas coisas que só se viabilizarão num desconhecido futuro, por outro, é possível que outras nunca venham a ocorrer no horizonte de possibilidades.

1) Moto Perpétuo.
Moto Perpétuo
Em 2001 um inventor chamado Robert Kibble apareceu com um estranho carro esportivo irlandês DeLorean 1981 (o mesmo usado no filme “De Volta para o Futuro”) adaptado para funcionar com baterias e... dois dispositivos de moto contínuo da sua própria lavra. É interessante lembrar que a apresentação foi um fiasco, apesar da aparência estilosa do automóvel e do grande estardalhaço armado em torno do evento.
Até hoje, não foi apresentado um mecanismo convincente que contrarie o princípio físico da conservação de energia (Segunda lei da termodinâmica formulada, entre outros, por Nicolas Léonard Sadi Carnot).

Benefícios: a implementação de dispositivos de moto perpétuo resolveria o problema global de escassez de energia.

Realidade: é improvável que a humanidade consiga romper a barreira da 2ªa lei da termodinâmica, sem a produção controlada de buracos negros. Portanto, por enquanto o Moto Perpétuo está entregue ao departamento dos charlatões mal intencionados em enganar financistas incautos.

2) Máquina do Pensamento.
Máquina do Pensamento
Uma máquina capaz de captar, traduzir e amplificar o pensamento humano, por enquanto só funciona no reino da fantasia. Mais precisamente, o computador “Cérebro” inventado pelo líder dos X-Men Professor Charles Chavier.

Benefícios: tal máquina desempenharia um papel extraordinário na reabilitação de paralisados, pois restituiria-lhes a mobilidade através de órteses externas controladas pelas ondas cerebrais do paciente.

Realidade: no Japão já estão sendo testados com sucesso alguns protótipos da máquina do pensamento.


2) Máquina do tempo.
Máquina do Tempo
Apesar das viagens no tempo serem uma realidade palpável nas páginas da Ficção Científica, até hoje não foi possível a construção de um dispositivo que atrasasse ou adiantasse o tempo sequer um milésimo de segundo.

Benefícios: seria um benefício poder voltar ao passado para “consertar” causas que redundaram em acontecimentos catastróficos? Ou só seria preferível viajar no tempo apenas como observador para aprender com os erros e constatar os acertos? As implicações éticas envolvidas em tais viagens teóricas nunca foram suficientemente resolvidas.

Realidade: o certo é que a astronomia lida cotidianamente com uma verdadeira máquina do tempo, já que o céu noturno é representado por imagens de bilhões de anos atrás. Resta saber se o novo acelerador de partículas LHC, posto a funcionar em Genebra responda a algumas questões sobre a descontinuidade do tempo e a possibilidade de realizar deslocamentos para o futuro.
Leia mais: Máquinas do Tempo "Reais".

3) Elevador espacial.

Alguns visionários imaginam instalar uma espécie de cabo entre um ponto fixo na terra próximo a zona de equador e uma estação espacial localizada em órbita geoestacionária a 36.000 quilômetros de planeta. Pelo cabo subiriam e desceriam elevadores espaciais propulsionados por jatos de laser, com carga e pessoas.

Benefícios: tal aparato serviria para baratear centenas de vezes o atual custo dos lançamentos a base de foguetes. O problema é que ainda não há tecnologia suficiente para tirar esta fantasia do papel.

Realidade: grandes empecilhos tecnológicos ainda travam o ambicioso projeto, entre eles a constatação em obtida através de modelos computacionais o surgimento de perigosas oscilações no cabo que poderiam provocar a sua ruptura.
Leias mais: Características dos Elevadores Espaciais na [Wikipedia].

4) Carro voador.
Desde as primeiras décadas do século XX a humanidade sonha com o carro voador. No entanto, ultrapassado o ano mágico de 2001, estamos longe de ver enxames de bólidos voadores atravessando os céus das nossas cidades futurísticas.

Benefícios: teoricamente serviria para desafogar o trânsito das grandes cidades. Porém, devido ao congestionamento de helicópteros observado em São Paulo, se constata que qualquer meio de transporte individual não é a panaceia para todos os males da mobilidade urbana.

Realidade: a viabilização de um carro de passeio voador esbarra em questões de natureza mais práticas do que tecnológicas. Se a tecnologia embarcada neste tipo de veículo não for autônoma o suficiente para quase fazê-lo voar sozinho, os condutores candidatos a ele deveriam possuir brevê de piloto aéreo, o que inviabilizaria a sua adoção em massa.
Leia mais: Por que os carros voadores ainda não saíram da prancheta?

5) Pistola de raio desintegrador.
Pistola de Raio Desintegrador
Uma grande ferramenta que, se caísse em mãos erradas, seria um pesadelo para a humanidade. A viabilização de raios desintegradores é tudo o que os militares desejam para conduzir guerra “limpas” e rápidas.

Benefícios: caso tal tecnologia fosse utilizada exclusivamente para o bem, resolveria o problema de destinação do lixo em escala mundial.

Realidade: em face da escalada militarista pautada pela “guerra contra o terror”, a humanidade respira aliviada que tal tecnologia desintegradora ainda não esteja no nosso horizonte de possibilidades.
Leia mais: Pistolas de Raios de Verdade.

6) Teleporte.
Teleporte
Até hoje, o único lugar onde o conceito de desintegração/transporte/reintegração de partículas de corpos humanos funcionou é na Ficção Científica, mais precisamente na laureada série televisiva Star Trek.

Benefícios: resolveria o problema do transporte de curta distância de pessoas e cargas.

Realidade: experimentalmente, ao nível subatômico, foram obtidos alguns sucessos na transmissão de partículas.

7) Inteligência Artificial.
Inteligência Artificial
Uma máquina dotada de Inteligência Artificial seria capaz de realizar operações não computáveis que extrapolam as capacidades de resolução da Máquina de Turing.
Ora, todos os computadores atuais e até os que ainda não foram inventados, tais como o computador quântico, não tem nenhuma perspectiva de ir além da Máquina de Turing. Portanto, enquanto todos os computadores criados pela civilização humana continuam sendo manifestações estritas da Máquina Universal de Turing, não se pode aceitar como verdadeiro o conceito de Inteligência Artificial.
Ora, uma das funções não-computáveis feitas sem o menor esforço pela mente humana são as imponderáveis operações semânticas que atribuem sentido e hierarquização às palavras.

Benefícios: um mecanismo de busca na Internet dotado de Inteligência Artificial deve necessariamente ter capacidade de de realizar operações semânticas: você elabora uma interrogativa empregando a palavra “casa” no sentido de moradia e ele seria capaz de “entender” o contexto da pergunta para descartar os sentidos espúrios, tais como casa de botão, casar, casamata, casa de prostituição, casa decimal, casa zodiacal, etc.

Isto significa que as pesquisas na Internet poderiam ser feitas através de colóquios com a máquina, tendo indiferentemente como resultados textos, imagens, ou vídeos, que atendessem aos critérios definidos pelo usuário.
Qualquer indivíduo ou instituição que construir um robô na Internet com reconhecimento semântico provocaria uma revolução instantânea e seria bilionário da noite para o dia.

Realidade: neste exato momento, muita gente trabalha freneticamente para desenvolver algum dispositivo cibernético que extrapole o algoritmo da Máquina de Turing, talvez na esperança de que alguma entidade espiritual anime o mecanismo, num legítimo efeito DEUS EX MACHINE.
Leia mais: O que é Inteligência Artificial?

9) Astronave de Dobra Espacial.
Astronave de Dobra Espacial
A atual tecnologia de locomoção espacial é extremamente restritiva quando se trata de mínimas distâncias astronômicas. Para vencer a barreira das centenas e talvez milhares de anos que seriam necessários para explorar minimamente as regiões limítrofes do Sistema Solar, a solução seria conseguir viajar numa outra dimensão além do espaço.

Benefícios: obviamente que em posse deste tipo de tecnologia, a humanidade resolveria o problema da barreira física para a exploração de outros planetas semelhantes ao nosso.

Realidade: o motor que permitirá viagens no hiperespaço ainda está muito longe dos sonhos científicos... não para a Ficção científica, que usa e abusa do conceito.

10) Máquina de Anti-Gravidade.
Máquina de antigravidade
Todas as aparições de Objetos Voadores Não Identificados (OVNIS) possuem algo em comum; se os extraterrestres existem, obviamente dominam a tecnologia da anti-gravidade. É a única explicação plausível para o tipo de movimentações lineares e abruptas realizadas pelos Discos Voadores.

Benefícios: motores antigravitacionais revolucionariam o sistema de transportes, seria um marco equivalente à invenção da roda.

Realidade: caso o velho Einstein tivesse concluído a pesquisa mais ambiciosa da sua vida, a Teoria do Campo Unificado, talvez já estivéssemos dominando as forças da gravitação.
Veja como teria sido a realidade numa grande cidade do futuro, digamos em 1980, caso tivéssemos dominado esta tecnologia.

[Tales of Future Past] via [Blogpaedia]
Leia mais: Cidades flutuantes futuristas à espera da Teoria do Campo Unificado.

26 comentários:

  1. eu acho que a maquina do tempo ainda é a mais aclamada por todos.

    Eiiii feliz 2010.

    ResponderExcluir
  2. A máquina do tempo seria, obviamente, um instrumento horrivelmente precioso para a pesquisa histórica. A questão mais complicada é saber, entretanto, se a própria história seria modificada com as viagens temporais.

    Se fosse o caso, poderíamos até adiantar a construção da máquina em alguns milhões de anos, só levando a tecnologia de volta ao passado. Genial, não?

    ResponderExcluir
  3. Iara e Bruno,
    A máquina do tempo sem dúvida é o constructo mais intrigante. Uma vez construída, ela implicaria em aceitarmos algo como dimensões históricas paralelas, realidades alternativas, coisa que com que trabalha a Ficcção Científica.
    Será que a humanidade não tentaria reverter guerras e extinções de espécies? Será que não haveria um gaiato com a missão de ir ao passado para evitar o nascimento do bebê Adolf Hitler?
    E assim por diante...

    ResponderExcluir
  4. Mudar o passado poderia fazer soh piorar ainda mais. Impedir o nascimento de Adolf Hitler não mudaria a historia do nazismo, que surgiu por sucessibilidades historicas, como fruto do combate a crise de 1929 e ao comunismo, outro "Hitler" apareceria, e talvez ateh alcançasse a vitoria.

    Mas acho que se fosse possivel, nao daria pra mudar, apenas levaria a um outro universo paralelo.

    lol, fiquei ateh confuso com tudo isso.

    ResponderExcluir
  5. Concordo com o anônimo acima.
    A impossibilidade de mudar o passado foi bastante explorada no filme "A máquina do tempo" em que o seu inventor volta ao passado várias vezes para tentar impedir a morte da noiva, mas não tem sucesso, pois ela morre de diferentes formas.
    Sem alternativas ele resolve ir para o futuro para descobrir por que não é possível mudar o passado.
    Em suma, a volta para o passado somente deveria servir para entendermos melhor o presente, a fim de mudarmos o que de fato afeta o futuro.
    Dadas as circunstâncias morais da humanidade, acho melhor esta tecnologia capenga que mantém no terreno das impossibilidades as máquinas discutidas nesta postagem, já que seu mau uso pioraria muito as coisas.

    ResponderExcluir
  6. de uma coisa eu sei
    se a maquina do tempo realmente existisse agora ela precisaria da força de varios outros planetas pra fazer uma abertura pra passa uma agulha no máximo

    ResponderExcluir
  7. carro voador ja exixte otárioo!!!

    ResponderExcluir
  8. Você está falado do Terrafugia? Ora, aquilo não é um carro voador que você e eu possamos pilotar.

    ResponderExcluir
  9. So que a segunda lei da termodinamica nao foi enunciada por Newton mas sim por Lord Kelvin

    ResponderExcluir
  10. Corrigido o texto, porém, quem é considerado o pai dos fundamentos que levaram à formulação final da Segunda Lei da Termodinâmica foi o físico francês Nicolas Léonard Sadi Carnot.

    ResponderExcluir
  11. Faltou o desentortador de banana. Como foi esquecer essa?

    ResponderExcluir
  12. A melhor é a máquina que aparece no filme Barbarella... quero uma daquelas.

    ResponderExcluir
  13. realmente o carro voador ja existe e qualquer um pode pilotar, informe-se melhor. outra armas a laser tb ja existem, pesquise mais, antes de postar lixo

    ResponderExcluir
  14. Carro voador já existe, é o Terrafugia Transition, que se você se informar melhor só poderá ser voado por pilotes detentores de brevê de avião.
    O texto não se refere a armas laser, que efetivamente existem, mas a raio desintegrador. Enquanto o feixe laser queima e despedaça, um raio desintegrador não deixaria vestígios.

    ResponderExcluir
  15. O lance no carro voador esbarra em um problema humano mesmo e não em algum empecilho tecnológico.
    Nós já somos estúpidos e inconsequentes demais usando carros que não voam,imaginem como seria uma cidade como São Paulo cheio de carros voadores?
    Nem um hospital,escola,igreja,apartamento estariam livres de serem atingidos por motoristas bêbados e drogados voando por aí.

    ResponderExcluir
  16. Tranquilino27,
    a solução para este problema foi dada pelo Google. Segundo seus próceres, o ser humano não deveria mais ter o controle dos seus veículos, que deveria ser assumido paulatinamente pelos computadores. Quando houver um acidente, falaremos em bug no sistema e nunca mais em erro humano.

    ResponderExcluir
  17. Já estou por dentro do desenvolvimento do Google sobre os carros automáticos.Realmente o homem,depois de milhões de mortes por causa do trânsito no mundo chegou a conclusão de que o ser humano é incapaz de dirigir.E que assim seja,amigo.Assim seja.

    ResponderExcluir
  18. Legal, eu nao tenho condiçoes de dirigir,
    hoje em dia quebra-se o galho com táxis nos FDS
    mas com caros automaticos, terei MEU CARRO.

    ResponderExcluir
  19. o problema de desse texto e so esse "Top 10 das Máquinas Impossíveis." impossiveis para quem? algumas dessas ja e possivel em 2011 como o carro voador, Máquina de Anti-Gravidade, Inteligência Artificial e Pistola de raio desintegrador a sua implatação depende muito mais de como organizar e distribuir do que fazer, ja outras tem varios entraves tecnicos e mecanicos como o Elevador espacial e a Máquina do Pensamento.

    agora Máquina do tempo, Teleporte e Dobra Espacial estão em teoria ainda. O teleporte ja foi testado, mas ainda a duvidas sobre sua aplicação, maquina do tempo tem tanta complicações na teoria que eu presisaria de no minimo 20 paginas para escrever.

    dobra espacia era uma teoria so na ficção mas hoje ja se adminte sua existentecia, inclusive o cern ja fez um primeiro passo oa provar (ainda na observada) que existe particula mais rapida que a luz (táquions).

    por isso impossivel não existe, jamais acredite quando um cientista le dizer que não e possivel.

    ResponderExcluir
  20. Também acho que o impossível abarca tudo aquilo que ainda não foi realizado.

    ResponderExcluir
  21. Mas algumas dessas máquinas já tem protótipos...

    - O raio desintegrador já existe, é um laser ultra "concentrado", mais alguns anos pra transformarem em algo portátil.
    - O teletransporte já existe, mas apenas com objetos pequenos.
    - Existem máquinas que ativam certar partes do cérebro, já foi construído um capacete que faz com que o indivíduo que usa tal capacete tenha experiências paranormais, como ver parentes mortos, anjos, espíritos e coisas do gênero.
    Não é uma super expansão da capaciodade do cérebro mas já é um começo.

    ResponderExcluir
  22. gotaria de fazer parte dessas inovaçoes
    seria bom para acabar com a guerra, e por fim proclamar a paz mundial...


    A...

    ResponderExcluir
  23. Tudo será possivel quando alcansarmos o entendimento necessario para torna-los todos sem exceção funcionais e estamos bem proximos disto. O que não falta é ajuda para guiarmos no caminho e esta ajuda esta nos livros e ensinamentos deixados por seres elevados.

    Paz e Luz sob todas as fronteiras.

    ResponderExcluir
  24. Infelizmente é impossível máquina do tempo e teletransporte. Mas reator de fusão, sistema antigravidade, elevador espacial, inteligência artificial, nanorobos, são coisas possíveis e que mudarão o mundo como conhecemos. Vejam o exemplo dos drones, já não é necessário arriscar vidas humanas nos aviões.

    ResponderExcluir