Pesquisar

20 de set de 2008

Por que os celulares explodem? Saiba quando a culpa é sua.

As baterias de telefones celulares correm o risco de explodir, porque elas são compostas de elementos químicos altamente instáveis. Desta forma, paralelamente às vantagens oferecidas pela tecnologia da comunicação móvel, os perigos envolvidos não podem ser ignorados e tampouco a estatística que credita a maioria dos acidentes na conta do mau uso por parte dos usuários.
A forma de você escapar dos riscos do mau uso é através da informação, única maneira para evitar maus hábitos que podem engrossar as estatísticas de mortes e feridos.

Todas as informações contidas aqui também valem para qualquer outro dispositivo eletrônico portátil que funcione a base de pilhas: Ipod, mp3, câmera digital, notebook, etc.
- Não use carregador comprado de camelô, só o original;

- o mesmo vale para o aparelho, nunca confie em aparelhos comprados em “fontes alternativas” de contrabando;

- não use o celular no bolso, ou junto ao corpo – se houver uma explosão, você não escapará com vida – os danos serão menores se o aparelho estiver numa bolsa;

- uma razão que reforça a anterior, é a vulnerabilidade das baterias à temperatura. Quando você está em ambientes muito quentes, a temperatura externa vai se adicionar à temperatura do seu corpo, alguns casos de morte foram registradas nestas condições - o sinal vermelho quando a temperatura de exposição supera os 50 graus ;

- lembre-se, a temperatura é o fator mais destrutivo para as baterias de celulares, portanto, elas jamais podem ficar armazenadas em ambientes muito quentes, tais como interior de carros estacionados no sol, perto de fornos comuns e de microondas, cozinhas onde alimentos estão sendo preparados, etc.;

- mais um inimigo do celular, jamais use capas protetoras porque elas impedem a dissipação do calor gerado pelo funcionamento do aparelho;

- caso você deixe cair o aparelho, examine cuidadosamente para descobrir se há alguma rachadura, ou ranhura – se houver a mínima alteração, a bateria deve ser trocada;

- periodicamente faça uma revisão visual dos contatos da bateria e dos terminais do celular. Se houver sinais de oxidação, aumentam grandemente as chances de dar problemas;

- não permita que haja curto-circuito nos terminais da bateria – quando isto acontece, há uma tremenda geração de calor pela bateria, que pode levá-la a explodir;

- jamais deixe o celular carregando a noite inteira – há uma grande incidência de explosões durante o carregamento por causa de sobrecarga. Portanto, retire o celular do carregador assim que seja completado o processo de carga.

Nenhum comentário:

Postar um comentário