Pesquisar

1 de dez de 2008

Estação de Trens de Detroit, o mais famoso prédio abandonado do mundo.

O exemplo perfeito da decadência urbana Americana pode ser encontrado na cidade de Detroit, simbolizado pela estação central de trens Michigan Antrak. A central de trens uma vez foi o epicentro, tanto da cidade de Detroit, quanto do meio-oeste. Hoje, o centro urbano mudou de lugar e não há mais trens naquelas paragens, o último trem partiu da cidade em 6 de janeiro de 1988.

A abertura do filme Naqoyatsi contempla esta obra arquitetônica maravilhosa de linhas neo clássicas.


A beleza arquitetônica desde edifício causa interesse no mundo inteiro, portanto devem ser feitos todos os esforços para a sua preservação. Como pode ser visto por milhares de fotos disponíveis na Internet, a restauração do prédio não vai ser uma tarefa fácil. A maior parte do interior da construção foi vítima dos “mineradores urbanos”, que entraram a força para roubar mármores, metais, canos, tijolos, enfim, qualquer coisa que rendesse algum dinheiro no mercado de sucatas. A remoção destes materiais causou danos praticamente irreparáveis, o que fez com que o interior do edifício fosse completamente destruído. Os pichadores, se aproveitando das paredes vazias, deixaram suas marcas que contribuem para a desolação do local.

Aparentemente o atual proprietário da Estação Michigan (MCS) compartilha do nosso entusiasmo com esta fantástica construção, tanto que planeja iniciar a sua restauração.
Inaugurada em 1913, a Estação MCS é um ícone da Detroit que se transforma em ruínas. Localizada no antigo distrito de Corktown, o prédio se localiza ao lado de outro famoso ícone, o estádio Tiger, que será brevemente demolido.

O material usado na construção foi 7.000 toneladas de aço e 7 milhões de tijolos. O projeto foi assinado pela mesma empresa que erigiu a Grande Central de Trens de Nova Iorque. Suas dimensões são de 106 metros de largura e 70 metros de altura. Construido em estilo Neo Clássico de arquitetura, o prédio foi tombado como patrimônio histórico em 1975. Só falta o mais importante: vontade política e dinheiro para a sua restauração.

Quatro filmes usaram a MCS em suas locações: Transformers, A Ilha, Naqoyqatsi e Os Quatro Irmãos.


Localizada no lado direito da, agora abandonada estação de trens, existe uma pequena área para os carros de aluguel. Certamente os projetistas do início do século XX não acreditavam na futura explosão dos carros particulares como meio de transporte dominante. Em comparação com o pequeno espaço destinado aos táxis, no lado esquerdo há uma luxuosa área com jardim, fonte e bancos ao ar livre, onde os bondes estacionavam para pegar os passageiros, é três vezes maior do que o “abrigo” destinado aos carros.

Crédito das Fotos:
Derek Farr ( DetroitDerek )
Grant Zoschnick.

Fontes:
Estação Central de Detroit, Michigan.
Michigan Central Station Detroit.

3 comentários:

  1. mesmo apesar dos anos e da decadencia o predio mostra sua beleza

    ResponderExcluir
  2. apesar dos anos e da decadencia o predio continua lido e forte , merece ser reformado

    ResponderExcluir