Pesquisar

4 de dez de 2008

Guia definitivo para comprar uma câmera digital, ou como evitar uma Tekpix.

A minha experiência comprova a necessidade do consumidor pesquisar antes de comprar. Eu estava precisando de uma câmera digital e resolvi aproveitar uma viagem à Alemanha para lá adquirir um modelo, em face dos preços mais acessíveis e da infinidade de opções a mais.

Então, eu fiz uma coisa que poucos consumidores fazem: pesquisei muito durante dois meses todas as alternativas dentro da faixa de preço que eu me propunha a gastar. Quando cheguei numa loja em Colônia-Alemanha, comprei a minha câmera e não me arrependi. A Gregor é uma loja com milhares de modelos, completamente apinhada de máquinas de todos os tipos, gostos e tamanhos. Caso eu tivesse deixado para escolher na própria loja, não teria conseguido, em virtude das dificuldades de comunicação e do embaralhamento da sopa de letrinhas das especificações das máquinas digitais.

A minha compra foi muito simples: apontei com o dedo para a prateleira onde estava o modelo que havia previamente escolhido no Brasil e sai contente pilotando a minha Canon PowerShot S5 IS.

Pensando em compartilhar a minha experiência bem sucedida, resolvi elucidar um pouco a sopa de letrinhas das especificações das câmeras digitais, para que você compre um produto de qualidade e não caia no golpe televisivo das Tekpix.

- Tipo de lentes.
As câmeras que informam a procedência das lentes produzem fotos melhores. A Sony costuma usarem seus modelos Top de linha lentes da marca Zeiss, a Samsumg as Scheneider e a Leica e Ricoh usam lentes de fabricação própria.

- Zoom Ótico e Digital.
Não se preocupe com zoom digital, ele é inútil. A única coisa que importa é o zoom ótico feito de lentes. As máquinas pequenas devem ter no mínimo um zoom ótico de 3x.
(A Tekpix tem Zoom de 1 e olhe lá!)

- Estabilização da imagem.
Caso você opte por uma câmera com Zoom ótico mais potente, ela deve ser dotada necessariamente de estabilização eletrônica de imagem, senão as fotos com em Zoom maior vão sair tremidas.

- Capacidade de gravar fotos sem compressão, no formato RAW.
Se você tem necessidade de eventualmente imprimir em tamanho maior do que A4, deve optar por uma câmera que tenha a opção de gravação em formato sem compressão. Não é JPG! É um formato TIFF ou outro, que vai permitir impressões em tamanhos maiores, sem redução da qualidade.
Leia aqui algumas informações adicionais sobre o formato RAW.

- Resolução.
Não é verdade que quanto maior for a resolução da câmera, maior será a qualidade. É querendo pegar os trouxas que os picaretas lançam no mercado inúmeros modelos com dezenas de megapixels, que não valem um ovo. Não se deixe enganar pelo número de megapixels, sem levar em conta outros parâmetros.
(A Tekpix faz propaganda de uma tal de resolução interpolada, que triplica a resolução real. Isto é mais uma das enganações contra consumidores incautos.)

- Sensibilidade.
A grande queixa dos malfadados compradores de Tekpix é que ela só consegue tirar fotografias das 8 horas da manhã às 18:00 horas da tarde. A maioria das máquinas vagabundas tem CCDs de baixíssima sensibilidade. Caso você precise de uma máquina para bater fotos de noite, pesquise bem o mercado, porque poucos modelos cumprem bem esta função. Pesquise principalmente a eficiência da câmera nos diversos modos de sensibilidade ISO, que é um padrão equivalente a sensibilidade à luz dos filmes antigos. Não adianta a máquina ter ISO 3200, se ela tira fotos horríveis (ruidosas) nesta sensibilidade.

- Controles e menu.
Analise a posição dos controles e se informe sobre a facilidade do menu, se tem um aprendizado intuitivo, ou se você vai ter que devorar um manual do tamanho de um bonde para conseguir operar.

- Viewfinder.
As máquinas digitais mais caras tem um visor que capta a imagem das lentes através do sistema Reflex, as mais comuns tem um visor eletrônico. Evite comprar uma máquina que não tenha a chamada correção diopric adjustment. Talvez você precise usar o visor ao ar livre ambientes com muita claridade, quando não vai ser possível visualizar o LCD.

- Visor de LCD.
Uma das coisas preponderantes que me fez optar pela Canon PowerShot S5 IS, foi o LCD móvel, que facilita as coisas quando se está filmando. Também facilita o trabalho de tirar fotos em locais inacessíveis. Certifique-se que ele tenha bom nível de iluminação. A minha Canon não é boa neste quesito.

- Tamanho da carcaça.
Tudo vai depender das suas necessidades. Não adianta comprar um canhão para matar um mosquito. Se você necessita ter uma máquina para o dia a dia, o melhor opção atualmente é partir para os telefones celulares com excelentes câmeras embutidas, para as quais as informações aqui contidas também valem.

- Memória.
Não se fie na informação da memória interna, pois ela é praticamente inútil. Você vai precisar de qualquer maneira comprar um cartão de memória. Portanto, pesquise tanto o preço do cartão de memória da máquina que você tem em vista e a disponibilidade dele no mercado. Siga este conselho, não invente de comprar uma máquina que usa um cartão “mosca branca”, pois é o caminho certeiro para você se ferrar quando precisar urgentemente comprar outro, uma coisa não incomum de acontecer em viagens.
Ademais, já compre junto com a câmera um cartão de memória com de mínimo 2 GB.

- Flash embutido.
Este é um item que qualquer câmera que preste deve ter. A Tekpix não tem.

- Pilhas ou baterias.
Eu optei por uma máquina que usa pilhas comuns. Caso a máquina que você escolheu use bateria proprietária, saiba que no momento em que a fábrica deixar de fabricá-la e você precisar de reposição, perderá a câmera. As fábricas mais sérias mantém a produção de baterias no mínimo 5 anos após a descontinuação do modelo. Resta saber se a fábrica do SEU modelo é séria. Item importante: preste atenção no consumo de pilhas/baterias.
(Segundo as reclamações que recebo no site, os usuários precisam conectar uma central atômica na Tekpix para que ela não arrie as perninhas em poucos segundos.)

- Opção de configurações manuais.
Se você entende um pouco de fotografia, vai querer brincar com os recursos de configuração do tempo de obturador, abertura do diafragma, foco manual, etc. Quanto mais barato o modelo, menos recursos manuais ele vai dispor.
Caso você queira fazer fotografias HDR, por exemplo, é imperativo adquirir um modelo que tenha configuração manual de exposição.
Caso você precise terminantemente do foco manual, verifique se ele é feito por controle eletrônico e o seu sistema. Tem alguns modelos que oferecem o recurso, mas com uma dificuldade tão grande de usar, que os benefícios se tornam praticamente nulos.

- Gravação de Video.
Pesquise se a câmera tem limitação no tamanho de video e o tipo de CODEC que ela usa. A compressão que exige menor espaço é MP4 e outros CODECS do tipo MJPEG ocupam mais espaço, porém são mais fáceis de converter.

- Gravação de Áudio.
Não se concebe mais um câmera não capture áudio conjuntamente com vídeo. Alguns modelos oferecem entradas para microfones externos.

- Controle remoto.
Algumas funções avançadas se tornam muito mais fáceis quando você pode fazer as configurações via controle remoto. No caso da obtenção de fotos HDR, você vai precisar capturar no mínimo 3 exposições da mesma cena, com a máquina montada num tripé, quando qualquer cutucada manda o enquadramento da foto para o espaço.

- Pesquise dados técnicos e opinião dos consumidores que já compraram o produto.
Leia as impressões dos consumidores nos foruns e sites especializados. A maioria dos sites que disponibilizam testes de câmeras são em inglês. A sugestão é: escreva marca e modelo da sua câmera pretendida, seguida da palavra “reviews” no Google.

- Pesquise as fotos e os vídeos feitos com o modelo que você escolheu.
Nos sites específicos de testes e reviews de câmeras você vai encontrar as fotos obtidas pelas câmeras que você está cogitando. Preste atenção principalmente nas bordas dos extremos da imagem, para mensurar as aberrações cromáticas. Quanto piores forem as lentes, mais as bordas terão fantasmas. Os fotógrafos profissionais tiram fotos específicas de objetos contra o céu azul, para testar este defeito.

Os relatos de consumidores vão esclarecer quaisquer problemas de operação, funcionalidade e qualidade, mas não se deixe levar pelo primeiro relato bom ou ruim. Leia vários e verifique se um determinado relato de defeito se repete e muitos sites, assim como os pontos fortes.
Quando comprei a minha Canon, já havia lido nos reviews que a sua tampa da lente não para no lugar, além de ter lido vários outros pequenos defeitos. Todos eles eu comprovei que existem, mas como eram menores, não chegam a comprometer a qualidade geral da câmera.

Alguns dos maiores e mais conhecidos sites de Reviews: DPR, Image Resource, DCViews, Steve’s Digicams, Digital Camera Info, CNet Reviews.

- Baixe e estude o manual antes de comprar a Câmera.
De preferência, visite o site do fabricante e baixe previamente o manual da câmera que você quer comprar em PDF. Os fabricantes sérios disponibilizam os manuais e os picaretas não. Por aí você já pode fazer um teste de qualidade e aproveitar para dar uma estudada nas funções.

- Verifique a página de drivers.
Já que você visitou o site do fabricante, aproveite para descobrir a página de atualização de drivers. Os fornecedores “meia-boca”, ou não mantém drivers para todos os sistemas operacionais, ou não os mantém atualizados, ou simplesmente não os disponibilizam de todo. Por este quesito, você vai descobrir com quem está lidando. Experimente procurar no Google a página de Drivers da Tekpix. Não existe! Isto significa que se você perder o CD de instalação, ou trocar de sistema operacional... babau! Já era.

- O que não fazer.
A melhor coisa que você NÃO deve fazer é comprar uma Tekpix pela televisão. Veja as informações sobre esta câmera desastrosa, vendida por preço de Sony, mas com qualidade pior do que as bicheiras descartáveis de 100 reais, a famigerada Tekpix. Quem compra, certamente se arrepende em menos de 8 dias. É o tempo que a lei do faculta ao consumidor para que ele proceda a devolução de qualquer mercadoria. Tente devolver rapidamente e descubra se eles vão se agilizar para que você consiga completar a operação dentro do prazo de devolução.

Porque a Tekpix é uma bomba.
A verdadeira origem da Tekpix i-DV12!

Alguns guias úteis em português que podem ajudá-lo na sua escolha:
Como escolher sua camera digital.
Guia de compra de câmera digital.
Guia do Buscapé.
Guia para Comprar uma Camera Digital (review).

11 comentários:

  1. Massa, Isaias. Fiz exatamente a mesma coisa que tu. Pesquisei no Brasil e, quando vim para o exterior, comprei minha câmera.

    E pasme: é uma S5 IS também.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom o post, estou pensando em adquirir uma câmera nova, gostei muito da Olympus stylus 850 SW, qual seria a sua opinião sobre ela?

    E realmente quando vejo a tekpix na TV fico com pena de quem compra está câmera.

    ResponderExcluir
  3. 'Guia definitivo' inútil.

    Não fala praticamente nada de útil. Nada é novidade... só vai ajudar os extremamente leigos. Mas esses são idiotas, qq coisa que comprarem está de bom tamanho. Inclusive um Tekpix.

    A propaganda do título do seu post é tão enganosa quanto de algumas câmeras que tem por aí.

    ResponderExcluir
  4. Guilherme, sobre a 850 SW tem um bom review em http://www.cameraversuscamera.com.br/cameras/olys850/ck_olys850.htm
    Veja bem, ela não aceita carões SD, só XD, que é mais caro e com menos capacidade de memória. Outro contra a levar em conta é o baixo rendimento da bateria, 190 fotos por carga.
    O bom é que ela é anti-choque e a prova d'agua. Se você as suas necessidades envolvem muitas fotos ao ar livre, então é uma boa pedida escolha em termos de câmara compacta.

    ResponderExcluir
  5. Zeus.EX:
    Você pegou o espírito da coisa: pensei, se eu fizer um texto embolado tecnicamente, vou afugentar os leigos compradores de Tekpix e não os informarei, então preferi fazer um guia digerível só com detalhes práticos que deram certo comigo. Para caras como você que já entende pacas da parte técnica, é fácil encontrar informações aprofundadas sobre o assunto.
    Mesmo que os usuários mais experts se frustrem, eu preciso pensar também nos neófitos (newbies) e tentar fazer o mesmo que os sites gringos fazem com os newbies deles.

    ResponderExcluir
  6. Ótimo post, muito exclarecedor para os leigos, parabéns!

    Ah! só gostaria de deixar uma observação, esse Zeus.EX é chato pra C...!!! hahaha, como ele mesmo disse e digo a ele, comentáriozinho Inutil e pretencioso.

    ResponderExcluir
  7. Hahahaha, te cuida com Zeus, pois com Zeus não seu brinca! Já que ele é o Deus dos Deuses gregos, o todo poderoso que metia raios no rabo dos outros.

    ResponderExcluir
  8. meu amigo eu gostaria que vc mim desse uma istrucao qual a makina k devo compra so k tem um porei nao posso compra makina carra no massimo de 400 reas sera k devo acha uma perto da qualidade k vc recomenda nos compramos ? desdi ja agradeco pela sua istrucao obrigado fica com Deus .ednaldo levita @hotmail.com

    ResponderExcluir
  9. brode,
    dá uma olhada nesta Olympus de 12 MP por R$ 399 http://www.dezporcento.com.br/product.aspx?src=home&product_id=FE26&dept_id=12&gclid=COjRwo--uaECFRY75QoduSjUVA É uma bela máquina.

    ResponderExcluir
  10. Alguém poderia me dizer se essa câmera 3 X 1 da Logitech tira pelo menos fotos regulares, aceitáveis? Está tão barata que estou estranhando. Mas eu não gostaria de comprar uma excelente câmera, visto que é pra uso esporádico.
    Só por custar menos de 100 reais é ruim?

    http://www.macone.com.br/ecommerce_site/produto_125557_2467_Logitech-Camera-digital-tipo-3-x-1-Preta-961185

    ResponderExcluir
  11. Esta Logitech na realidade é uma Webcam, logo, tem uma resolução extremamente baixa. Para usar para fotografia ela é muito ruim porque nem tem viewfinder de LCD, ou seja, você vai bater as fotos e não vai poder olhar para ver se ficaram boas.

    ResponderExcluir