Pesquisar

3 de ago de 2010

Causas da tragédia das mulheres ricas, lindas, famosas e mal-amadas.

Qual é o mistério que cerca o destino dessas mulheres míticas e midiáticas, que apesar de deslumbrantes, não suscitam relacionamentos afetivos duradouros?


O caso da atriz Marilyn Monroe é o mais emblemático da história: a mulher mais desejada por todos os homens do seu tempo, morreu triste e na solidão. No entanto, a pergunta do título encerra um equívoco, ao pressupor que o tipo de mulher de parar o trânsito tenha nascido para ser idolatrada.

O perfil característico das grandes estrelas do showbiz, também abrange as anônimas deslumbrantes que julgam ter os homens aos seus pés. Entretanto, tais seres detentores de órgão copulatório externo costumam pregar peças nas donas da situação, uma vez que não foram dotados pelo Criador com vocação ao servilismo perpétuo.

Para entender porque o tipo de mulher poderosa não retém homem, é necessário vasculhar um pouco mais a índole psíquica masculina e as suas fraquezas atávicas, que são: insegurança sistemática, déficit de atenção, carência afetiva e uma vontade louca de ganhar préstimos. Ora, tudo isto é justamente o que as poderosas pleiteiam para toda a sua vida até que a morte as leve às profundezas de Hécate.

Então, enquanto novinhas, as poderosas passam em revista um batalhão, até que o tempo passa e um dia elas, ou se conformam com a solidão de uma Marylin Monroe e Xuxa, ou se rendem ao cougarismo,  comportamento típico da idade da loba exibido por personalidades famélicas tais como Ana Maria Braga, Elba Ramalho, Liz Taylor, Marília Gabriela, Sharon Stone, Suzana Vieira, Elza Soares, Madonna, etc.

Aparentemente, a natureza apresenta poucas alternativas no terreno afetivo: ou você dá socos em ponta de faca para manter um homem que possa chamar de seu para o resto da vida, que possa amar e respeitar e vice-versa, ou malbarata o seu corpo de mão em mão até chegar à esterilidade terminal, ou termina pagando preços régios a garotões bombados que te sirvam de acompanhantes.

Talvez o mistério subjacente à tragédia das mulheres ricas, lindas, famosas e mal-amadas seja amedrontadoramente simples: a incapacidade delas de amarem unilateralmente e incondicionalmente. Logo, no campo de batalha do amor, as mulheres destituídas, feias, baixinhas, gordinhas, tribufus, barangas, mocréias, canhões, dragões, etc., por incrível que pareça, são as grandes vencedoras, por estarem dispostas a perpetrar até a suprema renúncia em prol do seu bem amado. E a mulher que não quer compreender isto, me desculpe, mas terá longos e penosos anos de solidão pela frente, ou se renderá à velhacaria de pagar por migalhas mercenárias de pequenos préstimos masculinos.

13 comentários:

  1. Se olharmos para um mapa-mundo com tonalidades de vermelho, consoante a intensidade das crises amorosas que não param de aumentar, veremos um facto curioso.
    De um modo geral todas elas têm um traço comum. A busca do elixir da juventude.

    Imaginação fértil, ou loucura dir-me-ão mas, ocorreu-me uma ideia.

    Vamos supor que La Fontaine ressuscitava usando aquele temperamento de fina ironia introduzindo o comportamento canino no cérebro dos homens.

    O cão, não representa facilmente uma ameaça, não revela nenhum comportamento homossexual explícito e não envenena a vida a ninguém.
    É obediente, inteligente, não monopoliza os afectos, não tem ciúmes, não amua, não é avassalador, não é competitivo, não se ofende e até tem uns laivos, digamos, homo-erótico.
    Mais importante ainda, tem sempre alegria quando vê ou sente a presença da dona e manifesta-a sem cobrar nada, é fiel e se eventualmente se afastar por uma horas retorna mas não vem embriagado.
    Não questiona, se a dona é jovem ou não, gosta do seu cheiro, não tece criticas ao vestuário e para o seu próprio mal aceita sem reserva o poder.
    O custo não é assim tão dispendioso e pode em qualquer altura ser substituído.

    Eis o homem perfeito para as idolatrar.

    ResponderExcluir
  2. Nossa qu etexto idiota e machista, o que vc quer? Que nós mulheres voltemos a ser donas de casas para não ter que viver longos anos de solidão? O que que tu fumou?

    ResponderExcluir
  3. Ah, meu chapa.Quer dizer que meulher feliz é mulherq renuncia a tudo em prol do amado?
    Não existe só um jeito certo de ser feliz, sabia?

    MACHISTA

    ResponderExcluir
  4. Idem, o homem amado também tem que estar disposto a derramar seu sangue pela mulher amada. Enquanto um não está disposto a imolar a sua vida pelo outro e vice-versa, não vejo o verdadeiro amor, só interesse comercial. Por isso as pessoas se separam e vivem sós o resto da vida, pela incapacidade de sentir o amor cósmico que toma conta do ser, a lei primeira do universo que é mais forte do que tudo.

    ResponderExcluir
  5. Ronaldo,
    a discussão sobre o Amor é linda porque é o mesmo que discutir a existência de Deus; quem não o sente, jamais acreditará e quem ama, jamais será ateu.

    ResponderExcluir
  6. Por isso sou ateu!

    ResponderExcluir
  7. esse texto deveria ter sido escrito em um papiro.

    ResponderExcluir
  8. O cara não é machista não. E TEM RAZÃO!!!


    Mulher que "se acha", enquanto é nova, pode escolher o homem que quer (e geralmente maltrada o cara, o faz de capacho).

    Depois que envelhessem, ou se conforma com a solidão.
    Ou arruma um gigolô novinho para sustentar.

    Isso explica o altissimo número de mulheres solteiras na 3 idade, isso é comum mesmo (pelo menos em salvador)!!!!

    Atrizes como Madona ou Suzana Vieira (que já estão caidas, mas com o dinheiro que tem, escolhem o homem que quizerem), curtem a vida expondo seus prostitutos como se fossem trofeus, mas amor, dificilmente terão.

    Mulher que se acha. Mulher que acha que erros são imperdoáveis. Mulher que acha que "se vinga". O destino é acabar sozinha!!!


    Não estou dizendo que é certo, ou errado ser "Loba", cada um faz o que quer da vida. Mas por favor, parem com esse papo hipocrita de amor na 3 idade que me ânsea!!!


    O mesmo vale para os homens. Mas por algum motivo, homens solteiros depois de velhos não são apontando pela sociedade como as "lobas" são.

    Um dia tudo vai ficar mais liberal. Viveremos na putaria e na orgia, que nem em Roma. Realmente espero que se chegue esse dia, e toda a hipocrisia de fidelidade acabe! (isso vale principalmente para as santinhas do pau oco, que fica "revoltadinha" quando alguem fala a verdade)

    ResponderExcluir
  9. Eu também não vejo nada de MACHISTA nesse texto.
    Ele fala de comportamento do "homem perfeito" de forma irônica.
    Para ser machista tem que demonstrar superioridade do homem perante a maulher e o texto não fala nada disso.
    "...Mais importante ainda, tem sempre alegria quando vê ou sente a presença da dona e manifesta-a sem cobrar nada, é fiel ..."
    Cadê o Machismo????

    ResponderExcluir
  10. Mulheres que sao gostosas normalmente escolhem caras que se acham inferiores.

    Desse modo homens acabam se maltratando sozinhos e pior TRAEM!!! por MEDO!,para nao ficarem presos a ideias machistas da sociedade!!!FATOOOOOO!

    Estou solteira por ser muito mais que um pedaco de carne, sou inteliegente.

    Nao ADMITO cara que imagina que possa trair e va ficar tudo bem pq ele pensa q e o a ultima bolacha do pacote, pq nao e verdade!

    E homens normalmente NAO valorizam pessoas quando possuem ao seu lado.

    E mais facil achar que um simples me perdoa fica tudo bem ......

    ResponderExcluir
  11. nun intendi nada

    ResponderExcluir
  12. Homens morrem de medo de mulheres independentes. Acho que no fundo, quem tem problema de autoestima são eles...


    ResponderExcluir