Pesquisar

22 de ago de 2010

O Fim do Mundo através dos tempos.

Fim do Mundo - 2012A humanidade sempre viveu e sempre viverá às voltas com fins do mundo antevistos em profecias apocalípticas. Qual é a razão de estarmos permanentemente sacudidos pela sensação de finamento? Talvez, o avanço inexorável ao fim, imposto pela perecibilidade, evoque nas mentes e corações imagens do “mundo” que se desboroa. Será este mundo o de cada um individualmente, ou o medo inconsciente coletivo perante a extinção da espécie humana? As respostas você obterá somente nas conclusões ao final do texto.

65 milhões de anos atrás – o Armagedom dos dinossauros.
Fim do Mundo - Armagedom dos dinossaurosO verdadeiro fim do mundo até hoje aconteceu quando um asteroide de 15 km de diâmetro se chocou contra a terra na península de Yucatán, México a uma velocidade de 70 mil km/h. O resultado da explosão equivalente à explosão de bilhões de bombas atômicas lançadas pelos EUA sobre Nagasaki e Hiroshima em 1945. Tal cataclismo mudou tanto a face do planeta, que seus efeitos catastróficos perduraram pelos próximos 1,5 milhões de anos. Mesmo assim, o mundo insistiu em não acabar.
» Especialistas garantem que meteorito gigante ditou fim dos dinossauros.
» Revista Ciência Hoje número 269.

3.150 A.C. - Dilúvio.
Fim do Mundo - DiluvioAo contrário do que apregoam os céticos, o Dilúvio pode não ter sido um fenômeno localizado, mas
havido em escala global. A causa provável do Dilúvio bíblico foi a consequência do choque de um gigantesco meteoro contra a superfície da terra.
» Diluvio, Pirâmides e Stonehenge.

1910 – cometa Haley.
Fin du Monde - Cometa HaleyJá que o mundo insistiu em não acabar na virada do milênio entre os séculos XIX e XX, mais uma oportunidade foi dada ao acabamento, precipitada pela passagem do cometa Haley nas proximidades da órbita do planeta terra. Até souvenirs do “Fin du Monde” foram vendidos em homenagem à catástrofe. Passado o susto, a humanidade respirou aliviada e caminhou a passos firmes para a sua maior tragédia global até então: a 1ª Grande Guerra Mundial.
» 1910 End of World Souvenir.

1938 – a Guerra dos Mundos.
Fim do Mundo - Guerra dos MundosUma trivial radiofonização da novela de H. G. Hells “The War of the Worlds” feita pelo genial Orson Wells lançou Nova Iorque no caos naquele 30 de outubro, porque a população estadunidense acreditou realmente que os marcianos estavam invadindo a terra.
» The War of the Worlds.




1999 – o fim do mundo na hecatombe nuclear.

via “Que mundo Maravilhoso!”
O mundo perdeu várias chances de acabar em mais uma virada de milênio. Foram por água abaixo coisas como: profecias de Nostradamus, a segunda vinda de Cristo, o início do reinado do Anticristo, o início da guerra nuclear, etc. Nem o famoso Bug do Milênio, que iria travar os computadores do mundo inteiro, se realizou na maneira apocalíptica como a mídia vendera o peixe.
» 45 failed predictions for 1999.
» Bug do milênio.

2001 – 11 de Setembro.
Fim do mundo - 11 setembroSe o fim do mundo não aconteceu na virada do milênio, ele não tardaria a ameaçar a humanidade pela via do cinematográfico atentado terrorista, hoje conhecido simplesmente como o “11 de Setembro”. Apesar da pouca monta, ele representou um duro golpe no coração do mundo civilizado devido à simbologia envolvida: as duas torres supremas construídas no coração do comércio internacional foram postas abaixo simultaneamente. Terá sido o Armagedom do capitalismo? Só a história poderá elucidar a real importância deste marco.

2012 – o fim do calendário Maia.
Fim do Mundo - 2012O calendário Maia, um povo famoso por ter formulado o calendário mais exato de todos os tempos, termina no dia 21 de dezembro de 2012. O corolário disto é que muitos interpretam este término como o Fim do Mundo. Ironicamente, os Maias não previram o seu próprio fim sob o jugo dos Astecas por volta do século XV, portanto, antes de Hernán Cortez ter destruído os Astecas na guerra pela conquista da América no século XVI, mais precisamente em 1519.
» The World will end in 2012

Depois de 2012 – a fuga para o espaço.
star lostSe o mundo não acabar em 2012 – e todo o histórico anterior indica que não – o próximo terror humano provém do esgotamento do planeta terra, devido ao abominável uso que fazemos dos nossos recursos naturais.

Quem lembra do seriado televisivo estadunidense Star Lost de 1976, que retrata a saga de uma gigantesca nave terrena levando espaço à fora os últimos remanescentes da civilização humana? A ficção mais uma vez inspira a realidade, pois o famoso astrofísico inglês Stephen Hawking assevera que a fuga da terra será dentro em breve a última cartada na luta para a sobrevivência da civilização humana. Será que conseguiremos desenvolver até lá tecnologia suficiente para exportarmos a nossa sujeira a outros planetas? O rotundo fracasso da Biosfera impede, por enquanto, que sonhemos tão alto.
» O fracasso da Biosfera artificial impede a realização da ficção de Star Lost.
» Stephen Hawking: a única chance do ser humano será fugir da Terra.

Conclusões.
As profecias e os livros sagrados que alimentam as previsões apocalípticas retratam normalmente a trajetória do indivíduo, ou seja, um deles, o Apocalipse de São João colige visões primordialmente da vida do homem ao longo da sua trajetória iniciática, sem prejuízo das extrapolações para a civilização humana. Neste contexto, qual é o sentido do Fim do Mundo Global para uma pessoa que morrerá amanhã?

O que depreendemos das crendices apocalípticas é que elas menosprezam a saga do sujeito em função do todo, como se a “pequena morte” de alguém não fosse o evento apocalíptico mais importante na vida daquela pessoa. Para mim sinceramente, pouco me importa o destino da espécie humana, diante da imediatez do meu próprio Fim do Mundo, líquido e certo.

Enquanto o mundo não acaba, divirta-se com o «Fim do Mundo em belas imagens».

15 comentários:

  1. Para quê nos preocuparmos com o fim do planeta?

    Provavelmente todas a pessoas que existem hoje, terminarão as suas vidas muito antes de o mundo acabar. Não quero com isso dizer, que cada um não dê o seu contributo para a degradação do planeta, pela forma gratuita como se vai contribuindo para o aquecimento global, a principal causa das alterações climatéricas, de tal forma que basta ver os noticiários. Chuvas torrenciais inundações, furacões, secas prolongadas, temperaturas elevadas em países frios, e baixas em países quentes.
    Também os derrames de petróleo, as experiências nucleares, a desertificação com o abate desenfreado de florestas, tudo contribuiu para “ enfraquecer “este nosso planeta, apesar de tudo tenta sobreviver.
    Também eu não temo o fim do mundo, receio sim o fim inevitável da vida.
    Todos os dias o mundo acaba para milhares e milhares de seres humanos, porque sempre assim foi e assim será, desde que a humanidade apareceu ao cimo da terra.

    Assina:
    ROMY

    ResponderExcluir
  2. Não creio nos profetas da desgraça.

    O ser humano, em geral, tem pouco respeito pelos equilíbrios da natureza e não hesita em pô-los em causa se tiver interesse nisso, mesmo que transitório. Em tempo de globalização, poucos são os que pensam que o mundo é um só e que os desequilíbrios ecológicos quer ocorram na China, na Austrália ou noutro local, dizem respeito a todos, ricos ou pobres, desenvolvidos ou subdesenvolvidos, porque afectam o nosso planeta, a nossa “ Casa”.

    O desaire que resultou da Conferência de Copenhaga, sobretudo dada a irresponsabilidade das duas maiores potências mundiais Estados Unidos e China seguida por alguns países emergentes, como pela impotência inaceitável da União Europeia, que permanece verdadeiramente de braços cruzados, sem acção, ignorando o que tinha proposto fazer.

    Foi um péssimo exemplo para a Humanidade, que urge mudar, quanto antes.

    Nos últimos anos, temos vindo a assistir a uma série de sucessivas catástrofes, de diferentes naturezas, demasiados fenómenos simultâneos e alguns incompreensíveis, como que para chamar a atenção das pessoas para a necessidade urgente de respeitar os equilíbrios ecológicos do planeta.

    A grande falta, há que o reconhecer que em devido tempo, não fomos capazes das acções preventivas.

    Como foi possível esta indiferença?

    ResponderExcluir
  3. EU DIGO É VÔS DIGO NO DIA SEGUINTE AO FIM DO MUNDO QUERO VER O PROFETA DE PLANTÃO NA PRAÇA GRITANDO PARA A MULTIDÃO.........
    OLHA EU NÃO FALEI QUE SERIA O FIM DO MUNDO

    ResponderExcluir
  4. Sobre a questão do dilúvio,um esclarecimento.Todos os livros sagrados de todas as épocas,dsde de o Mahabarata até a Bíblia,tem a história de um diluvio que levou toda a raça humana com ele,segundo contam os povos que viveram esse sinistro.Isso só comprova que na verdade sempre houveram catástrofes naturais em todas as épocas e em todas as regiões e que marcaram profundamente os povos atingidos,como por exemplo,a lenda amazônica de Tamandaré,considerado como o Noé primitivo da floresta Amazônica,que foi guiado por Tupã a liderar sua tribo a subirem nas mais altas árvores devido ao dilúvio que viria e posteriormente,construir uma imensa jangada,salvando todos.

    Resumindo,sempre houveram e sempre haverão catástrofes climáticas,o que muda é a visão do homem sobre esses fenômenos a medida que evolui.

    ResponderExcluir
  5. Entenda um pouco mais sobre como foram os primeiros apocalipses através do livro "As Tábuas de Nippur - Géneses". É on-line e grátis:

    http://www.astabuasdenippur.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. um dilúvio causado por um meteoro, só neste ponto que você se equivocou absurdamente, pois não existe sequer uma mínima prova cientifica disso, quanto ao resto do texto é excelente, parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Segundo as referências citadas no texto TODOS os dilúvios foram causados por meteoros.

    ResponderExcluir
  8. eu gostei muito desse sait vc ajudarao a naturza a natura agradese

    ResponderExcluir
  9. Com a sua permissão.

    Não é o fim do mundo mas...

    As revoltas contra os regimes ditatoriais do Norte de África e do Médio Oriente, com os quais os Estados Unidos e a Europa tão bem têm convivido, dá para perceber as perplexidades e hesitações das últimas semanas.
    Resultado, vieram acelerar a História.
    Não sabemos ao certo em que sentido, mas é verdade que não se vêem bandeiras dos EUA e de Israel a serem queimadas nas ruas e nas praças. Pela primeira vez, parece que a revolta não é contra 'nós'.
    Entre o medo dos fanáticos islâmicos e a esperança em democracias à sua maneira, Obama, Merkel, Sarkozy, vão formulando votos, lugares-comuns ou uns milhões de dólares e euros, expectantes.
    Convém ter presente que o facto de os povos estarem a conjugar miséria com ditadura não significa que a miséria não possa ser conjugada com outros regimes. Por isso o aviso é tão válido para Mubarak e demais como para as democracias que não souberem travar a pobreza e cuidar da periclitante coesão social.

    Um dia, na Europa, ou noutro Continente também podem encher-se as praças.

    ResponderExcluir
  10. Os maias não previram o fim do mundo em 2012, informe-se melhor antes de escrever asneiras.

    http://g1.globo.com/ciencia-e-saude/noticia/2011/03/pedra-maia-e-exibida-para-desmentir-anuncio-do-fim-do-mundo-em-2012.html

    ResponderExcluir
  11. Está na cara que a Globo não quer o fim do mundo.

    ResponderExcluir
  12. vcs podem falar em desgraças e em catastrofes mas a verdade e que a propria humanidade esta uma verdadeira catastrofe . nao olhamos para as crianças , logo nao as ensinamos , estamos passando somente maus exemplos entre as geraçoes . e incrivel mas a palavra tem poder , so que nao a usamos .... so para falar mau dos outros . engraçado e que a propria tecnologia a qual tanto nos orgulhamos .. e tb ja espalhamos lixo ate mesmo fora do planeta .... no espaço . realmente ... se a humanidade encontrasse um paraiso perdido , o primeiro passo seria colocar bancos e caixas eletronicos por la tb . logo instalar shoopings centers , fabricas , estradas e toda essa porcaria de que nao precisamos realmente , pois o que o ser humano realmente precisa e agua e comida e aprender a se relacionar em sociedade ( amor ) lembram? diferente do que vivemos e cultivamos .

    ResponderExcluir
  13. realmente ... o homem age como se fosse um bicho feio e covarde ( morde , morde e depois foge) mas ... parece que dessa vez nao ha para onde fugir . se a atual humanidade de hoje fosse para outro planeta que fosse , em pouco tempo , teriamos prostituiçao , drogas e crimes por la tb . ou aprendemos a resolver esses problemas ou eles nos perseguirao como demonios a eternidade inteira .

    ResponderExcluir
  14. meu Deus,porque sempre tem q ter uma explicação da ciencia ou dA tecnologia?? pra tudo vcs tem q dar uma explicação,nossa tou abismada cm a explicaçao do diluvio,ainda nao acrito que vc penssa q o diluvio foi causado por uma conssequencia de um asteroide que incredulidade hem gente.. tudo que aconteceu a milhoes de anos atraz foi permiçaõ de um ser que Criou o mundo e sabes todas as coisas,ninguem homem nenhum sabera o dia e a hora que o filho do homem vira buscar sua igreja.

    ResponderExcluir
  15. EU ACHO QUE O MUNDO ACABA TODOS OS DIAS PARA CENTENAS E CENTENAS DE PESSOAS...TODA A VEZ Q UMA PESSOA MORRE O MUNDO ACABA PRA ESSA PESSOA ...PRA MIM O MUNDO Ó VAI ACABAR QUANDO TODOS OS SERES HUMANOS DO PLANETA TERRA MORREREM ( OU SEJA , IMPOSIVEL )


    ASSINADO

    Amanda Godinho Nathel da Costa

    ResponderExcluir