Pesquisar

11 de ago de 2009

Chuvas transformam pacatos arroios em poderosos Titãs!

A grande quantidade de água juntamente com sua velocidade de deslocamento, cria uma força de arrasto que carrega materiais das partes altas para as partes baixas do Vale do Quilombo. Assim, rochas, areia, pedaços de galhos e troncos, frutos, sementes e animais são arrastados pelo curso dos arroios e lentamente depositados mais adiante. Esta é a dinâmica da natureza – a permanente mudança” (Vitor Hugo Travi - Biólogo).

Entre os dias 7 e 9 de agosto choveu muito no Rio Grande do Sul, fazendo com que o volume de água dos arroios da serra gaúcha se alterasse significativamente, fazendo com que os arroios Cristal, Tapera, Trombão e Quilombo ficassem com volumes de água muito acima do normal. Para ter uma idéia, seguem as imagens comparativas das cachoeiras do Ecoparque Sperry, em Canela, RS.
Uma chuva tão intensa atrapalha um pouco as atividades da Trilha Ecológica desenvolvida no Ecoparque Sperry, mas os visitantes sempre podem curtir a “alta” gastronomia do Restaurante Bêrga Motta, que inclui entre suas especialidades o Costelão do Berga – assado durante mais de 6 horas (um sucesso!).

Além do restaurante, o local conta com um agradável e aconchegante Centro de Interpretação Ambiental. Assim, para quem for a Canela essa é uma visita perfeita para conhecer as belezas naturais da Serra Gaúcha, se divertir, comer bem e ser ecologicamente correto!
Nota: As fotos foram enviadas pelo Biólogo Vitor Hugo Travi que é um dos coordenadores do Ecoparque Sperry.

Por: Gladis Franck da Cunha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário