Pesquisar

29 de nov de 2008

Videogames violentos provocam sintomas de TPM em meninos.

Todos sabem que os Halo Gamers não dormem. Porém, agora um grupo de cientistas suecos publicaram uma nova pesquisa que relaciona cenas violentas dos videogames ao aumento de episódios de taquicardia e transtornos do sono.
Num estudo desenvolvido nas universidades de Estocolmo, Uppsala e no Instituto Karlinska da Suécia, dois grupos de adolescentes (idades entre 12 e 15 anos) foram equipados com monitores cardíacos e divididos em dois grupos; ao primeiro foram destinados games violentos e ao segundo, não violentos. No grupo dos jogos violentos foi registrado um aumento da variação nos batimentos cardíacos, que continuou depois dos meninos terem ido para cama e continuaram a impregnar o padrão cardíaco durante o sono, apesar dos jovens não terem se queixado de problemas que tenham lembrado. O grupo que jogou games não violentos não apresentou nenhuma alteração.
O que é variação de freqüência cardíaca (heart rate variability-HRV) e o que induziu os cientistas a cogitarem que ela pode ser engatilhada pela ação presente nos games violentos? A HRV é a quantificação das flutuações cardíacas normais que ocorrem durante a respiração.

Nosso coração bate um pouco mais rápido quando inalamos e um pouco mais lento quando exalamos. A HRV também é usada para monitorar a atividade vagal (o nervo vago se estende desde o tronco cerebral e vai até o abdômen e controla atividades involuntárias, tais como coração, intestinos, respiração, etc.) A ativação excessiva do nervo vago pode levar ao estresse, por exemplo, o ato de atirar massivamente numa horda de alienígenas pode causar uma síncope nervo-vagal e em casos extremos, a perda temporária do controle da bexiga. Então é verdadeiro afirmar que uma overdose de estimulação sensorial pode, teoricamente, provocar no jogador uma incontinência urinária tão repentina e forte, que leva-o literalmente a mijar nas calças.
A coisa pode ser pior. De acordo com um artigo de F. Baker publicado no Jornal de Pesquisa Psicomática: a redução da atividade parassimpática durante o sono é um sintoma da síndrome de tensão pré-menstrual severa (TPM), episódios de HRV foram registrados entre mulheres que sofriam TPM severa. Isto faz sentido agora – as mudanças de humor, a ansiedade, a irritabilidade e a necessidade de comer porcaria – a ação de jogar games violentos pode levar mesmo pessoas do sexo masculino a experimentar simulacros de fortes TPMs. Aparentemente, os episódios noturnos de HRV, provocados pela violência dos jogos, podem acarretar efeitos psicológicos, muito comuns em mulheres com TPM.
Portanto, não se preocupe, tome um comprimido de Midol (droga que combate os sintomas da TPM), coma chocolate e comida gordurosa, e depois mate alguns ninjas para reequilibrar.

The Real Danger of Violent Video Games.

Um comentário:

  1. É impressionante como há um número crescente de pessoas tentando (na maioria das vezes, sem sucesso) correlacionar videogames e violência... me pergunto o porquê.

    Nessa pesquisa que a reportagem cita, transparece uma falha de isolamento de variáveis: jogos violentos apresentam, em sua maioria, situações de tensão inerentes ao gênero (p.ex.: tiroteios, lutas, perigo para a personagem principal). Parece-me bastante claro que as alterações na freqüência cardíaca do grupo pesquisado derivam do enfrentamento a estas situações, e não da representação gráfica de violência. Posso afirmar com um razoável grau de certeza que, caso os sujeitos de pesquisa estivessem jogando um game que não provocasse tamanha sensação de urgência e nem apresentasse necessidade de respostas imediatas (um RPG em turnos, por exemplo), ainda que houvesse abundante representação gráfica de violência (sangue, vísceras etc.) os resultados seriam significativamente diferentes.

    ResponderExcluir