Pesquisar

6 de jun de 2009

Fashion da Era Espacial dos anos 60.

Alan Shepard foi ao espaço em 1961, em 1963 John Glenn foi o primeiro homem a entrar em órbita da terra e em 1969 Neil Armostrong e Buzz Aldrin foram os primeiros homens a caminhar na superfície da Lua. Tais acontecimentos espetaculares desencadearam uma reação em cadeia nos padrões estéticos vigentes.
Moda Era Espacial
A influência veio sob a forma de muita cor prata misturada às cores primárias da Arte Pop e aos novos materiais introduzidos, ente eles plástico, acrílico e poliéster.

Em 1964 o estilista André Courrèges lançou o seu “look espacial”. E o sucesso foi seguido por Paco Rabanne, que lançou a sua visão do tema futurístico através de uma coleção que usou plástico, metal e incrivelmente, até cota de malha metálica.

Seguindo a tendência de medievalização da Era Espacial, Pierre Cardin também embarcou na nova onda e criou a sua versão pessoal da nova tendência, se valendo de chapéus em forma de capacetes estilizados e mini-saias angulosas.
Chapéus em forma de Capacetes etilizados
O Clip a seguir ilustra melhor a fantástica moda futurística dos anos 60 num pour pourri dos estilistas Pierre Cardin, André Courrèges e Paco Rabanne. Muitas cenas foram extraídas do programa de TV alemão Paris Aktuell. A música Deja Vu foi composta por Ataraxia (Mort Garson) e faz parte do álbum The Unexplained de 1975.


Pierre Cardin vai ao Espaço.
Moda Espacial Pierre Cardin
Usando e abusando de motivos geométricos, muitas vezes o estilista francês ignora a forma feminina. Ele, que foi o responsável pela intrudução do “vestido bolha” em 1954, desenvolveu um estilo unisex altamente experimental e nem sempre muito prático. Cardin, que migrou para a moda masculina em 1961, tendia a usar cores berrantes e padrões geométricos.

Moda perdidos no espaço.
Moda Espacial Perdidos no Espaço
Como se foram um Avant-Garde da série Televisiva surgida no meio da década de 60, as fotos promocionais de um filme de 1956 “O Planeta Perdido” foram premonitórias do Robô que 9 anos mais tarde participaria da série Perdidos no Espaço, lançada em 1965.

Moda Espacial da década de 70, premonitória da era digital recém iniciada, que só deslancharia da década de 80.
Moda Espacial UFO
Cena do seriado de ficção científica UFO de 1970, levado ao ar na TV britânica.

Moda Super Heroína da Era Espacial.
Moda Espacial Barbarella
Já no final da década de 60 surge o filme Barbarella estrelado por Jane Fonda. Ressalta no figurino da personagem os vestígios da moda espacial desenhada nos anos anteriores. É inegável que a Barbarella de Roger Vadim marca a culminância de um processo e, possivelmente, o início da sua decadência.
Por: Isaias Malta.

Fontes:
Ladies and Robots.
Space Age Fashion in 1960s.
Pierre Cardin Designer of Future.
Em que consistia a moda dos anos 60?
O conceito de Gadget Vestível e a evolução da roupa do futuro.

7 comentários:

  1. Hahaha, não vivi nessa época, mas sou fã de muitas coisas dela.

    A moda era algo peculiar, cabelos gigantes, roupas coladas, coloridas, objetos estranhos e tudo mais.

    Sensacional o post. Gostei mesmo.

    Detalhe para aqueles cogumelos "capacetes", haha!

    ResponderExcluir
  2. José Carlos10/06/2009 10:40

    Uma correção, o primeiro homem no espaço foi o soviético Yuri Gagarin.

    ResponderExcluir
  3. Ok, mas o texto se refere ao 1º americano a ir ao espaço.

    ResponderExcluir
  4. Assim é a moda... daqui a 20 anos nossos filhos também darão risada de tudo o que vestimos hoje.

    ResponderExcluir
  5. isto ta orrivel eo Anônimo esta lindo!!!! adorei amei o saiti

    ResponderExcluir
  6. Jane Fonda está LINDA, SENSUAL, IRRESISTÍVEL, no filme Barbarella. Aposto que essa moda pegou.

    ResponderExcluir
  7. Tanto pegou que os seus seus reflexos continuam até hoje, vide modelitos espaciais da Lady Gaga.

    ResponderExcluir