Pesquisar

13 de jun de 2009

Por que o Google é tão duro de matar?

Na guerra suja dos buscadores vale tudo!
Segundo declarou o presidente executivo do Google Eric Schmidt a respeito do lançamento do novo buscador da Microsoft, que promete acabar com o Google, “não é a primeira tentativa da Microsoft, eles fazem isso uma vez por ano.”

Outras notícias dão conta de que a Microsoft está gastando quase 100 milhões de dólares em propaganda do seu novo Bing, enquanto o Google jamais investiu um centavo para globalizar a sua marca.

Qual é a fórmula que fez do Google um sujeito duro de matar? Esta é a parte complicada da história, já que a fórmula do fracasso todo mundo sabe e pode ser explicada à exaustão. Já a fórmula do sucesso não é replicável e não consegue ser sistematizada. O que se pode constatar é que o Google transcendeu em muito ao seu nicho de um dos operadores da Internet, para se converter em vocábulo de uso corriqueiro.

Nem bilhões de dólares em propagandas teriam disseminado a marca Google em zonas tão remotas. Alguns indícios comprovam que o Google virou vocábulo, grife, ícone, símbolo e, naturalmente, sinônimo de procura na Internet. Atualmente, quase como um ato reflexo, a esmagadora maioria dos internautas quando busca uma informação na Internet, fala que vai procurar no Google.

Os vestígios da única marca do planeta, que mesmo nunca tendo gasto 1 centavo em propaganda, se tornou símbolo universal da Internet, estão espalhados em várias instâncias do mundo real e se entronizaram até na carne das pessoas. No final você se surpreenderá com o poder de penetração da marca Google, em como ela fincou raízes até em campos minados.

Lojinha de roupas.
Espalharam-se no mundo lojinhas de roupas que se utilizam da marca Google. Isto prova que a Internet invadiu as ruas do mundo real.

Desfile na India.
Este curioso Sari apresentado pelo figurinista indiano Satya Paul utiliza em sua estampa uma tela capturada do Google. Isto é Pop Art, é fashion, é o que as pessoas estão buscando. Para evitar processos por uso de marca registrada, o designer substituiu o “G” do Google por “O”, um detalhe de somenos importância que não logra esconder a marca famosa.

Camiseta do Googleplex.
Esta garota declara que o seu irmão trabalha no Googleplex e que o mão de vaca lhe deu apenas uma miserável camiseta. É... pelo menos ela é uma das raras criaturas no mundo que possui uma camiseta original do time de Montain View, enquanto o resto de nós continua chupando o dedo. Na verdade, o resto do mundo deve se contentar com camisetas fakes do Google!

Tatoo do Google hospedado no servidor da Microsoft.
Esta última foto mostra o porquê do Google ser tão duro de matar. De aparência simples e ingênua, ela mostra singelamente uma tatuagem no braço de uma linda moça transitando numa rua qualquer da Europa. Contudo, o que esta mensagem subliminar do Google está fazendo hospedada no servidor da Microsoft da Holanda?

Ainda que o Bing da Microsoft aposte pesadamente na pornografia para derrubar o Google, ele continuará sendo um osso duro de roer, ou melhor, um cabra duro de matar.

Se falhar mais este tiro que a Microsoft dispara anualmente contra o Google, quem sabe no próximo ano eles tenham sucesso?!!
Por: Isaias Malta.

3 comentários:

  1. Por favor antes de falar mal da microsoft ou falar bem do google se informe um pouco mais:

    1- a microsoft não esta apostando em pornografia, muito pelo contrário, eles estão criando um dominio exclusivo para esse tipo de conteúdo (explicit.bing.com), desta maneira os administradores de redes e pais podem barrar com facilidade esse tipo de conteúdo, coisa que o google não tem (ainda)

    2- Apesar do google não ter investido em públicidade ele só se tornou o que é hoje graças a um cheque de 100 mil doláres e mais tarde um investimento de 25 milhões de doláres.

    3- A Microsoft ainda não gastou um centavo em propaganda, até porque o buscador deles ainda esta em Beta.

    4- Competição é boa para os usuários.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que matéria ridícula! Como podes dizer que o Google, é melhor que o Bing. "O melhor" cada um escolhe e este site como fonte de informação deveria ser informal e tentar não manipular a mentalidade da massa, que essa sim, é totalmente influenciada pela "pseudo-alternatividade" dessa empresa monopolista. Nem Bing e nem Google deixam a desejar. Nojentos!

      Excluir
  2. - Toda a informação dada no texto está ancorada em fontes.

    - Anúncios do Bing tem começam a aparecer em várias mídas, veja este anúncio que está passando na TV dos EUA http://news.cnet.com/8301-13860_3-10255678-56.html a espectativa é gastar 80-100 milhões de dólares na campanha.

    - Competição só é boa para nós produtores de conteúdo quando nos linkam. Até agora o Bing não me trouxe nada representativo, portanto, para mim ele NON ECZISTE.

    ResponderExcluir