Pesquisar

23 de jun de 2009

Vacinas e autismo: relações perigosas.

A possível relação entre o aumento da exposição de recém-nascidos ao composto tiomersal e o crescimento da incidência de autismo em vários países, levou a Agência Européia a avaliar os insumos utilizados na fabricação de vacinas.

O tiomersal é um composto à base de mercúrio usado na conservação das vacinas. O governo americano reconheceu em março de 2008 a associação entre o tiomersal e problemas no desenvolvimento neurológico de crianças.

O autismo é uma desordem global do desenvolvimento caracterizada por afetar a fala e as interações sociais. Já se constatou que muitas crianças autistas são deficientes na produção de um antioxidante gerado no cérebro, que ajuda a eliminar o mercúrio do corpo. Outros estudos encontraram anomalias em várias regiões do cérebro, sugerindo que o autismo resultaria de uma interrupção precoce do desenvolvimento cerebral ainda no útero.

Uma quantidade substancial de crianças no mundo inteiro está recebendo, por meio das vacinas, doses de mercúrio acima do limite considerado seguro. Atualmente, quase todas as vacinas administradas em crianças européias e norte americanas já não usam o timerosal, mas em outros países, como o Brasil, infelizmente, ele ainda é usado.

Por: Gladis Franck da Cunha.

Link Relacionado:
As vacinas causam Autismo?

Referência:
MARQUES, Rejane Corrêa. Uma casa dividida: as procupações públicas com a segurança das vacinas. Ciência Hoje, Nº 250, p.26-31, Julho de 2008.

3 comentários:

  1. E só agora descobriram isso??

    ResponderExcluir
  2. Isto é uma informação requentada, assim como muitas outras substâncias que são proibidas no 1º mundo e comercializada "a la vonté" no Brasil. Um exemplo é o Ciclamato de Sódio, banido há anos pelo FDA da lista de substâncias seguras por causar câncer e usado indiscriminadamente em adoçantes artificiais.
    Talvez devido a questões de custos, os governos dos países subdesenvolvidos se interessam muito mais em impedir a propagação das doenças, do que em proteger a saúde dos cidadãos.

    ResponderExcluir
  3. Hummmm...
    Na minha família, como em toda família no Brasil, todo mundo usava merthiolate quando ralava o joelho. E o merthiolate antigamente era puro tiomersal (faz uns quinze anos que eles muradam a fórmula) e no entanto não há nenhum autista na minha família.

    ResponderExcluir