Pesquisar

22 de abr de 2008

Os biocombustíveis são ecologicamente corretos?

A trama por trás da condenação do IPCC (ONU) aos biocombustíveis, responsabilizando-os pelo inflacionamento do custo dos alimentos em escala global.

O tema da atualidade visto por um engenheiro agrônomo.
Quanto ao programa do álcool combustível eu entendo ser algo muito importante e, além disso, é algo ecológico, pois hoje na maior parte das lavouras estão usando máquinas para o corte da cana, evitando com isso as queimadas. Além de ter uma série de aproveitamentos diversos, no cultivo da cana, por exemplo, uma usina tem energia própria e algumas até vendem o excedente gerado com a queima do resíduo sólido da cana. Além disso, todo o vinhoto hoje em dia é aproveitado para fertilização do solo e destinado para fabricação de fertilizantes orgânicos líquidos.

Quanto a essa chiadeira que vai faltar alimentos e aumentar os preços e problemas ambientais, isso tudo é barulho do IPCC, que se diz ser os sabichões e entendidos sobre o aquecimento do planeta e outras baboseiras sobre o meio ambiente. Este instituto da ONU, integrado por cientistas do mundo inteiro, usam a teoria absurda da emissão do CO2 para justificar o aquecimento do planeta, que nós sabemos ser uma tremenda mentira. Tais cientistas, sabe-se que são apenas pessoas ligadas a pesquisas cientificas e muitos são apenas políticos ambientalistas, pois os cientistas sérios pedem para ser retirados da lista que foram colocados sem a devida permissão, sendo que em muitos casos solicitam via judicial para retirarem o nome deles dessa lista.

Tanto o etanol como o Biodiesel são muito benéficos para o Brasil e para o nosso ecossistema. Portanto o que acontece é que os países desenvolvidos, principalmente os Europeus querem que continuemos na pobreza para que eles tirem o máximo proveito, nos proibindo de ter nossa auto-suficiência energética. Para que continuemos a ser países desenvolvidos, nos pressionam através de absurdos tais como o aquecimento causado pela emissão antropogênica de CO2.
Eles querem mais poder e dinheiro, isso é o que eles mais desejam, e estão pouco preocupados com o meio-ambiente, pois o deles já foi destruído e agora ficam falando essas besteiras mundo a fora, querendo que vivamos no meio de matas.

Tivemos a criatividade de criar o programa do álcool e do biodiesel, mas como eles não conseguem, querem o fim do programa, pois eles sim podem ter energias alternativas como a energia atômica. Que essa sim eles dizem ser limpa como o Al Gore tem difundido pelo mundo. Isso tudo é politicagem para que eles continuem mandando no mundo. Quanto ao aumento do preço dos alimentos, ninguém fala que os grandes grupos de capitais internacionais provocaram esses aumentos através da compra de “commodities” e com isso seguram a oferta manipulando o mercado para que haja aumento dos produtos alimentícios atrelados ao aumento do barril do petróleo.

Nos temos aqui no Brasil todas as alternativas energéticas possíveis, bem como também a África, que tem como produzir alimentos e biocombustíveis, e isto assusta todos eles. E com isso fazem esses alardes mundo a fora, e também querendo nos enfiar goela a baixo tecnologias caríssimas como a energia eólica e solar e atômica, pois eles detém o conhecimento, apesar de continuarem queimando petróleo, carvão e nós temos que pagar estes absurdos quando temos os biocombustíveis e hidroelétricas, etc.

Quanto ao aumento das temperaturas do planeta , nunca na história do planeta houve aumento da temperatura devido as emissões de CO2, pois o que o Al Gore omitiu é que primeiro as temperaturas aumentam e depois de um lapso de 800 anos aumenta o nível de CO2. E olha que todos os vulcões existentes na terra emitem mais CO2 do que todas as fábricas, carros, etc, no nosso planeta. E hoje em dia já está confirmado por pesquisas, que nos últimos 400 anos as explosões solares influenciaram diretamente a temperatura na terra. Portanto o Sol está finalizando sua colheita. O que minimiza e resfria o planeta são as energias cósmicas que associadas ao vapor da água geram as nuvens que promovem o esfriamento da terra. Quanto maiores as explosões solares, maior será o calor e com isso os ventos solares afastam as energias cósmicas vindo do espaço infinito.

Autor: Balduino Custódio – Engenheiro Agrônomo

Aquecimento global, álcool, etanol, energia eólica, energia atômica, petróleo, preço dos alimentos, commodities, Al Gore, biocombustíveis

2 comentários:

  1. "são muito benéficos para o Brasil e para o nosso ecossistema."

    só se vc considerar que destruir o ecossistema brasileiro é benefico. a cana, assim como a soja, esta tirando o lugar da mata amazonica brasileira.
    para os grande produtores ficarem ricos.

    "Europeus querem que continuemos na pobreza"

    me desculpe. mas vc ta vendo alguem além do latifundiario ficar rico aqui?
    eu nao to ficando rico, vc nao ta ficando rico, e ngm alem do produtor ta ficando rico. eles pegam uma area amazonica que eh de todos os brasileiros, destroem, plantam e depois lucram sozinhos com sua produção.

    Nota: sobre os biocombustiveis poluirem menos que os comuns. na verdade eles emitem a mesma quantidade de CO2, apenas nao emitem o CO (monoxido). Porem, nao vai ser utilizando cana pro seu carro que vamos salvar o mundo.

    ResponderExcluir
  2. Alexandre, encaminhei o seu posicionamento ao Autor, para que ele se prosicione se lhe aprouver. Quanto a mim, tenho muitas dúvidas sobre o assunto, dúvidas que me assaltam a cada vez que abasteço o carro com álcool. Por isso é muito interessante o debate, para que possamos ter acesso à informações tanto prós, como contra os biocombustíveis.

    ResponderExcluir